Alimentação complementar: O que dar para o bebê comer depois dos 6 meses?

Após o sexto mês de vida, a criança necessita de novos nutrientes no organismo que o leite materno não consegue suprir. É nessa fase que entra os alimentos complementares. Veja o que seu bebê pode e deve comer no dia a dia para crescer de forma natural e saudável!
Após o sexto mês de vida, a criança necessita de novos nutrientes no organismo que o leite materno não consegue suprir. É nessa fase que entra os alimentos complementares. Veja o que seu bebê pode e deve comer no dia a dia para crescer de forma natural e saudável!
Após o sexto mês de vida, a criança necessita de novos nutrientes no organismo que o leite materno não consegue suprir. É nessa fase que entra os alimentos complementares. Veja o que seu bebê pode e deve comer no dia a dia para crescer de forma natural e saudável!
Após o sexto mês de vida, a criança necessita de novos nutrientes no organismo que o leite materno não consegue suprir. É nessa fase que entra os alimentos complementares. Veja o que seu bebê pode e deve comer no dia a dia para crescer de forma natural e saudável!
Após o sexto mês de vida, a criança necessita de novos nutrientes no organismo que o leite materno não consegue suprir. É nessa fase que entra os alimentos complementares. Veja o que seu bebê pode e deve comer no dia a dia para crescer de forma natural e saudável!
Após o sexto mês de vida, a criança necessita de novos nutrientes no organismo que o leite materno não consegue suprir. É nessa fase que entra os alimentos complementares. Veja o que seu bebê pode e deve comer no dia a dia para crescer de forma natural e saudável!
Após o sexto mês de vida, a criança necessita de novos nutrientes no organismo que o leite materno não consegue suprir. É nessa fase que entra os alimentos complementares. Veja o que seu bebê pode e deve comer no dia a dia para crescer de forma natural e saudável!
Após o sexto mês de vida, a criança necessita de novos nutrientes no organismo que o leite materno não consegue suprir. É nessa fase que entra os alimentos complementares. Veja o que seu bebê pode e deve comer no dia a dia para crescer de forma natural e saudável!
Após o sexto mês de vida, a criança necessita de novos nutrientes no organismo que o leite materno não consegue suprir. É nessa fase que entra os alimentos complementares. Veja o que seu bebê pode e deve comer no dia a dia para crescer de forma natural e saudável!

Você sabe o que é alimentação complementar? Os primeiros anos de vida de uma criança merece atenção e cuidados especiais dos pais em relação a tudo, principalmente em ao que o bebê está ingerindo no dia a dia. Após a fase de desmame, quando o leite materno não é mais suficiente para suprir todas as necessidades nutricionais do neném, alguns ingredientes são essenciais para acompanhar o crescimento adequado da criança ao longo da vida.

Recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a partir dos 6 meses de idade, é necessário adicionar alimentos complementares ao leite materno para satisfazer todas as novas necessidades nutricionais, bem como para propiciar que ele entre em contato com outros sabores e texturas. Desta forma, para crianças de 6 a 12 meses, a prática recomendada é a dieta mista: manutenção do aleitamento materno e introdução de novos alimentos (sopas e frutas).


Definição de alimentação complementar

Entende-se por alimentação complementar, quaisquer alimentos nutritivos sólidos ou líquidos, preparados especialmente para a criança ou que são consumidos pela família e modificados para atender necessidades momentâneas, desde que sejam bem cozidos, com pouco sal e pimenta, sendo sua consistência modificada (amassada, desfiada, picada) e que esteja de acordo com a fisiologia e facilite o consumo. A comida da família, oferecida à criança, além de ser alterada, pode ser adicionada a alimentos ricos em ferro, em vitamina A e de óleo para garantir o aporte desses elementos na dieta infantil.


"Os alimentos complementares contribuem com o fornecimento de energia, proteína e micronutrientes, além de preparar a criança para a formação dos hábitos alimentares saudáveis no futuro", explica a nutricionista Sheila Basso.

O que o bebê deve comer como alimentação complementar

Até o 6º mês: Apenas leite materno

A partir do 6º mês: Leite materno e papa de frutas. Primeira papa salgada, ovos e suco de frutas

Do 7º ao 8º mês: Segunda papa salgada

Do 9º ao 11º mês: Gradativamente passar para a comida da família

12º mês: Comida da família

*De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, as frutas devem ser oferecidas, preferencialmente sob a forma de papas e sucos, sempre em colheradas. Os sucos naturais devem ser usados após as refeições principais, e não em substituição a estas, numa dose máxima de 240 mL/dia (copo americano).

*A papa salgada deve ser planejada da seguinte maneira: Os alimentos na mistura devem seguir a proporção: para cada 3 partes do alimento base (cereal, raiz ou tubérculo), colocar 1 parte de alimento proteico (origem animal), 1 de origem vegetal (leguminosas) e 1 parte dos outros alimentos (hortaliças).

Principais alimentos complementares para o seu bebê

De acordo com a Dra. Sheila, nós devemos oferecer alimentos ricos em ferro (carnes vermelhas, grãos, vegetais verde-escuros), cálcio (leite e derivados, vegetais verde-escuros, sardinha, salmão), vitamina A (cenoura, gema de ovo, leite integral) e zinco (carnes, oleaginosas e farelo de aveia), nutrientes essenciais para o indivíduos.


