Aprenda a controlar o apetite: Saiba o que comer antes e depois dos exercícios!

Previna-se da fome: 1h30 antes da atividade faça um lanche completo, mas sem exageros, com carboidratos e proteínas
Previna-se da fome: 1h30 antes da atividade faça um lanche completo, mas sem exageros, com carboidratos e proteínas

Um dos grandes dilemas para mantermos os mandamentos de uma alimentação saudável é relacionar as atividades físicas com as regras da dieta ou regime alimentar. Por mais que um seja diretamente dependente do outro, a prática de exercícios te dá mais fome, sendo tarefa difícil seguir à risca um cardápio padronizado antes e depois dos treinos. Por isso,para evitar essa fome exacerbada depois dos treinos, manter uma alimentação esportiva ajuda o organismo a ficar mais saciado, sem perder nutrientes.

A atividade física aumenta nossas necessidades energéticas, ou seja, dá fome, por isso muitas vezes comemos muito mais do que a energia que gastamos nos exercícios. Um estudo neurocientífico, realizado por pesquisadores da Universidade Estadual de Politécnica da Califórnia, nos Estados Unidos, sugere que a provável causa da influência do exercício na fome é a alteração que a prática física gera em certas partes do cérebro, que reagem de formas distintas quanto aos alimentos ingeridos, "ludibriando" a sensação de saciedade. Assim, quanto mais ativa estiver essas células, maior será o desejo de comer. A nutricionista Fernanda Oliveira explica a razão da vontade de comer aumentar a partir da prática esportiva.

"Quanto maior o gasto energético maior também será o seu metabolismo e mais energia você precisará repor. A má alimentação para praticantes de atividades físicas pode ocasionar menor recuperação no período pós-atividade ou de descanso do grupamento muscular, com maior risco de lesão, durante o treino,assim como também a perda de massa magra", disse a profissional, analisando a melhor maneira de balancear os exercícios com a alimentação.

"Depende de cada objetivo. Para dosar o que deve ser consumido antes e depois do exercício deve existir uma avaliação previa pra fazer uma dieta equilibrada e balanceada seguindo as necessidades da pessoa, a alimentação pré-exercícios visa basicamente fornecer a energia para a realização do exercício. Já no pós-treino, sugere-se uma alimentação equilibrada com nutrientes necessários para repor a energia perdida durante o exercício e favorecer a recuperação dos tecidos", disse a nutricionista.

O que comer antes das atividades físicas?

Com 1h30 antes da atividade faça um lanche completo, mas sem exageros, com carboidratos e proteínas. Se esse intervalo de tempo for menor do que isso, fique só com os carboidratos. Dê preferência aos alimentos integrais, pois a proteína, por ser de digestão mais lenta, causa maior saciedade.

O que comer depois das atividades?

Nada melhor do que proteína! O ideal é consumi-la na primeira hora após a atividade, pois é quando as fibras musculares, que sofreram microlesões, estão se regenerando, ou seja, vai fortalecer os músculos e tratar daqueles que se "esforçaram" demais. Uma pequena dose de carboidrato também é fundamental, como sempre os integrais, para manter a energia do organismo.

Hidratação – Além das medidas dietéticas, a hidratação antes e durante os exercícios físicos, proporciona a reposição da água perdida, impedindo a desidratação e a perda eletrolítica. Nos casos simples, pode ser feita com água potável, podendo ainda se utilizar líquidos isotônicos, observando os cuidados na quantidade calórica ingerida. Quando a pessoa consegue se alimentar corretamente antes da prática e consegue ainda boa hidratação durante a realização dos exercícios, sua próxima refeição pode ser no horário habitual da dieta. Melhor ainda seria deixar uma ou duas porções de frutas para o final das atividades . Além de hidratar, as frutas garantem suprimento de frutose, sacarose e eletrólitos que recompõem com propriedade as energias para um descanso natural do corpo.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras

As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras

Você sabia que existem diferentes tipos de laranja que variam, principalmente, em termos de sabor e textura? A laranja-bahia, por exemplo, é uma alternativa...

> Leia mais
Como evitar o aquecimento global através da alimentação

Como evitar o aquecimento global através da alimentação Como evitar o aquecimento global através da alimentação

Você sabia que é possível combater o aquecimento global através de pequenas atitudes no dia a dia? Mudar hábitos alimentares, de consumo e estilo de vida é...

> Leia mais
O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis

O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis

O excesso de acúmulo de gordura no corpo pode ser prejudicial para o organismo como um todo, acarretando em doenças do coração, por exemplo. A gordura...

> Leia mais
4 tipos de tangerina e as características nutricionais de cada um deles

4 tipos de tangerina e as características nutricionais de cada um deles 4 tipos de tangerina e as características nutricionais de cada um deles

Existente em diferentes versões, a tangerina é uma fruta cítrica rica em vitaminas A, C e sais minerais que fortalecem a imunidade e melhoram a saúde do...

> Leia mais
Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer

Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer

Você tem o hábito de reparar na frequência diária em que vai ao banheiro evacuar? Para garantir a saúde do intestino, é muito importante ter uma alimentação...

> Leia mais
O que é curau? Como fazer essa receita de milho verde

O que é curau? Como fazer essa receita de milho verde O que é curau? Como fazer essa receita de milho verde

Chamado de canjica em estados do Nordeste, o curau é um prato de origem afro-brasileira que faz muito sucesso nas festas de São João. Feito basicamente com...

> Leia mais
Qual quantidade de uva passa posso comer por dia? Aprenda a não exagerar

Qual quantidade de uva passa posso comer por dia? Aprenda a não exagerar Qual quantidade de uva passa posso comer por dia? Aprenda a não exagerar

Versáteis, práticas e ricas em nutrientes, as frutas secas são ótimas para incrementar iogurtes, bolos, panetones e funcionam como lanche rápido (fácil de...

> Leia mais
As frutas com H que você talvez não conheça, mas são supernutritivas

As frutas com H que você talvez não conheça, mas são supernutritivas As frutas com H que você talvez não conheça, mas são supernutritivas

Para fortalecer a imunidade e matar a vontade de comer doce no dia a dia, uma ótima dica é incluir diferentes tipos de frutas na dieta. Além das mais...

> Leia mais
Gelatina vegana existe! Aprenda a prepará-la com diferentes ingredientes

Gelatina vegana existe! Aprenda a prepará-la com diferentes ingredientes Gelatina vegana existe! Aprenda a prepará-la com diferentes ingredientes

Fonte importante de colágeno, a gelatina pode trazer uma série de benefícios para a saúde dos ossos, articulações e da pele. Para quem não sabe, ela é feita...

> Leia mais
Como fazer chuchu deixando o prato delicioso

Como fazer chuchu deixando o prato delicioso Como fazer chuchu deixando o prato delicioso

Muito usado no preparo de sopas, refogados, gratinados e saladas, o chuchu é um fruto bem nutritivo - rico em vitaminas (A, B e C), antioxidantes, fibras e...

> Leia mais