Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

É preciso armazenar a comida corretamente e respeitar a data de validade para evitar a contaminação alimentar
É preciso armazenar a comida corretamente e respeitar a data de validade para evitar a contaminação alimentar

Quando você chega do mercado o que faz com as compras? Provavelmente guarda cada alimento no seu respectivo destino, certo? O problema é que às vezes surge aquela preguiça, e a comida fica sem ser armazenada corretamente por um bom tempo. Caso você tenha esse hábito, saiba que ele pode ser bem perigoso. Se o alimento esquecido for uma refeição, então, pior ainda! Entenda por que é tão importante armazenar bem a sua comida:

Alimento não armazenado corretamente pode levar à morte

Talvez você tenha ouvido falar na história do estudante belga que morreu após consumir um macarrão que estava fora da geladeira há 5 dias. A notícia correu o mundo todo e chegou a ser divulgada pela Fox News, um dos maiores canais televisivos dos Estados Unidos.

O caso ocorreu em outubro de 2008, mas a história foi divulgada apenas no fim de janeiro de 2019. Embora evento tenha sido no outono europeu, quando as temperaturas na Bélgica chegam a 8°C, o frio não foi suficiente para matar as bactérias do prato do jovem de 20 anos, que se proliferaram no espaguete com molho de tomate. O grande detalhe é que a comida estava armazenada em temperatura ambiente, como relata uma publicação do Journal of Clinical Microbiology (Jornal de Microbiologia Clínica, em português).

"Imediatamente após seu consumo, ele saiu de casa para as suas práticas esportivas, mas voltou 30 minutos depois porque sentia dor de cabeça, dores abdominais e náusea. Quando chegou, vomitou de forma abundante por algumas horas e, à meia-noite, teve dois episódios de diarreia líquida. Ele não recebeu nenhuma medicação ou bebeu água. Após a meia-noite ele dormiu. No dia seguinte, às 11h da manhã, seus pais estavam preocupados porque ele não se levantava. Quando eles entraram no quanto o encontraram morto", diz o informe.

Causa da morte? Envenenamento alimentar. Isso nos mostra que a proliferação de bactérias nos alimentos é sim algo bem sério, e que não deve ser tratado como algo sem importância. De uma simples intoxicação até uma infecção mais grave, a verdade é que são várias as doenças que podem surgir devido à má conservação dos alimentos.

E embora mortes derivadas do consumo de comidas mal armazenadas sejam bem raras, ainda assim é preciso prestar bastante atenção na forma que eles são acondicionados. É importante frisar que cada alimento deve ser guardado em um local distinto, mas, para que você não se confunda, nós elaboramos um pequeno guia ensinando a armazenar a comida corretamente. Dá uma olhada:

Frutas verduras e legumes vão para a geladeira

Assim que chegar da feira lave frutas, verduras e legumes. Em seguida, seque-os (isso é importante para evitar a proliferação de bactérias) e guarde tudo na geladeira. Lembrando que esses ingredientes não são eternos, então os consuma enquanto eles ainda não tiverem estragado. Também é possível congelar alguns desses alimentos, mas para isso será preciso pesquisar caso a caso.

Alimentos à base de leite estragam rápido

Maionese é um dos alimentos que estraga mais rápido, justamente por ser preparado com um derivado do leite. Isso porque alimentos feitos com essa bebida perdem a validade muito depressa e não podem ser congelados, então o ideal é comer tudo de um dia para outro, no máximo até dois dias depois. O mesmo vale para o purê e outros pratos feitos com leite.

Comida fresca dura poucos dias na geladeira

De uma forma geral as comidas frescas (como marmitas) não duram mais do que 5 dias na geladeira, e isso se forem conservadas sem que os ingredientes entrem em contato. Por exemplo, separe um pote para o feijão, outro para o arroz, um terceiro para a carne e por aí vai. Se quer que a comida dure mais tempo também pode ser uma boa ideia congelá-la. Só não se esqueça que, uma vez que ela for descongelada, não será possível levá-la ao freezer outra vez - já que nesse período ela pode se contaminar com bactérias, e isso só será revertido com o processo de cocção.

Alimentos não perecíveis vão para a despensa

Os alimentos não perecíveis não devem ser conservados na geladeira, mas sim na despensa. Isso vale para arroz, feijão e macarrão, por exemplo. Nossa dica, inclusive, é colocar o seu conteúdo em potes de vidro, o que ajuda a evitar traças contaminem a comida. Seguindo todas essas dicas você não vai passar mal ao consumir a comida da sua casa!

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais