Batata-doce roxa é boa para que? Saiba por que consumi-la

A batata-doce roxa possui diversos benefícios, sendo indicada até para quem não costuma fazer exercícios
A batata-doce roxa possui diversos benefícios, sendo indicada até para quem não costuma fazer exercícios

Produto recomendado

Batata doce orgânica Taeq 600g

Batata doce orgânica Taeq 600g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Comer frango com batata-doce praticamente se tornou um clichê no prato de quem vai à academia regularmente. Só que muitas vezes a espécie utilizada no preparo da refeição é a branca, que embora seja muito benéfica fica um pouco atrás quando comparada com a roxa. Aliás, nem é preciso gostar de se exercitar para acrescentar essa raiz no prato, já que motivos não faltam para consumir a batata-doce roxa.

Batata-doce roxa é antioxidante

O primeiro fator que diferencia a batata-doce roxa da branca é a a sua coloração. Mas não pense que isso não faz diferença! Essa cor arroxeada se deve à grande quantidade de um pigmento vegetal chamado antocianina, e seu maior benefício é ser um poderoso antioxidante. Isso significa que combate os tão temidos radicais livres, que nada mais são do que moléculas produzidas pelo nosso próprio corpo. A grande questão é que, quando eles estão presentes em grandes quantidades, podem gerar problemas graves para a saúde, já que oxidam a membrana celular.

As consequências são muitas, e podem variar desde o envelhecimento precoce até o surgimento de um câncer. Além disso, o fator antioxidante deixa o sistema imunológico mais forte, o que reduz as chances de o organismo sofrer com os sintomas de alguma doença. Enfim, de uma forma geral a antocianina previne não apenas doenças crônicas como também as cardiovasculares e as cerebrovasculares.

Alimento é rico em fibras

Outra vantagem da batata-doce roxa é que ela é rica em fibras alimentares, substâncias que são muito benéficas para o nosso corpo. Afinal, são elas que dão aquela sensação de saciedade, e por isso costumam estar no cardápio de quem está tentando emagrecer, já que evitam que a pessoa consuma mais do que precisa para o corpo ficar bem. Além disso, ajudam no processo de digestão, evitando tanto a prisão de ventre quanto a diarreia, e acabando com o inchaço estomacal. Por fim, permitem a absorção de nutrientes, o que é essencial para o bom funcionamento do corpo.

Se isso nenhum desses motivos pareceu suficiente para você, saiba que uma alimentação pobre em fibras pode acarretar em diversos problemas de saúde. Afinal, a absorção de vitaminas e minerais será prejudicada. Além da constipação, a falta de fibras pode gerar também diverticulite e câncer de cólon. Lembrando que essas substâncias estão presentes em diversos alimentos, mas o ideal é ter uma dieta balanceada rica em nutrientes, o que pode ser feito através da dieta cromática.

É fonte de vitaminas e minerais

A batata-doce roxa também possui boas quantidades de ferro, potássio e magnésio. Cada um desses minerais traz consigo um benefício diferente, e por isso essa combinação em apenas um alimento é tão boa. O ferro, por exemplo, além de evitar a anemia também aumenta o metabolismo do corpo, e por isso é muito indicado a pessoas que praticam exercícios físicos. Já o potássio atua na contração muscular e na transmissão nervosa, auxiliando também o bom desempenho atlético. Por fim, o magnésio protege contra doenças cardiovasculares e previne as pedras nos rins e na vesícula. Já entendeu por que a batata-doce roxa é tão indicada para quem gosta de academia, né?

E embora tenha as mesmas vitaminas presentes na batata-doce branca, a roxa possui uma quantidade maior das A, C e E. A vitamina A é boa para a visão, além de tornar pele e cabelo mais bonitos. Já a C, além de deixar o corpo mais resiste a gripes e resfriados, ajuda na absorção de ferro pelo organismo. Por fim, a E possui forte fator antioxidante.

Regula a pressão sanguínea

A batata-doce roxa é rica em ácido clorogênico, que é um componente que previne a formação de coágulos de sangue e ajuda a regular a pressão sanguínea. Aliás, de uma forma geral ela reduz os níveis de pressão, e por isso é mais indicada para hipertensos. Lembrando que a raiz pode ser preparada de diversas formas, como frita, assada ou na forma de um purê. Isso permite que ela seja um ingrediente versátil que pode ser acrescentado na dieta diária de qualquer um, já que também não possui glúten ou lactose, sendo indicado também para alérgicos e intolerantes.

Mais noticias com...
Receitas:
Batata
Ver Mais

Últimas Matérias

Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais
Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Já ouviu falar da dieta cetogênica? Em outras palavras, as pessoas que seguem esse cardápio diferenciado se adequam a uma dieta sem carboidrato. É uma...

> Leia mais
Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Conciliar um café da manhã saudável com uma rotina mais corrida não precisa ser um problema. Você sabia que existem opções nutritivas bem rápidas de...

> Leia mais
Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Muito usado no preparo de saladas, refogados, molhos (como o vinagrete), risotos e moquecas, o pimentão verde é um tipo de vegetal bem nutritivo e saboroso,...

> Leia mais
Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde? Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Para reduzir o consumo de carboidratos, muita gente prefere evitar pães (e outras massas) e dar preferência a receitas com tapioca nos lanches. Mas será que...

> Leia mais
Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Que tal fazer leite de castanha do Pará para aproveitar os benefícios da oleaginosa? É sempre bom ter opções diferentes de receitas para incluir na rotina...

> Leia mais
Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Quantas receitas com ervilha você conhece? E com ervilha congelada? Apesar da enorme praticidade que o legume apresenta, nem todos sabem como usá-lo no dia a...

> Leia mais