BLW: como iniciar esse método de introdução alimentar para os bebês

O BLW é uma proposta de introdução alimentar que incentiva a criança a experimentar por si própria os alimentos sólidos
O BLW é uma proposta de introdução alimentar que incentiva a criança a experimentar por si própria os alimentos sólidos

A introdução alimentar dos bebês é um assunto que levanta muita polêmica entre pais, mães e cuidadores: papinha industrializada ou caseira? Amassada ou liquidificada? Afinal, a primeira alimentação infantil é essencial, pois define os primeiros nutrientes do bebê e influencia diretamente sua saúde e a criação e fortalecimento do sistema imunológico. Dada a importância desse tema, surgiu entre os pais na Europa e nos EUA uma nova técnica de introdução alimentar, o BLW (Baby Led Weaning, que em português seria algo como "Desmame do Bebê"), que consiste em oferecer alimentos sólidos para a criança. Quer conhecer?

Antes dos seis meses, apenas leite materno

É importante sempre lembrar que a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a amamentação integral até o sexto mês de vida do bebê. Isso significa que até os seis meses, o leite materno é o único alimento indicado para a boa saúde da criança. Nem mesmo a água deve ser introduzida.

Nem industrializada, nem caseira: nada de papinhas!

O BLW acaba com as tradicionais papinhas para bebê. O ideal é que a criança interaja com os alimentos sólidos, bem cozidos, experimentando-os autonomamente, de forma independente e sem a ajuda de talheres. Segundo os defensores desta técnica, degustar o alimento sólido familiariza a criança com as texturas e cores, além de estimular a dentição e o paladar. Além disso, muitas vezes os nutrientes e fibras se perdem no processo de liquidificação ou em formato de sopa, fazendo com que a criança não absorva todas as vitaminas e minerais necessários. A mastigação bem estimulada, segundo estudos, também combate a obesidade infantil.

Diminua as distrações e incentive a autonomia

Para que a técnica tenha efeito, é importante deixar a criança sentada de frente para os alimentos, de forma que ela possa interagir com eles de maneira confortável. Desligue TV, celular, tablet ou possíveis distrações que a façam dispersar da comida. Obviamente é importante a supervisão de um adulto, mas é necessário que ele não interfira na hora da alimentação. A própria criança deve pegar o alimento, sentir, cheirar e colocar na boca, mastigando e deglutindo à sua maneira - ou não. É natural que o bebê cheire, brinque ou chupe os alimentos, e é importante respeitar isso e deixar que alimento e criança criem seus próprios vínculos.

Prioridade para alimentos salgados

Apesar da fama de que é necessário introduzir a alimentação do bebê com frutas e alimentos doces, a prioridade é que os alimentos salgados sejam apresentados primeiro. Isso porque o sabor doce das frutas acaba "viciando" o paladar dos pequenos e os acostumando mal à chegada dos legumes, carnes e afins.

Não são só legumes! Diversidade alimentar é importante

Os legumes devem ter prioridade na introdução BLW, mas a dieta não deve ser constituída apenas deles. É importante não dar apenas cenoura, brócolis, tomate, chuchu, batata e afins, mas também macarrão, frango em tirinhas, ovo cozido, carnes em pequenos pedaços etc. Na dúvida, consulte sempre uma nutricionista para ter certeza que o bebê está cumprindo as etapas alimentares da forma certa.

Mais noticias com...
Receitas:
Cenoura
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais