5 tipos de maracujá e suas diferenças físicas e nutricionais

O maracujá-roxo é um dos tipos da fruta que podem ser consumidos in natura e possuem uma grande quantidade de vitamina C, cálcio, ferro, potássio, antioxidantes e fibras
O maracujá-roxo é um dos tipos da fruta que podem ser consumidos in natura e possuem uma grande quantidade de vitamina C, cálcio, ferro, potássio, antioxidantes e fibras

Você sabia que existem vários tipos de maracujá? Além da espécie com formato redondo e coloração amarelada, muito comum no Brasil, há diversas variações da fruta que costumam reunir características físicas e nutricionais diferentes do que estamos acostumados. O maracujá-roxo, por exemplo, popular em países europeus e conhecido pela cor roxa de sua casca, é uma variedade menos ácida que pode ser consumida in natura. Quer conhecer quais são os principais tipos de maracujá e entender o que os diferencia? Dá uma olhada nas 5 variações dessa fruta cítrica que a gente separou nessa matéria!

1. Maracujá-amarelo (ou Passiflora edulis) é o mais popular de todos os tipos

Popular no Brasil e no mundo, o maracujá-amarelo é a variação mais conhecida de todos os tipos da fruta. Ele é redondo, tipicamente azedo e, graças ao seu sabor, costuma ser usado em receitas de doces, sorvetes, geleias e sucos. Além disso, possui propriedades medicinais que são conhecidas por terem uma característica marcante em todas as variações da fruta: o clássico efeito calmante do maracujá. E, embora seja bastante famoso por isso, a fruta cítrica também é rica em antioxidantes, fibras, vitamina A e minerais, como cálcio, ferro e magnésio.

2. Maracujá-roxo é menos ácido e contém vitamina C, minerais e antioxidantes

Conhecido pela cor da sua casca, o maracujá-roxo é uma variação menor que o amarelo e não possui tanta acidez quanto o tipo mais comum que nós conhecemos. Embora tenha se tornado popular em alguns países europeus, como na Holanda e na Bélgica, a fruta costuma ser cultivada em locais de clima subtropical, como no Sul do Brasil. Vale ressaltar também que a casca roxa não é a sua principal característica: além de ser consumido in natura (diferente de outras variações), o maracujá-roxo é uma excelente fonte de vitamina C, cálcio, ferro e potássio. Também contém antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres do organismo e, assim como o amarelo, possui uma boa quantidade de fibras.

3. Maracujá-doce tem o sabor adocicado, também é consumido in natura e contém vitaminas A e C, minerais e flavonoides

Com o formato e o tamanho de um mamão papaia, o maracujá-doce é uma variação exótica que costuma ser conhecida devido ao seu sabor adocicado. Muitas pessoas, inclusive, têm o hábito de comê-lo da mesma forma que o mamão - de colher! Ele possui a casca mais lisa que todos os outros tipos, funciona muito bem em receitas de sobremesas - como tortas, bolos e mousses - e também é dono de propriedades incríveis. Sua polpa, por exemplo, contém fósforo, potássio, cálcio, zinco e ferro, é rica em vitaminas A e C e também é fonte de flavonoides - um antioxidante muito comum na uva e na maçã.

4. Maracujá-açu pode ser encontrado na região Norte do país e é rico em diversas propriedades nutritivas

O maracujá-açu, também conhecido como granadilho gigante, granadina ou badea é a maior variação de todos os tipos da fruta. Ele tem a casca amarela-esverdeada, possui o sabor adocicado e pode pesar até 3 kg, ao contrário do maracujá-amarelo que tem o peso médio de 160 g. Por ser encontrado principalmente na região Norte do Brasil, o maracujá-açu não é tão comum quanto outras variedades, mas ainda assim possui nutrientes importantes, como a grande quantidade de fibras, as vitaminas A e C, os sais minerais como cálcio, ferro e sódio e as propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e digestivas.

5. Maracujá-maçã tem a casca resistente, funciona como calmante natural e possui outras propriedades

Parecido com uma maçã verde em coloração e formato, o maracujá-maçã também é uma variação doce e exótica da fruta. Ele é abundantemente rico em fibras que ajudam na digestão do organismo, possui vitaminas A, C e do complexo B em sua composição e funciona como um ótimo calmante natural (principalmente quando se trata da bebida da fruta). Graças à sua casca super-resistente, esse tipo de maracujá também é conhecido como "maracujá-de-osso". Já quanto ao sabor, tende a ser adocicado e bem menos ácido que o tipo amarelo.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Quer dar uma diferenciada no cardápio no fim de semana? A comida mediterrânea é uma opção saudável para curtir uma noite de receitas estrangeiras com a...

> Leia mais
Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Dentre os vegetais, a lista de benefícios do brócolis é uma das mais extensas! O legume é supernutritivo e oferece muita versatilidade para as refeições...

> Leia mais
Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Você já deve ter ouvido falar que suco de caixinha faz mal, não é? Assim como diversos produtos vendidos no mercado e consumidos na rotina alimentar, existem...

> Leia mais
Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Ter lanches saudáveis na bolsa é sempre uma boa ideia para quem quer curtir um dia ensolarado com toda a família na praia. Além de ser mais econômica, essa é...

> Leia mais
Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Você sabe quais os benefícios da maçã? E no caso da maçã desidratada, o que você sabe sobre o alimento? A primeira coisa a se dizer é que as frutas...

> Leia mais
Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável? Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Entre óleo de coco e azeite, qual você prefere? É possível que você já tenha se perguntado qual o óleo mais saudável, pois essa questão é bem comum para quem...

> Leia mais
Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde

Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde

Também chamado de oxicoco, mirtilo-vermelho ou airela, o cranberry é uma fruta vermelha, pequena e redonda, de sabor agridoce que se destaca por ter um alto...

> Leia mais
Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável

Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável

Quer preparar um petisco saudável para servir em eventos ou receber os amigos em casa? O bolinho de espinafre é a receita perfeita para quem gosta de...

> Leia mais
Ovo pochê: aproveite os nutrientes do ovo com essa receita saudável

Ovo pochê: aproveite os nutrientes do ovo com essa receita saudável Ovo pochê: aproveite os nutrientes do ovo com essa receita saudável

O ovo pochê é um clássico da culinária francesa. Ele é cozido fora da casca em água quente, resultando em uma gema mole bem levinha. Além de delicioso, o ovo...

> Leia mais
Alimentos ricos em vitamina C: 10 opções para consumir diariamente

Alimentos ricos em vitamina C: 10 opções para consumir diariamente Alimentos ricos em vitamina C: 10 opções para consumir diariamente

Montar um cardápio semanal com alimentos ricos em vitamina C é essencial para fortalecer a imunidade. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde),...

> Leia mais