8 motivos para deixar de usar canudos plásticos

A partir de 2050 terão mais plásticos do que peixes nos oceanos, como afirmam a ONU e o Fórum Econômico de Davos
A partir de 2050 terão mais plásticos do que peixes nos oceanos, como afirmam a ONU e o Fórum Econômico de Davos

Você já deve ter se dado conta do movimento global em torno dos canudos plásticos. Até 2021, por exemplo, todos os países da União Europeia não poderão mais fabricar ou comercializar os canudinhos. E se você é carioca ou já foi à cidade do Rio de Janeiro nos últimos dois anos, com certeza já se deparou com restaurantes, quiosques, bares, ou até cafés apresentando versões alternativas do produto. Afinal, desde 2018, o Rio é a primeira capital brasileira a aderir a tentativa de banir o uso do item. Mas e você? Sabe por que deveria abraçar essa causa? Listamos 8 razões, então dá uma conferida!

1. Um canudo leva, em média, de 200 a 500 anos para se decompor na natureza

É isso mesmo que você leu. Para ir até aquela lanchonete da esquina e pedir aquele suco que você sempre pede – o qual normalmente vem acompanhado de um canudinho - muitas vezes você não gasta nem 10 minutos. Já o canudo leva no mínimo 200 anos para se decompor no meio ambiente depois de descartado. Ou seja, o primeiro canudo que você usou na vida com certeza ainda está entre nós e atravessará gerações.

2. Imagina se todas as pessoas do mundo fizerem o mesmo que você?

Pegando a hipótese acima como exemplo: e se o seu vizinho frequentar a mesma lanchonete que você e também consumir aquele suco? Ou se outras pessoas da cidade frequentarem diversas outras lanchonetes? Ou pior: imagine isto em uma escala global! A resposta é o que já acontece há anos: estima-se que um bilhão de canudos são descartados todos os dias no mundo. No fim, são bilhões de anos de decomposição!

3. A partir de 2050 terá mais plásticos do que peixes nos oceanos

De acordo com um relatório divulgado pela ONU e com os dados reportados pelo Fórum Econômico Mundial de Davos, é possível que os oceanos tenham mais plásticos do que peixes no ano de 2050. Em 2014, a proporção de toneladas de plástico por toneladas de peixes era de uma para cinco, em 2025 provavelmente será de uma para três e, em 2050, se continuarmos no ritmo que estamos hoje – exceto por projetos de lei como o do Rio de Janeiro e de outros lugares ao redor do mundo – alcançaremos a paridade de uma para uma. É claro que entre os detritos plásticos são encontrados muito mais do que canudos. No entanto, para se ter uma ideia, atualmente eles representam 4% da poluição plástica mundial.

4. Descarte inadequado

Uma das razões do canudo alcançar os oceanos é devido à sua forma de descarte. Por conta da chuva, dos ventos, do entupimento dos bueiros e da própria maneira inapropriada de jogar fora o material, o item acaba chegando facilmente aos mares, sendo um dos mais encontrados pela Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb) nas praias brasileiras.

5. Canudos impactam toda e qualquer vida marinha (não apenas a das tartarugas)

Não são apenas as tartarugas que agradecem: grande parte dos animais marinhos também são afetados pelos canudos. É importante enfatizar isso pois muitas pessoas associam o item às tartarugas – principalmente depois da viralização de vídeos na internet que correlacionam o assunto. O plástico pode causar desde feridas internas à morte por inanição, e todos os animais são atingidos de uma maneira geral. Em suma, é bem séria a situação.

6. Se você costuma comer frutos do mar provavelmente já ingeriu muitas partículas de plástico

O dado é de alguns cientistas da Universidade de Ghent, na Bélgica. Uma pesquisa recente feita por eles revelou que quem costuma comer qualquer alimento proveniente do mar pode ingerir cerca de 11 mil fragmentos de plásticos por ano. Nem preciso dizer que grande parte deles vem do canudo né?

7. Seu material não é facilmente reciclável

Os canudos normalmente são feitos de polipropileno ou poliestireno - um tipo de plástico, mais conhecido como polímero. Ok, e o que isso significa? Simplesmente que eles não são biodegradáveis, mas sim formados a partir do petróleo - além de serem um pouco mais difíceis de reciclar. Ou seja, não vale a pena utilizá-los!

8. O canudo é substituível, e deixar de utilizá-lo não afeta a sua vida

Você sabia que existe canudo feito de gelatina? É real: já estão sendo apresentadas diversas alternativas para o uso do produto a partir de diferentes materiais. Tem de papel, silicone (sendo ambos os mais encontrados em restaurantes e mercados), metal, bambu, palha, vidro, e até sêmola – um tipo mais consistente de trigo. Sem falar que há opções supercriativas, coloridas e bonitas! Opção é o que não falta para você colabora com essa causa e proteger a sua vida e a vida do meio ambiente!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Comer pão dá gases? Entenda a azia causada pelo alimento

Comer pão dá gases? Entenda a azia causada pelo alimento Comer pão dá gases? Entenda a azia causada pelo alimento

Você sabia que a formação de gases intestinais está diretamente ligada com os nossos hábitos alimentares? Consumir alimentos específicos (como pães e outros...

> Leia mais
Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Muito consumido em alguns países da Ásia, o tempeh (ou tempê) é uma comida originária da Indonésia que funciona como fonte importante de proteínas vegetais....

> Leia mais
Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Em vez de usar o açúcar refinado comum (extraído da cana), você pode recorrer a alternativas mais naturais e nutritivas de adoçantes. O açúcar de beterraba,...

> Leia mais
5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais