6 bons exercícios para crianças e com que idade elas podem começar a praticá-los

Exercícios como balé são bons para desenvolver disciplina e coordenação motora nas crianças
Exercícios como balé são bons para desenvolver disciplina e coordenação motora nas crianças

Praticar exercício físico desde a infância é algo fundamental para criar disciplina e manter um estilo de vida saudável. Mas sabia que nem todas as atividades são indicadas para as crianças? A musculação, por exemplo, só é recomendada para as mais velhas (com mais de 10 anos) e deve ser feita com o devido acompanhamento, de forma moderada. Então, para que você crie uma rotina saudável e dinâmica para os seus filhos, nós listamos 6 bons exercícios para o público infantil. Confira!

1. Natação ajuda a desenvolver disciplina e melhora problemas de respiração

Que tal inscrever o seu filho em aulas de natação? Esse esporte é ótimo para desenvolver disciplina, determinação, melhora o condicionamento físico e a resistência pulmonar. Por isso, inclusive, a natação é muito indicada para crianças que sofrem com problemas de respiração, como asma. A melhor parte é que, a partir dos 6 meses de idade, os bebês já podem começar a frequentar aulas na piscina. Interessante, né?

2. Dança ajuda a relaxar e a desenvolver a coordenação motora das crianças

Para que a criança tenha um estilo de vida saudável, outra dica interessante é recorrer a aulas de dança - balé, jazz, hip hop, contemporâneo ou sapateado, por exemplo, que são opções bem divertidas. A dança, para quem não sabe, é importante tanto para a saúde física quanto mental: ajuda a relaxar, a desenvolver a coordenação motora, a concentração e até mesmo a memória (levando em conta que é necessário decorar as coreografias). A boa notícia é que, quanto antes a criança começar a dançar, melhor será para o seu desenvolvimento. Existem aulas de balé clássico, por exemplo, para crianças a partir de 3 anos. Vale super a pena!

3. Artes marciais fazem bem para crianças hiperativas e ajudam a criar disciplina

Outra dica interessante é inscrever o seu filho em alguma aula de artes marciais, como judô, karatê, jiu-jitsu, boxe ou até mesmo capoeira. Essas lutas, ao contrário do que parece, ajudam a diminuir a agressividade e hiperatividade em crianças, sendo ótimas para criar disciplina. Assim como as aulas de dança, as de luta também são indicadas para crianças de todas as idades. Muitos mestres de capoeira, por exemplo, dão aulas para crianças a partir de 2 anos.

4. Atividades aeróbicas, como pular corda e andar de bicicleta, são fundamentais para a diversão e desenvolvimento das crianças

Além de praticar um tipo de exercício específico (como dança ou luta), é muito importante que a criança tenha o hábito de fazer atividades aeróbicas simples no dia a dia, como correr, pular corda e andar de bicicleta. Caso o seu filho não goste de praticar esporte, em especial, o mais indicado é inventar brincadeiras dinâmicas para que ele consiga se exercitar no dia a dia.

As atividades aeróbicas ajudam a gastar energia, são bem divertidas (fazem bem para a saúde emocional) e contribuem para o desenvolvimento das crianças. Essas atividades podem ser introduzidas na rotina da criança desde cedo - a partir dos 2 anos, por exemplo.

5. Yoga ajuda a trazer equilíbrio e melhora a concentração das crianças

Você sabia que as crianças também podem praticar yoga? Essa atividade, inclusive, é ótima para tratar problemas relacionados à hiperatividade e ansiedade. Ela ajuda a trazer equilíbrio, melhora o nível de concentração das crianças e ensina valores importantes (como a prática do autocuidado). Crianças que praticam yoga desde cedo costumam ser mais disciplinadas, tranquilas e mais bem dispostas - levando em conta que essa atividade também melhora o preparo físico e a respiração. Assim como os outros exercícios, a yoga não tem limite de idade, sendo geralmente indicada para crianças a partir dos 4 anos de idade.

6. Esportes coletivos, como futebol ou voleibol, auxiliam no processo de socialização e aprendizado das crianças

Praticar esportes coletivos também pode ser uma boa estratégia para melhorar o processo de desenvolvimento das crianças. Eles ajudam a criar disciplina, senso de coletividade (levando em conta que cada indivíduo cumpre seu papel dentro da equipe) e é ótimo para estimular a socialização e o aprendizado. As crianças podem começar a praticar futebol e vôlei, por exemplo, desde bem cedo - a partir dos 3 ou 4 anos.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista

Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista

Comida congelada e saudável existe e pode ser muito bem aproveitada no dia-a-dia! Apesar dos mitos a respeito dos produtos conservados no freezer, é fato que...

> Leia mais
Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa

Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa

Suco de limão é aquela opção refrescante para quem quer hidratar o corpo e garantir boas doses de energia para o organismo! No verão e em qualquer outra...

> Leia mais
Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Quer dar uma diferenciada no cardápio no fim de semana? A comida mediterrânea é uma opção saudável para curtir uma noite de receitas estrangeiras com a...

> Leia mais
Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Dentre os vegetais, a lista de benefícios do brócolis é uma das mais extensas! O legume é supernutritivo e oferece muita versatilidade para as refeições...

> Leia mais
Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Você já deve ter ouvido falar que suco de caixinha faz mal, não é? Assim como diversos produtos vendidos no mercado e consumidos na rotina alimentar, existem...

> Leia mais
Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Ter lanches saudáveis na bolsa é sempre uma boa ideia para quem quer curtir um dia ensolarado com toda a família na praia. Além de ser mais econômica, essa é...

> Leia mais
Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Você sabe quais os benefícios da maçã? E no caso da maçã desidratada, o que você sabe sobre o alimento? A primeira coisa a se dizer é que as frutas...

> Leia mais
Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável? Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Entre óleo de coco e azeite, qual você prefere? É possível que você já tenha se perguntado qual o óleo mais saudável, pois essa questão é bem comum para quem...

> Leia mais
Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde

Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde

Também chamado de oxicoco, mirtilo-vermelho ou airela, o cranberry é uma fruta vermelha, pequena e redonda, de sabor agridoce que se destaca por ter um alto...

> Leia mais
Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável

Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável

Quer preparar um petisco saudável para servir em eventos ou receber os amigos em casa? O bolinho de espinafre é a receita perfeita para quem gosta de...

> Leia mais