Aprenda a escolher as verduras no mercado e a higienizá-las corretamente em casa

Para escolher couve-flor e brócolis mais frescos, você deve se certificar de que as folhas estão mais fechadas, firmes e sem manchas
Para escolher couve-flor e brócolis mais frescos, você deve se certificar de que as folhas estão mais fechadas, firmes e sem manchas

Quando vamos às compras de feira, escolher as verduras, frutas e legumes é sempre uma etapa importante. Isso porque a gente precisa optar por aquelas que estejam em melhores condições - mais maduras, frescas e que sejam, de preferência, orgânicas (livres de agrotóxicos). Além disso, você também não pode se esquecer de higienizar os alimentos de forma correta, para eliminar bem todas as sujeiras e bactérias. Para te ajudar nessas duas etapas - na escolha e na lavagem das verduras - a gente separou umas dicas bem práticas. Dá uma conferida!

Verduras devem ter uma cor mais viva

O grupo das verduras é formado pelas folhas que todo mundo já conhece: alface, rúcula, agrião, brócolis, couve, espinafre, couve-flor e por aí vai. Elas são mais fáceis de escolher que as frutas e legumes - pois você só precisa analisar, basicamente, a firmeza dos talos e a coloração das folhas. Manchinhas, por exemplo, já são um indicativo de que a verdura não está em sua melhor condição. Além disso, quanto mais firmes forem os talos, mais frescas serão as folhas. Na hora de comprar, lembre-se de analisar bem todos os lados do alimento para se certificar de que não há nenhuma mancha - fica a dica!

Obs.: Ao contrário do que muita gente pensa, não é indicado lavar as verduras antes de guardá-las na geladeira. Isto porque, quando as folhas estão úmidas e ficam expostas no refrigerador, elas costumam durar bem menos. Por isso, o ideal é lavá-las apenas na hora de consumir mesmo.

Alface não pode estar murcha

Escolher uma alface em bom estado não é nada difícil, basta se certificar de que as folhas não estão murchas ou com manchinhas. Pode reparar que, quando a alface está velha, ela fica com as folhas mais caídas e com manchas marrons nas extremidades. Além disso, você também deve atentar para a coloração do alimento - a alface americana, por exemplo, deve ter um tom de verde mais claro.

Como lavar: A higienização da alface também é supersimples, pois você só precisa lavar as folhas em água corrente, secar com um papel toalha (ou deixar escorrendo) e depois misturar na salada. Muitas pessoas também deixam as folhas de molho com água e vinagre, por cerca de 20 minutos, para eliminar os microrganismos. Depois de deixar de molho, é o mesmo esquema: lave as folhas em água corrente e as seque para consumir.

Brócolis e couve-flor devem estar com as flores fechadas e talos firmes

Para escolher brócolis e couve-flor mais frescos, você deve analisar a textura das folhas e a firmeza dos talos: quando as folhas estão mais fechadas e firmes (em vez de mais macias), significa que a verdura está no ponto para ser consumida. Além disso, o ideal é também escolher essas verduras de acordo com a coloração: o brócolis deve ter uma tonalidade forte de verde-escuro, enquanto a couve-flor deve ser mais clara (em tons de branco ou creme). Antes de comprar, certifique-se de que não há nenhuma manchinha preta ou marrom nos alimentos.

Como lavar: Assim como a alface, o brócolis e a couve-flor também devem ser devidamente higienizados antes de consumidos. Para isso, você só precisa deixá-los debaixo da água corrente ou, então, seguir o mesmo esquema de deixá-los de molho com vinagre por cerca de 20 minutos. Depois, é só secar e consumir na salada ou em outro prato. Muitas pessoas, inclusive, gostam de preparar o brócolis com arroz, macarrão, refogado na manteiga e até mesmo suflês de couve-flor e brócolis gratinados no forno. Tudo isso fica uma delícia!

Rúcula e espinafre também devem estar com as folhas firmes

Assim como as verduras que já citamos, a rúcula e o espinafre devem ser escolhidos seguindo as mesmas dicas: as folhas devem estar firmes e sem manchas e os talos mais duros (nunca quebradiços). Além disso, uma boa dica é verificar a ponta dos caules das plantas - pois, caso eles estejam amarelados, significa que os vegetais já passaram do ponto. Na hora de lavar, você também deve separar as folhas que estão murchas e lavar as outras em água corrente. Seguindo essas dicas, não tem como errar na escolha das verduras!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que comer depois do jejum intermitente

O que comer depois do jejum intermitente O que comer depois do jejum intermitente

Quando feito de forma adequada e com acompanhamento nutricional, o jejum intermitente pode ajudar a desintoxicar o organismo e trazer outros benefícios (como...

> Leia mais
3 formas de preparar maionese vegana

3 formas de preparar maionese vegana 3 formas de preparar maionese vegana

Que tal conhecer algumas opções de maionese vegana para incluir no cardápio? Você pode aproveitar os benefícios e sabores de uma dieta sem alimentos de...

> Leia mais
Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Tomar suco verde detox todos os dias é ótimo para eliminar as impurezas do sangue, aumentar a imunidade e fornecer nutrientes para o organismo. A couve, em...

> Leia mais
Suflê de chuchu: 2 receitas fit

Suflê de chuchu: 2 receitas fit Suflê de chuchu: 2 receitas fit

O suflê de chuchu é o preparo perfeito para quem está de dieta, ainda mais se for feito com o Chuchu Orgânico Taeq! É um prato saboroso, pouco calórico,...

> Leia mais
Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Café faz bem: 5 benefícios da bebida Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais