Açúcar na infância: por que evitá-lo até os 2 anos de idade

Para evitar o consumo de açúcar na infância, é importante evitar doces industrializados e apostar nas frutas (que contêm a frutose, um tipo de açúcar natural e benéfico)
Para evitar o consumo de açúcar na infância, é importante evitar doces industrializados e apostar nas frutas (que contêm a frutose, um tipo de açúcar natural e benéfico)
Luciana Novaes

Consultor:

Luciana Novaes

Nutricionista mestre em Saúde Pública pela FIOCRUZ com especialização em Saúde Materna e Infantil e Nutrição Clínica e Estética pelo IPGS

Para que bebês e crianças tenham um bom desenvolvimento, é fundamental tomar certos cuidados com a alimentação. O consumo de açúcar, por exemplo, deve ser evitado ao máximo na infância e, de acordo com o Ministério da Saúde, é até mesmo proibido para bebês de até 2 anos. Para entender melhor o assunto, nós conversamos com a nutricionista Luciana Novaes, especialista em Saúde Materna e Infantil, que falou mais sobre os riscos do consumo do açúcar na infância. Confira!

Por que é importante evitar açúcar até os 2 anos de idade?

De acordo com a nutricionista Luciana Novaes, evitar açúcares (tanto o refinado quanto o demerara ou o mascavo) na dieta de bebês de até dois anos é fundamental para prevenir problemas de desenvolvimento e também auxiliar no processo de introdução alimentar.

"Não oferecemos açúcar para menores de 2 anos por ser, antes de qualquer coisa, uma recomendação oficial do Ministério da Saúde, estando presente no novo Guia Alimentar para Crianças Menores de 2 Anos. Essa recomendação engloba todos os tipos de açúcar. Porque nós nascemos com o paladar mais puxado para sabores doces e, por volta de 3 anos, a criança costuma apresentar uma recusa normal para alimentos como verduras e legumes, de sabor mais amargo. Se a criança não for estimulada ao consumo de doces até os 2 anos de idade, a chance de essa recusa ocorrer diminui bastante. E é exatamente nessa faixa etária que a preferência alimentar se firma", explica a especialista.

"Outra questão é que o consumo de alimentos ricos em açúcar prejudica a ingestão de alimentos de melhor qualidade nutricional, comprometendo o apetite e na grande maioria das vezes oferecendo calorias vazias, onde não há a presença de vitaminas e minerais. Além de estimular um consumo maior de receitas com muitas calorias e contribuir para o ganho de peso excessivo", complementa Luciana.

Quais são os melhores doces para oferecer na infância?

Quando se trata de oferecer doces para bebês ou crianças, o mais indicado é sempre se ater às frutas e alimentos naturais. De acordo com a nutricionista, existem opções para diversificar a dieta dos pequenos sem precisar incluir açúcares industrializados. "Frutas e preparações que levem frutas sem a adição de açúcar extra podem ser oferecidas a bebês e crianças pequenas. A própria fruta possui um açúcar, chamado frutose, que serve para garantir o sabor adocicado de papinhas, bolos e mousses - receitas que agradam bastante o paladar dos pequenos", sugere Luciana.

Evite oferecer açúcar para as crianças mesmo após os 2 anos de idade

Durante toda a infância (e até mesmo pelo resto da vida), o ideal é evitar ao máximo açúcares industrializados. Por isso, inclusive, a nutricionista recomenda oferecer poucos doces (principalmente os feitos com açúcar refinado) para crianças, mesmo após os dois anos de idade.

"Após os 2 anos, a criança poderá comer como qualquer pessoa, desde que essa alimentação seja saudável. O consumo de açúcar de adição (aquele que acrescentamos nas preparações) deve ser o mínimo possível. O açúcar branco, refinado, deve ser evitado ao máximo. Vale destacar, ainda assim, que existem opções melhores, apesar de o valor calórico não mudar. Alguns tipos de açúcares, por estarem mais próximos do natural, possuem vitaminas e minerais, como o mascavo e o melado. Também podem ser usados o açúcar demerara, que ainda não passou pelo refinamento completo, ou o açúcar de coco, que não eleva a glicose no sangue", finaliza a nutricionista.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais
Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Já ouviu falar da dieta cetogênica? Em outras palavras, as pessoas que seguem esse cardápio diferenciado se adequam a uma dieta sem carboidrato. É uma...

> Leia mais
Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Conciliar um café da manhã saudável com uma rotina mais corrida não precisa ser um problema. Você sabia que existem opções nutritivas bem rápidas de...

> Leia mais
Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Muito usado no preparo de saladas, refogados, molhos (como o vinagrete), risotos e moquecas, o pimentão verde é um tipo de vegetal bem nutritivo e saboroso,...

> Leia mais
Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde? Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Para reduzir o consumo de carboidratos, muita gente prefere evitar pães (e outras massas) e dar preferência a receitas com tapioca nos lanches. Mas será que...

> Leia mais
Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Que tal fazer leite de castanha do Pará para aproveitar os benefícios da oleaginosa? É sempre bom ter opções diferentes de receitas para incluir na rotina...

> Leia mais
Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Quantas receitas com ervilha você conhece? E com ervilha congelada? Apesar da enorme praticidade que o legume apresenta, nem todos sabem como usá-lo no dia a...

> Leia mais