Air fryer é saudável? Descubra se vale a pena cozinhar com a fritadeira elétrica

Por não utilizar nenhum tipo de óleo, air fryer diminui o teor calórico dos alimentos e contribui para uma alimentação livre de gordura
Por não utilizar nenhum tipo de óleo, air fryer diminui o teor calórico dos alimentos e contribui para uma alimentação livre de gordura

Conhecidas como air fryer, as fritadeiras elétricas (ou "fritadeira a ar" em sua tradução literal) são sinônimos de saudabilidade e praticidade para muita gente. Afinal, elas utilizam um mecanismo capaz de "fritar" os alimentos sem nenhum pingo de óleo, somente através do ar. Para entender melhor, funciona mais ou menos como os dispositivos de churrasqueiras, fornos e grills elétricos. Só que, no caso das fritadeiras, ele atua com hélices de altíssima velocidade fazem o ar quente circular por todo o aparelho. Mas, será que realmente vale a pena cozinhar com esse tipo de mecanismo? Confira a matéria para saber mais!

Sem o óleo, a air fryer diminui o teor calórico dos alimentos

Essa é uma das principais - e mais conhecidas - vantagens da fritadeira elétrica. Por não utilizar nenhum tipo de gordura (com exceção para os casos em que a finalidade do uso de óleo ou azeite é deixar os alimentos com um aspecto similar à fritura imersa na gordura), a air fryer reduz consideravelmente o teor calórico dos alimentos. Assim, ela também ajuda na perda de peso e no controle dos níveis de colesterol no sangue.

Devido às altas temperaturas, a fritadeira elétrica não preserva o valor nutricional dos alimentos

Cozinhar os alimentos na air fryer não é a melhor forma de preservar de preservar os nutrientes da comida. Isso porque quanto mais alta for a temperatura (acima de 100°C), maior será a perda de vitaminas e minerais. E a fritadeira elétrica, dependendo de sua programação, é capaz de atingir até 300°C, fazendo com que os alimentos percam boa parte dos seus valores nutricionais. Vale lembrar que isso também vale para outras formas de cocção, ok?

Alimentos superaquecidos na air fryer podem produzir uma substância malevolente conhecida como acrilamida

As temperaturas elevadas da air fryer também podem ser prejudiciais a saúde devido a uma substância química chamada acrilamida. Produzida quando os alimentos são superaquecidos durante o preparo - sobretudo os que forem ricos em amido, como batata, mandioca e outras raízes -, a substância é prejudicial para o organismo do ser humano. Chegando, em alguns casos, a desenvolver células cancerígenas.

Para evitar que isso aconteça, o método mais seguro é cozinhar os alimentos por pouco tempo e em temperaturas baixas. Por isso, a recomendação é evitar programar a fritadeira elétrica para uma temperatura muito alta antes do preparo dos alimentos. Assim, você evita que ela superaqueça.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais
Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Já ouviu falar da dieta cetogênica? Em outras palavras, as pessoas que seguem esse cardápio diferenciado se adequam a uma dieta sem carboidrato. É uma...

> Leia mais
Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Conciliar um café da manhã saudável com uma rotina mais corrida não precisa ser um problema. Você sabia que existem opções nutritivas bem rápidas de...

> Leia mais
Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Muito usado no preparo de saladas, refogados, molhos (como o vinagrete), risotos e moquecas, o pimentão verde é um tipo de vegetal bem nutritivo e saboroso,...

> Leia mais
Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde? Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Para reduzir o consumo de carboidratos, muita gente prefere evitar pães (e outras massas) e dar preferência a receitas com tapioca nos lanches. Mas será que...

> Leia mais
Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Que tal fazer leite de castanha do Pará para aproveitar os benefícios da oleaginosa? É sempre bom ter opções diferentes de receitas para incluir na rotina...

> Leia mais
Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Quantas receitas com ervilha você conhece? E com ervilha congelada? Apesar da enorme praticidade que o legume apresenta, nem todos sabem como usá-lo no dia a...

> Leia mais
Tipos de tomate: conheça as diferenças entre eles

Tipos de tomate: conheça as diferenças entre eles Tipos de tomate: conheça as diferenças entre eles

Você sabe quais e quantos são os tipos de tomate? A famosa fruta compõe as mais variadas receitas de saladas e é um dos orgânicos queridinhos para...

> Leia mais
Geleia de pimenta combina com o que? 4 dicas de acompanhamentos

Geleia de pimenta combina com o que? 4 dicas de acompanhamentos Geleia de pimenta combina com o que? 4 dicas de acompanhamentos

De sabor adocicado levemente picante, a geleia de pimenta é um ótimo acompanhamento para lanches com queijos, pães e carnes, pois concede um toque mais...

> Leia mais