As cores dos vegetais e os seus nutrientes: Entenda como funciona essa relação

Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!
Ter uma diversidade de cores na alimentação é importante para adquirir nutrientes e manter saudável a nossa saúde!

Quanto mais colorido melhor! Quando falamos em alimentação saudável, as cores possuem poderosas características nutricionais para a nossa vida. E, dentre os grupos dos vegetais, a coloração dos alimentos é ainda mais importante e peculiar para sabermos as fontes que estamos ingerindo no dia a dia. Confira a relação entre cor e nutrientes dos vegetais para você montar o seu cardápio!

Branco, roxo, verde ou vermelho... As cores dos vegetais dizem muito sobre eles. Elas indicam, por exemplo, a variedade nutricional e os benefícios que podemos adquirir ingerindo-os. Uma alimentação bege, que é denominada a produtos industrializados, é predominantemente pobre de nutrientes e deve ser evitada, enquanto os produtos naturais, orgânicos e da safra, podem ser consumidos à vontade. A nutricionista Paola Lisboa nos incentiva a investir nas cores durante a alimentação:

"Ter um prato colorido faz com que você tenha uma oferta mais variada de nutrientes. Um prato com 5 cores, por exemplo, traz inúmeros benefícios a saúde, atuando melhorando a função de todo organismo, desde melhor funcionamento do cérebro, intestino, e atuando assim na prevenção e possível cura de doenças", ressalta a profissional.

As cores dos vegetais e seus nutrientes


A ciência nutricional divide alguns grupos de cores para distinguir os benefícios dos vegetais. são eles: Verde, laranja, vermelho, violeta (ou roxo) e branco. Veja as vantagens de cada uma das cores e acrescente-as na sua alimentação.

Verde:
Brócolis, alface, espinafre, rúcula, salsa, pimentão, vagem... Esses vegetais são ricos em clorofila, fibras, luteína, vitaminas A, B5, B9, B12, C e K, além de minerais como cálcio, ferro, potássio e magnésio. Todos esses elementos são boas fontes de energia, agem como desintoxicante no organismo e também previnem a ação dos radicais livres.


Laranja:
Cenoura e abóbora são os expoentes desse grupo. Possuem grande quantidade de betacaroteno e vitamina C, que fortalecem o sistema imune, além de carotenoides e flavonoides que agem no bom funcionamento do organismo, na proteção contra doenças cardíacas e alguns tipos de câncer. Auxiliam a saúde da visão e da pele.

Vermelho: tomate, pimentão vermelho e rabanete, dentre outros. Esses vegetais são ricos em licopeno, uma substância que age como um poderoso antioxidante que previne alguns tipos de câncer. Além disso, nesses alimentos é possível encontrar vitamina C e ácidos fenólicos que auxiliam na manutenção da saúde da pele, dos vasos sanguíneos e gengivas, além de contribuírem na redução dos níveis de colesterol, prevenindo a arterosclerose e doenças cardiovasculares. Os vegetais vermelhos contêm, ainda, a antocianina, que estimula a circulação sangüínea.

Violeta (ou roxo): Berinjela, repolho roxo, cebola roxa e beterraba fazem parte desse grupo, que é uma excelente fonte de ferro e vitamina B1. Esses vegetais são responsáveis por retardar o envelhecimento das células, auxiliando na preservação da memória e na saúde do coração. Além disso, ajudam a neutralizar as substâncias cancerígenas e fortalecem os músculos.

Branco: Couve-flor, cebola, alho e alho-poró, atuam nos processos anti-inflamatórios e anti-alérgicos, fortalecendo os sistemas imunológico e circulatório, nos protegendo de doenças crônicas associadas ao envelhecimento. Possuem uma alta concentração de cálcio, que são essenciais para dentes e ossos, metabolismo e para o funcionamento do sistema nervoso e dos músculos, além de ajudar na regulação dos batimentos cardíacos.

* Paola Lisboa (CRN- 15100233) é nutricionista clínica e funcional e disponibiliza sua rede social para contato e outras informações: Facebook

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Uso do celular durante as refeições faz mal à saúde! Entenda os malefícios

Uso do celular durante as refeições faz mal à saúde! Entenda os malefícios Uso do celular durante as refeições faz mal à saúde! Entenda os malefícios

Imagine esta cena: você está em um restaurante, e observa algumas pessoas, seja um grupo de amigos ou uma família, em volta de uma mesa com suas refeições,...

> Leia mais
7 alimentos que você pode (e deve) comer com casca

7 alimentos que você pode (e deve) comer com casca 7 alimentos que você pode (e deve) comer com casca

Para aproveitar todos os nutrientes que os alimentos têm a oferecer, é importante que você consuma não apenas a polpa, mas também as suas cascas e sementes....

> Leia mais
Seitan ao forno, à parmegiana e mais: as melhores formas de preparar a proteína

Seitan ao forno, à parmegiana e mais: as melhores formas de preparar a proteína Seitan ao forno, à parmegiana e mais: as melhores formas de preparar a proteína

É muito bom descobrir maneiras novas de preparar os alimentos, né? Seja usando temperos ou métodos de cozimento variados, é sempre possível inovar na...

> Leia mais
Os perigos do Bisfenol A e como identificar se ele foi usado nos potes plásticos

Os perigos do Bisfenol A e como identificar se ele foi usado nos potes plásticos Os perigos do Bisfenol A e como identificar se ele foi usado nos potes plásticos

Encontrado em diversos tipos de plástico, policarbonato, resina e alumínio, o Bisfenol A - também chamado de BPA - é uma substância química utilizada para...

> Leia mais
Como ter um sono tranquilo? 5 chás para tomar à noite antes de dormir

Como ter um sono tranquilo? 5 chás para tomar à noite antes de dormir Como ter um sono tranquilo? 5 chás para tomar à noite antes de dormir

Para quem sofre com insônia ou problemas para dormir, tomar chás calmantes na parte da noite é uma ótima dica. Existem diversas plantas medicinais, frutas e...

> Leia mais
Os alimentos que contêm elastina e retardam o envelhecimento da pele

Os alimentos que contêm elastina e retardam o envelhecimento da pele Os alimentos que contêm elastina e retardam o envelhecimento da pele

O maior órgão do nosso corpo é a pele. Sendo assim, nada mais justo do que se preocupar com a sua saúde. Uma das substâncias que ajudam a cuidar da...

> Leia mais
Tomar suco de melancia à noite faz mal? Saiba em que momentos consumir a bebida

Tomar suco de melancia à noite faz mal? Saiba em que momentos consumir a bebida Tomar suco de melancia à noite faz mal? Saiba em que momentos consumir a bebida

A melancia é uma das frutas preferidas dos brasileiros: conhecida pelo seu sabor doce e grande quantidade de água, ela é muito consumida por ser um alimento...

> Leia mais
Setembro amarelo: 8 bons hábitos que ajudam a melhorar a saúde mental

Setembro amarelo: 8 bons hábitos que ajudam a melhorar a saúde mental Setembro amarelo: 8 bons hábitos que ajudam a melhorar a saúde mental

A gente sabe que cuidar da saúde do corpo é essencial, mas tão importante quanto manter um corpo sadio, é estar em dia com a saúde mental. O setembro amarelo...

> Leia mais
Talos dos vegetais: 7 opções para incluir no cardápio de forma variada

Talos dos vegetais: 7 opções para incluir no cardápio de forma variada Talos dos vegetais: 7 opções para incluir no cardápio de forma variada

Para criar receitas cada vez mais diferentes, saborosas e nutritivas, o ideal é tentar usar ao máximo os ingredientes. Alguns talos de vegetais, por exemplo,...

> Leia mais
Pepino japonês, holandês, aodai e caipira: conheça os diferentes tipos do legume

Pepino japonês, holandês, aodai e caipira: conheça os diferentes tipos do legume Pepino japonês, holandês, aodai e caipira: conheça os diferentes tipos do legume

Você sabia que existem diferentes tipos de pepino? Esse legume (ou fruto salgado) é geralmente usado no preparo de saladas, tabules, risotos e até mesmo...

> Leia mais