Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Para preparar um almoço japonês, aposte em pratos tradicionais da culinária nipônica, como o ramen (ou lámen), que consiste em um tipo de macarrão com carne e vegetais
Para preparar um almoço japonês, aposte em pratos tradicionais da culinária nipônica, como o ramen (ou lámen), que consiste em um tipo de macarrão com carne e vegetais

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais, molhos, carnes e algas marinhas, criando pratos sempre bem coloridos e saborosos. E, além dos pratos mais conhecidos e consumidos no Brasil (como sushi, sashimi e temaki), existem outras receitas que são bem populares no Japão. Quer aprender mais sobre a culinária nipônica? Nós separamos alguns dos principais pratos que fazem parte do almoço japonês. Confira!

1. Sukiyaki pode ser feito com fatias finas de carne, legumes, verduras e udon (macarrão japonês)

Bem colorido e nutritivo, o sukiyaki nada mais é que uma espécie de ensopado feito com diferentes legumes e verduras (como couve-flor, brócolis, alho-poró e acelga), molhos (feitos com ingredientes como o shoyu e até mesmo um pouco de saquê) e carnes cortadas em fatias bem finas. Muitas vezes, também é acrescentado o udon - um macarrão japonês que é branco e mais grosso.

Ingredientes

- 350 g de contrafilé cortado em fatias finas

- 1 cebola média cortada em cubos

- 1 gengibre ralado

- 300 ml de água

- 120 ml de molho shoyu light

- 100 ml de saquê

- 3 colheres de sopa de vinagre

- 4 folhas de acelga picadas

- Brócolis picado a gosto

- Couve-flor picada a gosto

- 1 cenoura média picada

- Alho-poró cortado em rodelas

- Macarrão de udon a gosto

Para preparar, comece temperando a carne com o gengibre ralado e um pouco de molho shoyu (de preferência, deixe marinando por algumas horas para que o tempero pegue bem). Em seguida, coloque-a para fritar em uma frigideira com um pouco de azeite. Depois, acrescente a cenoura, a cebola e deixe refogar mais um pouco. Depois, adicione a água, o saquê, o molho shoyu e o vinagre (para fazer o molho) e misture mais um pouco. Acrescente os outros vegetais e deixe cozinhar por mais alguns minutos. Por fim, você pode adicionar o macarrão, esperar cozinhar e prontinho!

Obs.: Vale destacar que existem diferentes versões de sukiyaki. Algumas são mais simples (feitas apenas com legumes, verduras e vegetais), enquanto outras são mais incrementadas, podendo levar até mesmo tofu e cogumelos. Fica por sua conta escolher os ingredientes que preferir.

2. Okonomiyaki é uma 'panqueca' japonesa feita com vegetais e carnes

Assim como o sukiyaki, o okonomiyaki é um prato tradicional bastante consumido no Japão. Ele é um tipo de panqueca que pode ser preparada com diferentes ingredientes. Geralmente, a massa é feita com farinha de trigo, ovos, repolho, cebola e outros vegetais. Já a cobertura fica por sua conta - pode ser salmão, carne de porco em tiras ou até mesmo polvo, lula e camarão. Capriche nos temperos para que fique bem saboroso e prontinho!

Ingredientes

- 3 ovos

- 150 g de farinha de trigo integral

- 1 repolho pequeno picado

- 1 cebola roxa pequena picada

- 1 cenoura pequena ralada

- 150 g de salmão picado

- Sal e cheiro-verde a gosto

- Molho okonomiyaki (que também pode ser feito através da mistura de molho shoyu, inglês, pimenta-do-reino, açúcar e um pouco de extrato de tomate)

Para preparar, comece misturando os ovos, o repolho e farinha de trigo em um recipiente. Faça isso com as mãos, se necessário, para conseguir misturar bem. Em seguida, acrescente a cenoura, a cebola, misture mais um pouco e, por fim, coloque o salmão, o sal e o cheiro-verde. Mexa bem para formar uma espécie de massa homogênea. Em uma frigideira grande, coloque um pouco de azeite e, então, coloque tudo para fritar no fogo baixo. Lembre-se de virar dos dois lado (como se fosse uma panqueca) e, quando tudo já estiver bem frito, é só servir em um prato. Por fim, jogue o molho okonomiyaki por cima e outros temperos se preferir (um pouco de cebolinha, quem sabe).

Obs.: Você também pode usar outros ingredientes no preparo desse prato, ok? O camarão, por exemplo, fica delicioso junto com o salmão. Caso você queira usar carne de porco, apenas tome cuidado para que ela fique bem cozida antes de servir.

3. Ramen (ou lámen) é um prato com macarrão e legumes bem nutritivo

O ramen (ou lámen) é um dos pratos orientais mais conhecidos no Brasil, sabia? Ele é geralmente preparado com macarrão e diversos ingredientes - algas, ovos, carnes, vegetais e temperos que compõem um prato bem colorido e nutritivo. Para quem não sabe, esse é um dos pratos mais consumidos em todo o Japão e pode ser encontrado em diferentes versões: opções vegetarianas, veganas, com diferentes temperos e vegetais.

Ingredientes

- 2 embalagens de lámen instantâneo

- 500 ml de água

- 350 g de filé de frango

- ½ limão, sal e pimenta-do-reino a gosto (para temperar o frango)

- 3 dentes de alho amassados

- 2 ovos cozidos

- 1 folha de nori

- 100 g de shimeji picado

- 100 g de cenoura picada

- 100 g de espinafre picado

Comece limpando o frango com o limão, tempere-o com sal e pimenta-do-reino e reserve por alguns minutos. Depois, refogue o alho em uma frigideira com azeite, acrescente o frango e, então, adicione um pouco de água e molho shoyu a gosto. Cozinhe até que o frango fique dourado. Em uma panela separada, coloque o lámen instantâneo para cozinhar (seguindo as instruções da embalagem) e, quando ficar cozido, coloque para escorrer, mas reserve a água.

Na mesma água do cozimento do lámen, coloque o espinafre, a cenoura e o shimeji picados e deixe cozinhar por uns minutos. Para finalizar, basta juntar tudo em um bowl: coloque um pouco do frango, a folha de nori, o caldo com os vegetais, o macarrão e os ovos cozidos. Essa é uma refeição bem completa - rica em proteínas, vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes.

Receitas:
Salmão
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Indicado para fortalecer a imunidade, favorecer a perda de peso e a saúde da pele, o óleo de abacate é um ingrediente natural altamente nutritivo que pode (e...

> Leia mais
O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

Desde 2009, um desafio anual que incentiva a prática de desenhos e ilustrações durante o mês de outubro vem conquistando milhares de artistas ao redor do...

> Leia mais
Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Ter o hábito de passar manteiga em pães e biscoitos no dia a dia não é necessariamente prejudicial à saúde. Apesar de ser comumente tachada como gordurosa e...

> Leia mais
6 frutas com D para variar no cardápio

6 frutas com D para variar no cardápio 6 frutas com D para variar no cardápio

O universo das frutas é tão amplo e diverso que existe até mesmo uma área científica da horticultura, chamada de pomologia, que é dedicada exclusivamente...

> Leia mais
Chá de poejo serve para relaxar e ajuda na respiração! Conheça outros benefícios

Chá de poejo serve para relaxar e ajuda na respiração! Conheça outros benefícios Chá de poejo serve para relaxar e ajuda na respiração! Conheça outros benefícios

Dono de nomes populares, como hortelãzinho, menta-selvagem e erva-de-são-lourenço, o poejo (Mentha pulegium) é uma planta medicinal muito conhecida por conta...

> Leia mais
Transtorno alimentar infantil existe! Saiba como tratá-lo

Transtorno alimentar infantil existe! Saiba como tratá-lo Transtorno alimentar infantil existe! Saiba como tratá-lo

Engana-se quem pensa que distúrbios relacionados à alimentação (como anorexia ou bulimia) atingem apenas adolescentes e adultos. Desde a infância, é possível...

> Leia mais
O que são alimentos reguladores e por que é importante consumi-los

O que são alimentos reguladores e por que é importante consumi-los O que são alimentos reguladores e por que é importante consumi-los

Você já ouviu falar nos alimentos reguladores? Responsáveis por regular as diferentes funções do organismo (como digestão e circulação sanguínea), eles...

> Leia mais
Existem alimentos sem nutrientes? Descubra o que é melhor evitar consumir

Existem alimentos sem nutrientes? Descubra o que é melhor evitar consumir Existem alimentos sem nutrientes? Descubra o que é melhor evitar consumir

Você já parou para pensar se todos os alimentos são realmente nutritivos - isto é, fornecem minerais, vitaminas, fibras, proteínas ou carboidratos para a...

> Leia mais
Como preparar tapioca de diferentes tipos

Como preparar tapioca de diferentes tipos Como preparar tapioca de diferentes tipos

Quando se trata de preparar um lanche mais leve, rápido e livre de glúten (indicado para celíacos), a tapioca é uma das melhores opções - pode ser recheada...

> Leia mais
As receitas de salada de frutas simples e incrementadas

As receitas de salada de frutas simples e incrementadas As receitas de salada de frutas simples e incrementadas

Substituir sobremesas calóricas (como sorvetes, bolos e biscoitos) pela salada de frutas é uma ótima dica para quem quer cuidar melhor da alimentação. Rica...

> Leia mais