Adoçante faz mal e engorda? Saiba quais são os seus mitos e verdades

Descubra os mitos e verdades sobre adoçante, o substituto do açúcar
Descubra os mitos e verdades sobre adoçante, o substituto do açúcar

Produto recomendado

Açúcar de Coco TAEQ Sachê 250g

Açúcar de Coco TAEQ Sachê 250g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Muito usado na dieta dos diabéticos e de quem pretende perder peso, o adoçante foi inventado nos Estados Unidos em 1879 para que alimentos e bebidas pudessem ganhar um gosto doce mesmo sem o açúcar. No entanto, por mais que seja conhecido como uma opção mais saudável, o ingrediente ainda é cheio de mitos e verdades ao seu redor!

Tem quem acredite, por exemplo, que ele pode ser consumido sem restrições por ter um baixo valor calórico, enquanto outros acreditam que pode fazer mal à saúde e até causar problemas sérios, como o câncer. Mas o que será verdade e o que não passa de boato nessa história? Confira!

Adoçante faz mal à saúde e aumenta o risco de câncer: Mito e verdade

Por mais que tenha aparecido como uma alternativa mais saudável para adoçar alimentos e bebidas, muito se fala sobre o risco do adoçante acabar trazendo mais malefícios que vantagens. Já foi discutido, inclusive, que ele pode causar câncer. Porém, como nenhum estudo científico comprovou essa possibilidade, essa informação é considerada apenas um mito.

No entanto, por contar com substâncias sintéticas em sua composição, é verdade que pode ter efeito tóxico no organismo e aumentar os riscos de surgimento da doença - mas só se for consumido em excesso! Por isso, o ideal é usar uma quantidade moderada do ingrediente e, se possível, intercalar com adoçantes considerados naturais. Uma boa alternativa é o xilitol, que é extraído da fibra de algumas plantas, como ameixa e milho.

Existe risco de engordar com adoçante: Verdade

Por mais que tenha menos calorias que o açúcar, o adoçante pode sim contribuir para o aumento do peso se for consumido em excesso, principalmente se o seu uso não vier acompanhado de uma dieta saudável e regrada. É que a ausência da glicose pode fazer com que o organismo tenha vontade de consumir mais do que deveria desses alimentos em versão diet - e é justamente aí que há o risco de ganho de peso.

Crianças não podem usar adoçante: Mito

Talvez por conter substâncias sintéticas ou por sempre ser relacionado à diabetes, o adoçante é considerado por muitos pais como um ingrediente proibido para crianças. Mas, ao contrário do que muitos acreditam, isso não passa de um mito!

Crianças que têm problema com sobrepeso ou já precisam controlar a quantidade de açúcar no sangue podem - e devem! - substituir o açúcar pelo ingrediente para adoçarem o alimento de uma maneira mais saudável. Só é importante consultar um nutricionista antes para que seja indicada a quantidade ideal e qual o melhor tipo de adoçante que deve ser consumido.

Adoçantes podem causar gases: Verdade

Não é uma regra geral, mas sim, algumas pessoas podem sofrer com o aumento de gases por conta do uso do adoçante. Isso ocorre porque as tais substâncias sintéticas que fazem parte de sua composição podem causar desconforto no intestino - o que, consequentemente, aumenta as chances do incômodo estomacal aparecer.

Consumo do adoçante tem restrições: Verdade

A informação de que as crianças não devem consumir adoçante não procede, mas realmente existem alguns grupos que podem ser prejudicados pelo uso desse substituto do açúcar e devem evitá-lo - ou, ao menos, fazer um consumo mais cuidadoso. As grávidas, por exemplo, são o grupo mais polêmico. A dúvida sobre usar ou não o adoçante se deve à suspeita de que alguns componentes artificiais do produto podem prejudicar o bebê por se acumularem na placenta. Por isso, além de um consumo bem moderado, também é indicado um acompanhamento com um médico para que ele recomende a versão ideal. Além delas, quem também deve evitar alguns adoçantes são os portadores da doença genética fenilcetonúria - já que o aspartame pode causar o retardo mental.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Muito consumido em alguns países da Ásia, o tempeh (ou tempê) é uma comida originária da Indonésia que funciona como fonte importante de proteínas vegetais....

> Leia mais
Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Em vez de usar o açúcar refinado comum (extraído da cana), você pode recorrer a alternativas mais naturais e nutritivas de adoçantes. O açúcar de beterraba,...

> Leia mais
5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais