Açúcar na infância: por que evitá-lo até os 2 anos de idade

Para evitar o consumo de açúcar na infância, é importante evitar doces industrializados e apostar nas frutas (que contêm a frutose, um tipo de açúcar natural e benéfico)
Para evitar o consumo de açúcar na infância, é importante evitar doces industrializados e apostar nas frutas (que contêm a frutose, um tipo de açúcar natural e benéfico)
Luciana Novaes

Consultor:

Luciana Novaes

Nutricionista mestre em Saúde Pública pela FIOCRUZ com especialização em Saúde Materna e Infantil e Nutrição Clínica e Estética pelo IPGS

Para que bebês e crianças tenham um bom desenvolvimento, é fundamental tomar certos cuidados com a alimentação. O consumo de açúcar, por exemplo, deve ser evitado ao máximo na infância e, de acordo com o Ministério da Saúde, é até mesmo proibido para bebês de até 2 anos. Para entender melhor o assunto, nós conversamos com a nutricionista Luciana Novaes, especialista em Saúde Materna e Infantil, que falou mais sobre os riscos do consumo do açúcar na infância. Confira!

Por que é importante evitar açúcar até os 2 anos de idade?

De acordo com a nutricionista Luciana Novaes, evitar açúcares (tanto o refinado quanto o demerara ou o mascavo) na dieta de bebês de até dois anos é fundamental para prevenir problemas de desenvolvimento e também auxiliar no processo de introdução alimentar.

"Não oferecemos açúcar para menores de 2 anos por ser, antes de qualquer coisa, uma recomendação oficial do Ministério da Saúde, estando presente no novo Guia Alimentar para Crianças Menores de 2 Anos. Essa recomendação engloba todos os tipos de açúcar. Porque nós nascemos com o paladar mais puxado para sabores doces e, por volta de 3 anos, a criança costuma apresentar uma recusa normal para alimentos como verduras e legumes, de sabor mais amargo. Se a criança não for estimulada ao consumo de doces até os 2 anos de idade, a chance de essa recusa ocorrer diminui bastante. E é exatamente nessa faixa etária que a preferência alimentar se firma", explica a especialista.

"Outra questão é que o consumo de alimentos ricos em açúcar prejudica a ingestão de alimentos de melhor qualidade nutricional, comprometendo o apetite e na grande maioria das vezes oferecendo calorias vazias, onde não há a presença de vitaminas e minerais. Além de estimular um consumo maior de receitas com muitas calorias e contribuir para o ganho de peso excessivo", complementa Luciana.

Quais são os melhores doces para oferecer na infância?

Quando se trata de oferecer doces para bebês ou crianças, o mais indicado é sempre se ater às frutas e alimentos naturais. De acordo com a nutricionista, existem opções para diversificar a dieta dos pequenos sem precisar incluir açúcares industrializados. "Frutas e preparações que levem frutas sem a adição de açúcar extra podem ser oferecidas a bebês e crianças pequenas. A própria fruta possui um açúcar, chamado frutose, que serve para garantir o sabor adocicado de papinhas, bolos e mousses - receitas que agradam bastante o paladar dos pequenos", sugere Luciana.

Evite oferecer açúcar para as crianças mesmo após os 2 anos de idade

Durante toda a infância (e até mesmo pelo resto da vida), o ideal é evitar ao máximo açúcares industrializados. Por isso, inclusive, a nutricionista recomenda oferecer poucos doces (principalmente os feitos com açúcar refinado) para crianças, mesmo após os dois anos de idade.

"Após os 2 anos, a criança poderá comer como qualquer pessoa, desde que essa alimentação seja saudável. O consumo de açúcar de adição (aquele que acrescentamos nas preparações) deve ser o mínimo possível. O açúcar branco, refinado, deve ser evitado ao máximo. Vale destacar, ainda assim, que existem opções melhores, apesar de o valor calórico não mudar. Alguns tipos de açúcares, por estarem mais próximos do natural, possuem vitaminas e minerais, como o mascavo e o melado. Também podem ser usados o açúcar demerara, que ainda não passou pelo refinamento completo, ou o açúcar de coco, que não eleva a glicose no sangue", finaliza a nutricionista.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Os benefícios do alpiste, planta que também pode ser consumida por humanos

Os benefícios do alpiste, planta que também pode ser consumida por humanos Os benefícios do alpiste, planta que também pode ser consumida por humanos

Embora seja muito usado na alimentação de pássaros, o alpiste também é uma alternativa nutritiva para a dieta de humanos - pode compor saladas e é útil para...

> Leia mais
O que é Hoʻoponopono? Conheça essa técnica havaiana que busca exercitar o perdão

O que é Hoʻoponopono? Conheça essa técnica havaiana que busca exercitar o perdão O que é Hoʻoponopono? Conheça essa técnica havaiana que busca exercitar o perdão

Levar um estilo de vida pautado no perdão e amor-próprio é o melhor caminho para o bem-estar diário. O Hoʻoponopono (prática antiga havaiana que envolve...

> Leia mais
Receita de polvo: como fazer esse fruto do mar sem que ele fique borrachudo

Receita de polvo: como fazer esse fruto do mar sem que ele fique borrachudo Receita de polvo: como fazer esse fruto do mar sem que ele fique borrachudo

Exótico, saboroso e rico em diversas propriedades nutritivas, o polvo é aquele clássico fruto do mar que quem prova não costuma resistir! Não à toa, o...

> Leia mais
Existe chá para engravidar? Descubra quais aumentam a fertilidade

Existe chá para engravidar? Descubra quais aumentam a fertilidade Existe chá para engravidar? Descubra quais aumentam a fertilidade

Buscar alternativas naturais para aumentar a fertilidade e conseguir engravidar de maneira segura é bem mais comum do que parece, sabia? É que alimentos como...

> Leia mais
6 alimentos ricos em catequinas, substâncias com forte ação antioxidante

6 alimentos ricos em catequinas, substâncias com forte ação antioxidante 6 alimentos ricos em catequinas, substâncias com forte ação antioxidante

No universo dos antioxidantes, existem diversas moléculas (como os flavonoides e polifenóis) que apresentam ação antienvelhecimento e anti-inflamatória. As...

> Leia mais
Fruta pequi é fonte de vitaminas e minerais! Conheça esse alimento do cerrado

Fruta pequi é fonte de vitaminas e minerais! Conheça esse alimento do cerrado Fruta pequi é fonte de vitaminas e minerais! Conheça esse alimento do cerrado

Nativo do Cerrado brasileiro, o pequi é um fruto de casca verde-escura que possui espinhos no caroço (debaixo da polpa) e se destaca por ser altamente...

> Leia mais
Há alimentos que causam apendicite? Saiba o que evitar comer

Há alimentos que causam apendicite? Saiba o que evitar comer Há alimentos que causam apendicite? Saiba o que evitar comer

Você sabia que a apendicite (tipo de inflamação aguda no apêndice) pode ser causada por conta de descuidos com a alimentação? Ter uma dieta saudável - livre...

> Leia mais
Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo

Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo

Incrementar saladas de folhas e legumes com molhos, sementes ou cereais é uma ótima forma de diversificar a alimentação diária. Você sabia que é possível...

> Leia mais
5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica

5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica 5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica

Conhecida por ser uma culinária rica em alimentos sazonais e fruto de diversas mudanças políticas e sociais em seu país de origem, a comida japonesa (também...

> Leia mais
Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo

Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo

Você sabia que o suco congelado é uma ótima opção para aproveitar os nutrientes da fruta? Além de trazer mais praticidade para o dia a dia, a bebida consegue...

> Leia mais