APLV ou intolerante à lactose? Qual a diferença entre eles?

Enquanto intolerantes não possuem uma enzima que digere a lactose, os alérgicos não podem tomar leite de origem animal porque algumas de suas proteínas são vistas como agentes invasores
Enquanto intolerantes não possuem uma enzima que digere a lactose, os alérgicos não podem tomar leite de origem animal porque algumas de suas proteínas são vistas como agentes invasores

Produto recomendado

Leite longa vida zero lactose Taeq 1l

Leite longa vida zero lactose Taeq 1l

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Alergia ou intolerância a lactose? Embora esses termos tenham se tornado comuns, na verdade o primeiro caso se trata de alergia ao leite da vaca, e não à lactose em si. Inclusive, pessoas que fazem parte desse grupo são conhecidas como APLV, sigla para Alergia à Proteína do Leite de Vaca. Mas afinal, quais alimentos podem ser consumidos por um ou por outro?

O que é a intolerância à lactose?

Quem tem intolerância à lactose na verdade possui deficiência de uma enzima chamada lactase, que é a responsável pela digestão do leite. Isso significa que caso essas pessoas tomem leite ou algum de seus derivados, como iogurte e queijo, o alimento será completamente indigesto e fará elas passarem mal. As consequências vão de cólicas a diarreia e constipação crônica. Por isso, quem possui esse problema deve procurar alimentos zero lactose para não sofrer nenhuma reação após o seu consumo.

APLV nada tem a ver com a lactose

Embora sejam conhecidas como pessoas alérgicas a lactose, os APLV podem sim ter lactase no organismo. Aqui o problema não é a enzima, mas sim as proteínas do leite. Neste caso, o corpo as vê como agentes invasores, e por isso elas são atacadas pelo sistema imunológico. O problema é que isso gera uma reação, que pode ir de problemas de pele a respiratórios e gastrointestinais. Inclusive, tudo pode ocorrer mesmo que o alérgico apenas sinta o cheiro ou toque no leite ou em seus derivados.

Leite materno está liberado para bebês APLV

Uma dúvida que se torna muito comum é: já que a proteína está no leite, isso significa que o materno não deve ser dado a bebês a APLV? A resposta é não. As proteínas que são rejeitadas pelo corpo de pessoas alérgicas não estão presentes no leite humano. A grande diferença é que a mãe terá que passar por uma dieta na qual irá excluir de vez leite de vaca e derivados da sua alimentação, pois assim ela não será transmitida para o bebê. Para isso é essencial consultar um nutricionista para que não seja cortado nenhum alimento equivocado ou inserido algum deveria estar de fora da dieta. É bom frisar que o aleitamento materno é muito importante para o bom desenvolvimento da criança, pois possui nutrientes essenciais para os primeiros meses de vida do bebê.

O que os APLV podem e o que não podem comer

Antes de mais nada, não pense que produtos zero lactose podem ser consumidos por pessoas APLV, pois é bom reforçar que elas têm problema com a proteína do leite, e não com a lactase. Mas e quanto ao leite de cabra e ao de búfala? Bem, esses dois alimentos podem ser consumidos por intolerantes, mas mais uma vez devem ficar de fora da dieta de alérgicos. Isso porque suas proteínas são praticamente as mesmas que as encontradas no leite de vaca, o que significa que a troca seria em vão.

Uma boa sugestão é optar por leites vegetais. Entre as opções mais comuns temos os de coco, de arroz, de amêndoas e de soja. Por terem sido extraídos de plantas possuem diversos outros benefícios para a saúde. Só não se esqueça de consultar um nutricionista antes de começar uma dieta APLV caso seja alérgico ou tenha um filho com esse problema. Afinal, bebês alérgicos muitas vezes deixam de ser com o passar dos anos. Além disso, é preciso repor outros nutrientes que são facilmente encontrados no leite, como o cálcio. Portanto, o acompanhamento de um profissional competente é essencial.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Frutas para anemia: 7 opções ricas em ferro

Frutas para anemia: 7 opções ricas em ferro Frutas para anemia: 7 opções ricas em ferro

O ferro é um dos minerais mais importantes para o bem-estar do nosso organismo. Presente na carne vermelha, no feijão, na beterraba e em diversos alimentos,...

> Leia mais
Os exercícios para memória e concentração perfeitos para melhorar seu bem-estar

Os exercícios para memória e concentração perfeitos para melhorar seu bem-estar Os exercícios para memória e concentração perfeitos para melhorar seu bem-estar

Manter a mente ativa é tão importante quanto exercitar o corpo no dia a dia. Por isso, além de fazer musculação ou exercícios aeróbicos, também é necessário...

> Leia mais
Como fazer chips de banana em casa de forma saudável

Como fazer chips de banana em casa de forma saudável Como fazer chips de banana em casa de forma saudável

Além de ser uma fruta extremamente nutritiva, a banana pode ser aproveitada de diferentes formas na nossa alimentação. Quem é fã da fruta, sabe que ela...

> Leia mais
Misturar vinagre de maçã com água e mel é benéfico? Nutricionista tira a dúvida

Misturar vinagre de maçã com água e mel é benéfico? Nutricionista tira a dúvida Misturar vinagre de maçã com água e mel é benéfico? Nutricionista tira a dúvida

Na busca excessiva pelo emagrecimento e estilo de vida fitness, muitas pessoas recorrem a dietas restritivas e receitas milagrosas que, muitas vezes,...

> Leia mais
Leptina e grelina: entenda a relação desses hormônios com a obesidade

Leptina e grelina: entenda a relação desses hormônios com a obesidade Leptina e grelina: entenda a relação desses hormônios com a obesidade

Você sabia que existem hormônios responsáveis por incentivar e inibir o nosso apetite? A leptina e a grelina, em especial, são substâncias que ajudam no...

> Leia mais
Fruta condessa é uma delícia! Conheça suas vantagens nutricionais e como usá-la

Fruta condessa é uma delícia! Conheça suas vantagens nutricionais e como usá-la Fruta condessa é uma delícia! Conheça suas vantagens nutricionais e como usá-la

Conhecida também como anona-lisa e coração-de-boi, a fruta condessa (Annona reticulata) é uma variedade da família das anonáceas. Cultivada principalmente...

> Leia mais
7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo

7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo 7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo

Você já tentou usar sementes de frutas e plantas para fazer chás medicinais? Muita gente não sabe, mas não são apenas as folhas e flores que são ricas em...

> Leia mais
Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta

Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta

Também conhecida como hortelã-graúdo, a malva do reino é uma planta medicinal rica em antioxidantes e propriedades medicinais que ajudam a fortalecer o...

> Leia mais
Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício! Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Você já ouviu falar no Fit Dance? A modalidade que transformou as aulas de dança na academia e vem conquistando milhares de adeptos ao redor do mundo através...

> Leia mais
5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas 5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

Extremamente versátil e saborosa na cozinha, a abóbora cabotiá (ou japonesa) é um ingrediente muito utilizado no preparo de caldos, sopas e purês. Para quem...

> Leia mais