7 benefícios do feijão guandu, leguminosa excelente para acrescentar na dieta

Feijão guandu é um tipo de leguminosa nutritiva geralmente cultivada em climas semiáridos - fonte importante de proteínas, fibras, vitaminas A, do complexo B e minerais como cálcio, ferro, potássio e magnésio
Feijão guandu é um tipo de leguminosa nutritiva geralmente cultivada em climas semiáridos - fonte importante de proteínas, fibras, vitaminas A, do complexo B e minerais como cálcio, ferro, potássio e magnésio

Embora não seja tão famoso quanto os feijões carioca, vermelho ou preto, o guandu (ou andu) é um alimento que também faz parte da dieta dos brasileiros - principalmente em regiões semiáridas. De origem africana, esse tipo de feijão é facilmente cultivado em climas secos e solos pouco férteis - geralmente consumido nos estados brasileiros do Nordeste e Centro-Oeste. Para saber que tipo de vegetal é o guandu e quais são seus principais benefícios, nós preparamos uma matéria falando sobre suas propriedades nutricionais e possíveis usos na cozinha. Confira!

Afinal, o que é guandu e quais seus principais benefícios?

O feijão guandu (ou andu) pertence ao grupo das leguminosas, tem um formato arredondado e uma cor que varia entre branco, amarelo e castanho. Esse tipo de feijão também pode ser consumido ainda verde (imaturo) como um tipo de ervilha, sendo usado no preparo de caldos e ensopados. Por ser fonte de diversos nutrientes importantes, ele é essencial para incrementar a dieta de pessoas em locais mais secos, onde o cultivo de outros vegetais tende a ser mais dificultoso. Confira os principais benefícios dessa leguminosa:

1. Feijão guandu tem alto teor de proteínas e fibras

O grande diferencial do feijão andu é que ele fornece uma boa quantidade de proteínas e fibras, nutrientes importantes para a formação dos ossos, músculos, produção de anticorpos e de hormônios indispensáveis para o organismo. Por ser um tipo de proteína vegetal, o guandu também é muito indicado para a dieta de veganos e vegetarianos.

2. Fornece grande quantidade de vitamina A

Fonte de vitamina A (importante antioxidante), o feijão guandu é considerado um grande aliado para a saúde da visão - ajuda a prevenir degeneração macular e problemas na córnea, por exemplo. Além disso, essa vitamina fortalece a imunidade, combate o envelhecimento precoce e faz bem para os sistemas nervoso e cardiovascular.

3. É rico em cálcio, fósforo, potássio, magnésio e outros minerais importantes

Além de ser fonte de fibras, proteínas e vitaminas importantes, o andu é rico em diversos sais minerais: cálcio, fósforo, potássio, magnésio, ferro e zinco. Por conta disso, ele é fundamental para a saúde dos ossos, músculos, do cérebro e ajuda a manter o sistema circulatório em bom funcionamento.

4. Ajuda a prevenir anemia e faz bem para o coração

Por ser considerado um boa fonte de ferro, o feijão andu é ótimo para prevenir anemia e garantir um bom funcionamento das células - levando em conta que o mineral é responsável pelo transporte de oxigênio na corrente sanguínea.

5. É fonte de vitaminas do complexo B

O feijão guandu também se destaca por ser fonte de diferentes vitaminas do complexo B - nutrientes importantes para a formação e bom funcionamento do sistema nervoso, das funções cognitivas e saúde do cérebro. Além disso, essas vitaminas são importantes para o funcionamento das enzimas e ajudam a garantir equilíbrio hormonal.

6. Fortalece o sistema imunológico e faz bem para a saúde da pele

Por ser fonte de vitaminas A, B, fibras e diferentes agentes antioxidantes, o guandu é considerado um grande aliado do sistema de defesa do corpo - ajuda a produzir anticorpos e fortalece o organismo contra gripes e resfriados, por exemplo. Além disso, as substâncias antioxidantes presentes na leguminosa atuam combatendo os radicais livres, protegendo a pele e os cabelos contra o envelhecimento.

7. Ajuda no controle do índice glicêmico

Muito indicado para a alimentação de diabéticos, o feijão andu contém fibras alimentares que ajudam no controle do índice glicêmico - isto é, servem para regular os níveis de glicose no sangue. Além disso, essa leguminosa ajuda a controlar o colesterol, garante mais saciedade e auxilia no processo de digestão.

Como consumir feijão guandu no dia a dia?

É possível servir feijão guandu cozido com diferentes temperos (sal, pimenta e folha de louro, por exemplo) ou até mesmo em saladas com cebola, tomate, pimentão, coentro, azeite e diversas especiarias. Para variar no preparo, outra dica interessante é apostar em receitas de sopas e caldos feitos com esse feijão e diferentes legumes. Vale a pena experimentar!

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais