Alimentação e autismo: Bons hábitos alimentares ajudam no tratamento! Veja como

Uma boa alimentação, saudável, equilibrada e repleta de nutrientes, é de suma importância para o tratamento do autismo, em seus mais variados níveis. Descubra aqui como eles agem no organismo, favorecendo e melhorando a qualidade de vida dessas pessoas.
Uma boa alimentação, saudável, equilibrada e repleta de nutrientes, é de suma importância para o tratamento do autismo, em seus mais variados níveis. Descubra aqui como eles agem no organismo, favorecendo e melhorando a qualidade de vida dessas pessoas.

Você sabia que a alimentação também está diretamente ligada ao tratamento de autismo? Sim, a ciência nutricional (nutrigenômica) comprova, cada vez mais, a eficácia de bons hábitos alimentares no desenvolvimento cerebral, equilibrando as funções neurológicas, que acentuam esse transtorno. Veja como alguns nutrientes agem diretamente no problema, melhorando a qualidade de vida dessas pessoas.

O autismo, em seus mais diferentes estágios, atinge cerca de 500 mil pessoas no Brasil. Considerado um desequilíbrio neurológico, ele gera uma desordem nas atividades cerebrais que afetam na interação e na comunicação social. Ainda não há um fator comprovado de sua causa, mas leva-se em consideração desde a genética e o ambiente de criação, à poluição do ar, complicações na gravidez e infecções causadas por vírus. Mas, como a alimentação pode ajudar no autismo? Segundo a nutricionista Laura Uzunian, os cuidados com a ingestão de nutrientes para os pacientes autistas é fundamental, uma vez que, dada tal importância, certos ajustes alimentares favorecerão os comportamentos e a sociabilidade do indivíduo, prevenindo e ou amenizando as crises:

"A alimentação equilibrada e adequada para autistas pode proporcionar melhora da interação do paciente com os familiares e amigos; melhora do foco, concentração e atenção; melhora da comunicação e maior contato visual; controle de crises de raiva e reações de pânico a lugares desconhecidos; incremento da linguagem oral e função intelectual", destaca a especialista, ressaltando que a alimentação dos autistas, no entanto, devem ser determinadas individualmente, já que é de extrema relevância a individualidade bioquímica do paciente. Ela analisa os nutrientes mais importantes para esse processo:

"Diversos nutrientes são necessários para compor a alimentação saudável do paciente, dentre eles, podemos destacar as vitaminas do complexo B, a N-Acetilcisteína (NAC), a coenzima Q10, a vitamina D, o selênio, cálcio, zinco e magnésio, além do ômega 3", completa a especialista.

A importância de restringir alguns alimentos para autistas

A instabilidade da flora intestinal, também chamada de disbiose, dificulta o processo de digestão, uma vez que as proteínas do glúten como o trigo, centeio e cevada, por exemplo, quando chegam a corrente sanguínea, afetam os sistemas de neurotransmissores que agem diretamente no comportamento do indivíduo. Sendo assim, devem ser evitados o consumo de alimentos industrializados que aumentam as toxidades no organismo, leite e seus derivados e aditivos como corantes que são associados à alterações do comportamento e a hiperatividade. A Dra. Laura salienta a importância de seguir um cardápio saudável e, principalmente, equilibrado no dia a dia:

"Com a alimentação equilibrada, nota-se diminuição de sintomas gastrointestinais como gases em excesso, estufamento abdominal, cólicas intestinais e regularização do funcionamento intestinal", finaliza a nutricionista.

*A nutricionista Laura Uzunian (CRN 21506) é especialista em Nutrição Clínica Funcional e Fisiologia do Exercício. Além disso, é Mestre em Educação e Saúde na Infância e Adolescência.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo

6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo 6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo

Dependendo do tipo de corte e da forma de preparo, as carnes vermelhas podem ser grandes aliadas da nossa saúde! Elas são conhecidas por serem uma das...

> Leia mais
Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento

Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento

Presente no prato dos brasileiros, o feijão é uma de leguminosa altamente nutritiva (fonte de ferro, potássio, fibras e vitaminas) e rende ótimas receitas:...

> Leia mais
6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais