Ágar-ágar é gelatina? As propriedades dessa alga nutritiva usada na dieta vegana

Ágar-ágar é muito rico em fibras, vitaminas e minerais, além de ser ótimo para quem quer emagrecer
Ágar-ágar é muito rico em fibras, vitaminas e minerais, além de ser ótimo para quem quer emagrecer

Produto recomendado

Suco de uva orgânico bordô Taeq 1L

Suco de uva orgânico bordô Taeq 1L

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Pessoas que resolveram aderir ao veganismo muitas vezes ficam um pouco perdidas em relação ao que podem ou não comer. Afinal, alguns produtos parecem inofensivos, mas na verdade têm origem animal. Esse é o caso, por exemplo, da gelatina, que é feita a partir de cartilagem, ossos ou mesmo pele de alguns animais, como o boi. O problema é que ela não só é usada como sobremesa como também se tornou um ingrediente comum em diversas receitas. A solução? O ágar-ágar.

O ingrediente é extraído a partir de algas marinhas e já se tornou um queridinho de dietas vegetarianas e veganas. Mas não pense que ele é uma novidade! Afinal, os primeiros registros de sua extração datam do século XVII no Japão. De lá para cá o seu uso foi difundido e nos últimos tempos passou a ser muito mencionado como substituto em receitas que usam a gelatina como ingrediente. Um dos exemplos que mais se popularizou foi o bolo de vidro, que tinha uma aparência espelhada, mas cujo segredo era simplesmente o uso de ágar-ágar.

Ágar-ágar é indicado para quem quer emagrecer

Mesmo quem não é vegano encontra apenas vantagens em substituir a gelatina tradicional pelo ágar-ágar. Isso porque ele é rico em vitaminas A, B1, B2, C e D, além de ter um alto teor de sais minerais, como magnésio, cálcio e zinco. Além disso, é uma ótima fonte de proteínas, ajudando na construção muscular, aumentando o metabolismo e permitindo que o corpo queime gordura mais rapidamente.

Portanto, podemos dizer que, além de muito nutritivo, o ágar-ágar é altamente indicado tanto às pessoas que praticam exercícios quanto às que querem emagrecer. Extremamente rico em fibras, ele ajuda a regular o intestino, eliminando toxinas e evitando tanto a prisão de ventre quanto aquela sensação de inchaço no corpo. Seu consumo também produz saciedade, permitindo que a pessoa coma exatamente a quantidade necessária para o bom funcionamento do corpo sem cometer excessos. Além disso, atua como um desintoxicante, sendo muito indicado a pessoas que optaram pela alimentação detox. Por fim, ainda é um alimento com poucas calorias, algo essencial para quem quer perder peso.

Colágeno presente no ágar-ágar evita o envelhecimento da pele

Outra característica muito importante do ágar-ágar é que ele é ótimo para quem quer evitar o envelhecimento precoce. Isso porque ele possui colágeno, o que garante elasticidade à pele e evita o aparecimento de rugas e espinhas. Ao permitir que ela fique mais firme, ele acaba retardando o processo de flacidez, que se torna comum com a idade, deixando a pele mais firme e impedindo o surgimento da celulite. Essa proteína também atua em outras partes do corpo, fortalecendo unhas, dentes e dando mais vitalidade aos fios do cabelo.

Na gastronomia ele pode ser utilizado em pratos doces e salgados

Há três formas de encontrar o ágar-ágar: em tiras de algas secas, em cápsulas e em pó, sendo essa a maneira mais difundida. Embora ele seja conhecido por substituir a gelatina, não necessariamente precisa ser utilizado para fazer essa sobremesa. Geleia e musse, por exemplo, são algumas opções para quem busca algo doce, mas o ingrediente também pode ser adotado em pratos salgados, já que não altera o sabor dos alimentos. Outra grande vantagem prática no seu uso na gastronomia é que ele não derrete em temperatura ambiente e nem possui aditivos químicos. É importante destacar que o ágar-ágar possui um poder de gelificação três vezes maior que o da gelatina comum, o que significa que na hora de fazer a substituição na receita é preciso usar uma quantidade menor dessa alga para ter o mesmo resultado de firmeza.

Como fazer gelatina e chá de ágar-ágar

Embora possa ser usado em diversas receitas, não há como negar que o uso mais comum do ágar-ágar é para fazer gelatina e chá. Lembrando que para ele adquirir um aspecto viscoso é preciso que seja fervido com uma quantidade mínima de líquido. Na hora de preparar a gelatina é necessário inserir o sabor desejado fazendo um suco, que se for natural é ainda mais saudável. Já o açúcar é a gosto. A proporção é que 1 litro água pede entre 1 e 2 colheres de sopa de ágar-ágar, mas uma boa dica é ferver diretamente o suco em vez de misturá-lo com a água, já que assim o seu sabor ficará mais forte.

Para fazer o chá não é preciso ter medo, já que ele não vai passar pelo processo de gelificação se a água estiver apenas morna, e não fervendo. Para prepará-lo basta esquentar um copo de água e dissolver nela uma colher de ágar-ágar. Essa bebida detox é ótima para que o corpo absorva todos os nutrientes dessa alga sem que seja preciso preparar uma receita mais elaborada.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

5 cuidados importantes para quem vai praticar atividades físicas no calor

5 cuidados importantes para quem vai praticar atividades físicas no calor 5 cuidados importantes para quem vai praticar atividades físicas no calor

Praticar exercícios físicos de forma regular e equilibrada - mesmo em dias mais quentes - é importante para a saúde mental e corporal. No entanto, durante o...

> Leia mais
Não sabe para que serve a equinácea? Descubra por que e como consumi-la

Não sabe para que serve a equinácea? Descubra por que e como consumi-la Não sabe para que serve a equinácea? Descubra por que e como consumi-la

Usada para tratar inflamações e amenizar sintomas de gripes e resfriados, como tosse e coriza, a equinácea (Echinacea ssp.) é uma planta medicinal...

> Leia mais
6 motivos para consumir chá de chia e como prepará-lo

6 motivos para consumir chá de chia e como prepará-lo 6 motivos para consumir chá de chia e como prepará-lo

Rica em fibras alimentares, ômega 3 e minerais importantes, a chia é uma semente altamente nutritiva geralmente usada em dietas restritivas, já que é...

> Leia mais
O que não pode comer quando coloca piercing? Descubra quais alimentos priorizar

O que não pode comer quando coloca piercing? Descubra quais alimentos priorizar O que não pode comer quando coloca piercing? Descubra quais alimentos priorizar

Após colocar piercing, fazer tatuagem ou realizar procedimentos cirúrgicos, é muito importante evitar certos alimentos e ter uma dieta que contribua para o...

> Leia mais
Quais os tipos de ginástica? Veja as características de cada um

Quais os tipos de ginástica? Veja as características de cada um Quais os tipos de ginástica? Veja as características de cada um

Equilíbrio, flexibilidade e força. Você sabia que essas três palavrinhas estão associadas a praticamente todos os tipos de ginástica? Classificada em...

> Leia mais
Boldo-da-terra ou boldo-do-chile? Saiba para que serve cada um

Boldo-da-terra ou boldo-do-chile? Saiba para que serve cada um Boldo-da-terra ou boldo-do-chile? Saiba para que serve cada um

Entre as espécies de boldo mais utilizadas para tratar problemas como gastrite, gripes e resfriados, o boldo-da-terra e o boldo-do-chile são duas que...

> Leia mais
5 benefícios da farinha de linhaça para a sua saúde

5 benefícios da farinha de linhaça para a sua saúde 5 benefícios da farinha de linhaça para a sua saúde

Usar farinha de linhaça no preparo de omeletes, pães, biscoitos, panquecas e até vitaminas no dia a dia é uma ótima forma de fortalecer o organismo....

> Leia mais
Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você

Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você

Nativo da região amazônica e consumido em todo o Brasil, o açaí é uma fruta altamente nutritiva (rica em cálcio, potássio, ferro, vitaminas A, C, do complexo...

> Leia mais
4 receitas com jambo para usar a fruta no dia a dia

4 receitas com jambo para usar a fruta no dia a dia 4 receitas com jambo para usar a fruta no dia a dia

Embora seja nativo da Malásia, o jambo-vermelho é uma frutinha bastante encontrada nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil - sendo consumida in...

> Leia mais
Já provou a pimenta-do-reino verde? Saiba tudo sobre esse tempero

Já provou a pimenta-do-reino verde? Saiba tudo sobre esse tempero Já provou a pimenta-do-reino verde? Saiba tudo sobre esse tempero

Você já ouviu falar da pimenta-do-reino verde? De origem asiática, a variação vem de uma das pimentas mais antigas e conhecidas do mundo, principalmente...

> Leia mais