7 tipos de farinhas que ajudam no emagrecimento

<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
Opção mais nutritiva: Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
<strong>Opção mais nutritiva:</strong> Algumas das farinhas integrais são ideias para fazer a substituição da farinha de trigo. É possível usar em receitas de pães, bolos e tortas.
Para emagrecer com saúde é preciso maneirar na ingestão de carboidratos e derivados do trigo. Algumas opções de farinhas integrais são ideias para fazer a substituição ficar mais saudável. Elas são bastante práticas, algumas bem baratas e se tornam aliadas perfeitas para o processo da perda de peso, através de uma boa alimentação. Em geral, as farinhas de frutas, legumes e cereais podem ganhar espaço no seu cardápio, pois garantem diversos benefícios à saúde.

O fato é que algumas destas farinhas especiais oferecem vitaminas, minerais, ômega-3 e dão par ao corpo algumas substâncias que diminuem a possibilidade do organismo acumular gordura, mas na realidade são as fibras as principais responsáveis pela colaboração no emagrecimento. Descubra!

Como consumir as farinhas especiais?

Estas farinhas, além de ajudarem no processo de absorção dos nutrientes, ainda dão mais sensação de saciedade e retardam o esvaziamento gástrico. O que significa que você se sente satisfeito com uma quantidade de comida menor comida e pode demorar mais para ter fome outra vez.

Você pode consumir as farinhas de diversas maneiras, elas são extremamente versáteis. Adicione em sucos de frutas, ou em receitas de pães e bolos tradicionais. Consumir com frutas in natura, ou em saladas, sopas, e também diretamente com água.

A dica é ingerir de 2 a 3 colheres (sopa) por dia. Mesmo sendo benéficas, quando consumidas em excesso elas podem prejudicar a absorção de minerais e vitaminas. Outro ponto é que se não forem bem hidratadas as fibras podem causar prisão de ventre. Por tanto, hidrate-se bastante, beba muita água durante a ingestão destas farinhas.

1- Farinha de linhaça


A linhaça é um alimento funcional, nutritiva e capaz de previnir doenças. Há dois tipos de semente, a linhaça marrom e a linhaça dourada. As duas têm os mesmos nutrientes, como ômega-3 e ômega-6, que combatem doenças cardiovasculares, facilitam a circulação sanguínea e colaboram para que não haja retenção de líquidos no corpo.

Esta semente é bastante rica em fibras, capazes de regular o intestino e controlar o diabetes, algumas vitaminas podem ser encontradas, tais como a Vitamina A, E, B1, B6, B12, além de potássio, sódio, magnésio, fósforo, ferro, cobre, zinco, manganês e selênio, que são minerais importantes para o equilibrio do nosso organismo. Ainda traz um composto chamado lignana, que colabora com o equilíbrio hormonal, aliviando os sintomas da TPM, menopausa e atua na prevenção do câncer de mama.

2- Farinha de quinoa

Saborosa, leve e saudável a quinoa é riquíssima em proteínas, minerais e vitaminas B1, B2, B3, D e E, que auxiliam em diversas funções do corpo. Possui grande quantidade de fibras que atuam no aparelho intestinal controlando os níveis de colesterol e glicemia no sangue.

Na composição da quinoa, alimento incluido na dieta dos astronautas da NASA, possui diversos aminoácidos, dentre eles a lisina, uma substância que ajuda a fortalecer a imunidade e está relacionada ao desenvolvimento da inteligência e funções da memória e aprendizado. Além disso, a quinoa tem ação cicatrizante, analgésica e anti-inflamatória.

A farinha de quinoa pode ser utilizada na receita de pães, massas, tortas, biscoitos, mingaus e pudins, com a vantagem de não conter glúten e poder ser consumida por pessoas com hipersensibilidade ao leite e também portadores de doença celíaca, ou seja, que não podem consumir alimentos como cevada, aveia, trigo e centeio.

3 – Farinha de soja preta

Esta farinha é feita com um tipo de versão melhorada da soja tradicional, é rica em isoflavonas e antocianinas, estas substâncias são importantes para combater o colesterol alto e até doenças como o câncer. Este alimento é capaz de tirar a fome, dá mais disposição para o dia a dia e colabora para que as células absorvam 50% menos gordura.

Outro ponto de destaque são as propriedades naturais desta farinha que agem contra os radicais livres, retrocedendo o processo de envelhecimento da pele, previnindo as rugas.

4 – Farinha de feijão branco

O feijão branco é rico em Faseolamina A, uma proteína com propriedades que são capazes de inibir a digestão dos carboidratos e que diminuem a absorção de açúcares pelo nosso organismo, podendo ser considerada uma grande aliada na luta pelo emagrecimento.

Outro benefício do feijão branco é que ele também pode ajudar a prevenir o diabetes e colaborar para o bom funcionamento do intestino, graças a grande quantidade de fibras ele que possui. Não exagere no consumo da farinha de feijão branco, – o ideal é uma colher de chá por dia – já que podem ocorrer efeitos colaterais como diarreia e flatulência.

5 – Farinha de berinjela

Este vegetal é rico em vitaminas A, C e no complexo B, que colaboram para a visão e as defesas do corpo. Além disso, é rico em água, que apresenta pouca gordura. Na casca da berinjela estão substâncias que ajudam a prevenir o câncer.

Na composição da farinha de berinjela é possível encontrar até dez vezes mais fibras que na berinjela in natura. Podendo ser adicionada a caldos, sopas, sucos, vitaminas e iogurtes. Combinada com uma dieta balanceada, duas colheres da farinha de berinjela todos os dias ajudam a secar a barriga.

6 – Farinha de banana verde

A banana verde é muito nutritiva, mais até do que a banana madura. Durante o processo de maturação, a fruta é riquissima em um tipo de amido resistente que não sofre digestão nem absorção e age como se fosse uma fibra solúvel no organismo, inclusive gerando substâncias que são benéficas.

Sendo o sabor da banana verde não muito agradável, uma alternativa para consumir a fruta é em forma de farinha. É possível substituir a farinha de trigo, utilizando a farinha de banana em diversas receitas. Misture com água ou em sucos, iogurtes e frutas em pedaços. A quantidade de consumo recomendada é de cerca de duas colheres de sopa por dia.

7 – Farinha de maracujá

Aquela partezinha branca na casca do maracujá é bastante rica em pectina, que impede a absorção da gordura dos alimentos. Na forma de farinha, cerca de 20% dessa fibra solúvel continua presente e, quando no estômago, se transforma em um gel que diminui a fome.

A quantidade sugerida para o consumo da farinha de maracujá é de uma colher de sopa três vezes ao dia, antes das principais refeições. Pode ser misturada na comida ou em sucos e iogurtes.

Mais noticias com...
Receitas:
Berinjela
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais