5 exercícios para tendinite que vão ajudar a aliviar ou mesmo prevenir a dor

Para prevenir tendinite, você deve fazer exercícios de alongamento: enrelace os dedos, estique os braços para o alto e se espreguice bem
Para prevenir tendinite, você deve fazer exercícios de alongamento: enrelace os dedos, estique os braços para o alto e se espreguice bem

Quando fazemos movimentos ou esforços repetitivos (com os braços, pernas ou punhos, por exemplo) os tendões podem sofrer algum tipo de inflamação, resultando na tendinite. O problema é que, caso não seja tratada, essa inflamação pode se tornar crônica, provocando dores mais acentuadas e inchaços por um longo período. Para te ajudar a tratar e a evitar esse tipo de problema, nós separamos 5 exercícios para fazer no dia a dia que ajudam a fortalecer os tendões e prevenir - ou aliviar - a dor da tendinite. Confira!

1. Faça alongamentos nos braços

Caso você trabalhe sentado de frente para o computador, é muito importante fazer algumas pausas para alongar os braços e os punhos. Na maioria das vezes, o uso intensivo do mouse e do teclado (que propõe movimentos repetitivos) é um grande causador da tendinite. Para prevenir isso, é necessário fazer uma pausa, pelo menos a cada hora, para alongar bem o corpo.

Comece ficando de pé, cruze os dedos das mãos e estique ao máximo os braços para a frente com as palmas viradas para fora. Em seguida, alongue os braços na frente do peito - use a mão esquerda para puxar o braço direito e vice-versa. Depois, levante o braço direito, dobre o cotovelo e coloque a palma da mão nas costas. Com a mão esquerda, segure depois do cotovelo para, assim, esticar bem os tendões. Faça o mesmo com o outro braço e prontinho! Você também pode entrelaçar os dedos, levantar os braços e se espreguiçar para aliviar a tensão - também ajuda bastante!

2. Descanse os punhos e faça movimentos rotatórios

Além de alongar bem os braços, também é importante fazer uns exercícios específicos com os punhos. Para começar, uma boa dica é apoiar o antebraço em uma mesa e, então, deixar a mão para fora, com a palma virada para o chão. Depois, movimente a mão para cima e para baixo. Em seguida, comece a abrir e fechar os dedos e, depois, faça movimentos giratórios com os punhos. Outra dica interessante é apertar uma bolinha de borracha com os dedos para ir fortalecendo a musculatura.

3. Alongue as pernas antes e depois do exercício físico

Quem pratica muito exercício físico, realizando movimentos repetitivos, também pode correr o risco de contrair uma tendinite nos tendões da coxa ou até do glúteo. Para prevenir isso, é muito importante fazer um bom alongamento antes e depois do treino.

Para começar, fique de pé, afaste os pés e, então, tente encostar com os dedos das mãos no chão. Em seguida, ainda com os pés afastados, tente encostar com os dedos apenas no pé direito e, depois, nos do esquerdo. Depois, fique com a coluna reta novamente, dobre uma das pernas para trás e segure com a mão por 1 minuto. Faça o mesmo com a outra perna. Depois, levante o joelho em direção ao peito e abrace a perna com os braços (não se esqueça de fazer nos dois lados). Assim, você consegue alongar bem a coxa.

4. Faça alongamentos giratórios de ombro e pescoço

Você sabia que uma tendinite de braço - quando não bem tratada - pode causar dores no pescoço? Por isso, também é importante que você alongue a cabeça e os ombros, mantendo todos os tendões fortalecidos. Para começar, faça movimentos giratórios com os ombros. Em seguida, baixe a cabeça (aproximando o queixo do peito) e, então, coloque as mãos na nuca para pressionar levemente.

Depois, você deve alongar as laterais do pescoço: coloque a mão direita no topo da cabeça e, então, puxe levemente para a direita - de modo que a cabeça fique levemente inclinada para o lado. Faça o mesmo procedimento para o lado esquerdo. Para finalizar, faça movimentos giratórios com o pescoço e prontinho! Fazendo esses exercícios todos os dias, pode apostar que fica mais fácil prevenir a tendinite e outros problemas relacionados aos músculos e tendões.

5. Exercícios fisioterapêuticos e de musculação são ideais para tratar o problema

Para amenizar a dor e diminuir o foco da inflamação, também é fundamental fazer fisioterapia com um profissional da área. O tratamento fisioterapêutico ajuda a fortalecer os músculos e desinflamar o tendão a longo prazo, propondo uma recuperação mais rápida do problema. Além disso, exercícios de musculação - que devem ser feitos de acordo com a recomendação médica - também são importantes nesse processo de tratar a tendinite. No entanto, tome cuidado para não cometer erros nos exercícios e, assim, acabar intensificando o problema, ok? É bom destacar também que ter os músculos fortalecidos ajuda a evitar a dor da tendinite, então seguindo todas as recomendações dificilmente você irá sofrer com o incômodo!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Muito consumido em alguns países da Ásia, o tempeh (ou tempê) é uma comida originária da Indonésia que funciona como fonte importante de proteínas vegetais....

> Leia mais
Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Em vez de usar o açúcar refinado comum (extraído da cana), você pode recorrer a alternativas mais naturais e nutritivas de adoçantes. O açúcar de beterraba,...

> Leia mais
5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais