Alimentação para cada fase da vida: o que devemos comer de acordo com a idade?

Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa. A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.
Assim como os anos, a nossa alimentação também muda conforme o tempo passa.  A idade é um dos fatores essenciais para indentificar a alimentação de uma pessoa. Veja o que nós devemos comer em cada etapa da vida.

Produto recomendado

Ovos orgânicos Taeq 6 unidades

Ovos orgânicos Taeq 6 unidades

Botão do Pão de Açúcar Delivery
Cada fase da nossa vida precisa ser acompanhada de uma alimentação própria, afinal, somos reflexos daquilo que comemos! Ao longo dos anos, a necessidade de certos nutrientes faz dos hábitos alimentares uma fonte essencial para a qualidade de vida e bem-estar, não importando a sua faixa etária.

Segundo a nutricionista Sheila Basso, a idade é um fator determinante para indicar a alimentação de uma pessoa. Veja um cardápio que ela nos elaborou para cada fase da vida: infância, adolescência, adulto e terceira idade.

O que devemos comer durante a infância?

Fase de amamentação: O leite materno é fundamental para a saúde das crianças nos 6 primeiros meses de vida, por ser um alimento completo e o único que garante qualidade e quantidade ideal de nutrientes para o bebê, apresentando concentrações ideais de proteínas, açúcares, gorduras, sais minerais e vitaminas. "O leite materno fornece inclusive água, com fatores de proteção contra infecções comuns da infância, isento de contaminação e perfeitamente adaptado ao metabolismo da criança", destaca a Dra. Sheila.

Fase de desmame: A partir dos seis meses, o consumo exclusivo de leite materno não supre todas as necessidades nutricionais da criança, sendo necessária a introdução de ingredientes complementares. Também é a partir dessa idade que a maioria das crianças atinge estágio de desenvolvimento geral e neurológico (mastigação, deglutição, digestão e excreção), que as habilitam a receber outros alimentos.

"Ao completar 6 meses, os pais podem dar alimentos complementares, como cereais, tubérculos, carnes, leguminosas, frutas e legumes três vezes ao dia, composto também por grãos (cereais e feijões), e verduras. Complementa-se a oferta de leite materno com alimentos saudáveis que são mais comuns à região e ao hábito alimentar da família", destaca a nutricionista.


O que devemos comer durante a adolescência?

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a adolescência é o período da vida que se inicia aos 10 anos de idade e se prolonga até os 20 anos (inclusive), ocorrendo durante esse percurso intensas transformações físicas, psicológicas e comportamentais. Nessa fase, o estirão ou o rápido desenvolvimento físico faz com que os jovens necessitem de maior quantidade de calorias:

"O ideal é incentivá-los a um café da manhã saudável e a um almoço completo, ou seja, com proteínas (leite, iogurte, queijo, ovo, presunto magro, peito de peru, carne de boi magra, peixe ou frango), carboidratos (pães, cereais, arroz, macarrão, batata, etc.), legumes, verduras e frutas. Assim, o jantar poderá ser uma pequena refeição, um prato leve, uma sopa ou um lanche", destaca a nutricionista.

A falta de alimentos é um fator que preocupa menos no nosso meio, mas uma alimentação inadequada, sem que as necessidades nutricionais sejam alcançadas, pode interferir na sua altura e na disposição física e mental dos jovens, perturbando suas atividades e desenvolvimento. As vitaminas e minerais geralmente consumidos abaixo das necessidades são: vitamina A, E, B6, ácido fólico, cálcio, ferro e zinco.


● Vitamina A: Fígado, leite, ovos, óleo de peixe, vegetais, folhosos verde-escuros, legumes e frutas amarelados e/ou verde-escuros;

● Vitamina E: Germe de trigo, óleos vegetais, hortaliças de folhas verdes, gordura do leite, gema de ovo e nozes;

● Vitamina B6: Carnes vermelhas, fígado, ovos, leite de vaca, germe de trigo;

● Ácido fólico: Miúdos, vegetais folhosos e legumes, milho, amendoim, levedo;

● Cálcio: Leite, iogurte, queijo, brócolis, couve, ovos;

● Ferro: Carnes vermelhas, fígado, miúdos, gema de ovo, leguminosas, vegetais folhosos verde-escuros, frutas secas;

● Zinco: Carnes vermelhas e brancas, fígado, frutos do mar, ovos, cereais integrais, lentilha, germe de trigo.


O que devemos comer durante a fase adulta?

A rotina corrida e a oferta abundante de alimentos saborosos e calóricos, aliados à diminuição da atividade física e ao estresse diário, prejudicam muito a alimentação equilibrada. Há dois principais problemas na alimentação na fase adulta: erro na hora da escolha do cardápio e muitas horas sem se alimentar. Essa combinação acaba dando espaço a doenças crônicas degenerativas, como a obesidade, a hipertensão e o diabetes.

"Não há, na verdade, nenhum alimento que deva ser consumido em maior quantidade, porém existe a necessidade de manter uma dieta equilibrada e variada para garantir a ingestão adequada de todos os nutrientes (proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas, sais minerais e fibras). É preciso fazer dos alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação", enfatiza Sheila.

Essa variedade significa alimentos de todos os tipos – grãos, raízes, tubérculos, farinhas, legumes, verduras, frutas, castanhas, leite, ovos e carnes – e variedade dentro de cada tipo – feijão, arroz, milho, batata, mandioca, tomate, abóbora, laranja, banana, frango, peixes etc. Utilizados com moderação, óleos, gorduras, sal e açúcar podem contribuir para diversificar e tornar mais saborosa a alimentação sem torná-la nutricionalmente desbalanceada.

O que devemos comer na terceira idade?

Os hábitos alimentares mudam com o avanço da idade devido às diferentes necessidades de energia e nutrientes e, também, a outros fatores, como as informações de saúde pública que relacionam dieta e saúde. Alguns nutrientes importantes nessa fase da vida são: cálcio; ferro; zinco; magnésio (vegetais folhosos são as melhores fontes, seguidos por legumes, produtos marinhos, nozes, cereais e derivados do leite); fósforo (semente de abóbora seca, soja assada, amêndoa, Castanha do Brasil, semente de girassol, sardinha, amendoim); Vitamina D (Leite e derivados, ovos, margarinas, peixes); Vitamina A (fígado, leite e derivados, ovos, cenoura, batata doce, manga, espinafre, folhas de brócolis); Vitamina C (limão, laranja, mexerica, caju, goiaba, manga, mamão, morango, kiwi, acerola e carambola).

"Pode ser encontrada também nas hortaliças como o tomate, o pimentão, a couve e o repolho); Vitamina B12 (alimentos de origem animal são as únicas fontes naturais de vitamina B12, como produtos lácteos, carne, fígado, peixes, ovos)", salientou a profissional.
*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Receitas:
Carne bovina
Ver Mais

Últimas Matérias

Toppings de açaí: 5 combinações saudáveis que você precisa experimentar

Toppings de açaí: 5 combinações saudáveis que você precisa experimentar Toppings de açaí: 5 combinações saudáveis que você precisa experimentar

Nos dias mais quentes do ano bate aquela vontade de tomar algo refrescante, né? O açaí, por exemplo, é o carro-chefe quando se tratar de aliviar o calor. E a...

> Leia mais
Dia Nacional do Café: entenda como a cafeína funciona no nosso corpo

Dia Nacional do Café: entenda como a cafeína funciona no nosso corpo Dia Nacional do Café: entenda como a cafeína funciona no nosso corpo

Para os amantes de cafeína, todo 24 de maio tem um quê especial, sabia? Isso porque nele é celebrado o Dia Nacional do Café - aquela bebidinha dos deuses que...

> Leia mais
Granola salgada: como preparar e usar esse lanche nutritivo no dia a dia

Granola salgada: como preparar e usar esse lanche nutritivo no dia a dia Granola salgada: como preparar e usar esse lanche nutritivo no dia a dia

Muitas pessoas conhecem a versão doce da granola - composta, geralmente, por um mix de cereais, como flocos de aveia, de arroz, nozes, castanhas, mel e...

> Leia mais
6 receitas com caqui que vão turbinar o seu sistema imunológico

6 receitas com caqui que vão turbinar o seu sistema imunológico 6 receitas com caqui que vão turbinar o seu sistema imunológico

Você já deve ter experimentado (ou ao menos visto) receitas com caqui - uma frutinha redonda e com um sabor bem docinho. Tem gente que até tem um pé dessa...

> Leia mais
Cozinha sem traça: como prevenir e combater as larvas nos cereais

Cozinha sem traça: como prevenir e combater as larvas nos cereais Cozinha sem traça: como prevenir e combater as larvas nos cereais

Você já deve ter se deparado com as traças em algum lugar da cozinha - nas paredes, nos armários ou até mesmo no interior de sacos de feijão, arroz e...

> Leia mais
Sem tempo para cozinhar? Veja 7 opções de almoço que ficam prontas em 20 minutos

Sem tempo para cozinhar? Veja 7 opções de almoço que ficam prontas em 20 minutos Sem tempo para cozinhar? Veja 7 opções de almoço que ficam prontas em 20 minutos

Para quem vive na correria do dia a dia e não tem muito tempo para cozinhar, uma das melhores coisas é aprender a fazer pratos rápidos. No entanto, muitos...

> Leia mais
5 alimentos que causam afta para comer sem exageros

5 alimentos que causam afta para comer sem exageros 5 alimentos que causam afta para comer sem exageros

Muita gente acha que as aftas são causadas apenas por machucados ou mordidas acidentais nos lábios. Só que a alimentação tem muito a ver com esse problema,...

> Leia mais
Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Receber os amigos em casa é sempre algo divertido, né? Mas para que o encontro seja ainda mais agradável, nada melhor que preparar um lanchinho ou uma mesa...

> Leia mais
5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar 5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

A chegada do outono é sempre gostosa, né? A estação traz consigo uma temperatura mais amena e um climinha ótimo para fazer um pouco de tudo - ficar em casa...

> Leia mais
Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Você já ouviu falar no abrótano? De nome científico Artemisia abrotanum, essa planta medicinal é muito usada no preparo de chás. Ela é originária da Ásia,...

> Leia mais