Tubérculos e/ou cereais:
Arroz, milho, macarrão, batata, mandioca, inhame e cará

Leguminosas: Feijão, soja, lentilha, grão-de-bico e ervilha.

Proteína animal: Carne de boi, vísceras, frango, ovos e peixes.

Hortaliças: Legumes e verduras.

O que devemos evitar: Seguindo a especialista, é importante evitar alimentos como açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinho e outras guloseimas, nos primeiros anos de vida. Também utilizar o sal com moderação. "Já foi comprovado que a criança nasce com preferência para o sabor doce, portanto a adição de açúcar é desnecessária e deve ser evitada nos dois primeiros anos de vida. Essa atitude vai fazer com que a criança não se desinteresse pelos cereais, verduras e legumes, aprendendo a distinguir outros sabores", reiterou a profissional.

Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Nectarina é uma fruta cheia de benefícios! Conheça 6 deles

Nectarina é uma fruta cheia de benefícios! Conheça 6 deles Nectarina é uma fruta cheia de benefícios! Conheça 6 deles

A nectarina, para quem não conhece, é uma variação do pêssego altamente nutritiva e saborosa. Ela é redonda, de pele lisa (sem pelos), tem caroço e, quando...

> Leia mais
O que é a Hora do Planeta e como participar desse movimento

O que é a Hora do Planeta e como participar desse movimento O que é a Hora do Planeta e como participar desse movimento

Criada em 2007, a Hora do Planeta é um movimento que visa mobilizar a sociedade contra o aquecimento global. Durante 60 minutos, em todo último sábado de...

> Leia mais
Alimentação fit e saudável são a mesma coisa? Saiba as diferenças dessas dietas

Alimentação fit e saudável são a mesma coisa? Saiba as diferenças dessas dietas Alimentação fit e saudável são a mesma coisa? Saiba as diferenças dessas dietas

Muitas pessoas vêm embarcando em uma nova onda de estilo de vida saudável, com uma alimentação restritiva bem e regrada. Mas será que todas as dietas que...

> Leia mais
Capsaicina: para que serve? As suas vantagens e em quais alimentos encontrá-la

Capsaicina: para que serve? As suas vantagens e em quais alimentos encontrá-la Capsaicina: para que serve? As suas vantagens e em quais alimentos encontrá-la

Sabe aqueles momentos em que você coloca pimenta demais na comida e depois usa alguns truques para diminuir a sua ardência? Então, tudo culpa de uma...

> Leia mais
Qual carne tem mais proteína? Veja a lista e saiba as vantagens do nutriente

Qual carne tem mais proteína? Veja a lista e saiba as vantagens do nutriente Qual carne tem mais proteína? Veja a lista e saiba as vantagens do nutriente

Pertencente ao universo dos macronutrientes - que fornecem energia ao corpo e devem ser consumidos em grande quantidade -, a proteína não pode faltar em...

> Leia mais
5 chás relaxantes que ajudam a acalmar e aliviar o estresse

5 chás relaxantes que ajudam a acalmar e aliviar o estresse 5 chás relaxantes que ajudam a acalmar e aliviar o estresse

Quando se trata de relaxar e acalmar a mente, muitas pessoas gostam de recorrer aos chás. E isso realmente faz todo o sentido! Existem diferentes tipos de...

> Leia mais
Receitas com fruta-pão: 4 ideias para utilizar o alimento na cozinha

Receitas com fruta-pão: 4 ideias para utilizar o alimento na cozinha Receitas com fruta-pão: 4 ideias para utilizar o alimento na cozinha

Semelhante à jaca, a fruta-pão é um alimento altamente nutritivo (é fonte de vitamina C, fibras e potássio), saboroso e pode ser usado de diversas formas na...

> Leia mais
Trabalho home office pode ser simples! Veja dicas para não perder produtividade

Trabalho home office pode ser simples! Veja dicas para não perder produtividade Trabalho home office pode ser simples! Veja dicas para não perder produtividade

Tem coisa melhor que trabalhar em um local confortável e acolhedor? Fazer home office, na maioria das vezes, traz muitas vantagens para a rotina: você...

> Leia mais
Air fryer é saudável? Descubra se vale a pena cozinhar com a fritadeira elétrica

Air fryer é saudável? Descubra se vale a pena cozinhar com a fritadeira elétrica Air fryer é saudável? Descubra se vale a pena cozinhar com a fritadeira elétrica

Conhecidas como air fryer, as fritadeiras elétricas (ou "fritadeira a ar" em sua tradução literal) são sinônimos de saudabilidade e praticidade para muita...

> Leia mais
Como fazer exercício em casa e ter a saúde em dia

Como fazer exercício em casa e ter a saúde em dia Como fazer exercício em casa e ter a saúde em dia

Todo mundo sabe que a prática regular de exercícios é extremamente necessária para manter a saúde em dia, correto? Caso contrário, o nosso organismo começa a...

> Leia mais