5 exercícios para tendinite que vão ajudar a aliviar ou mesmo prevenir a dor

Para prevenir tendinite, você deve fazer exercícios de alongamento: enrelace os dedos, estique os braços para o alto e se espreguice bem
Para prevenir tendinite, você deve fazer exercícios de alongamento: enrelace os dedos, estique os braços para o alto e se espreguice bem

Quando fazemos movimentos ou esforços repetitivos (com os braços, pernas ou punhos, por exemplo) os tendões podem sofrer algum tipo de inflamação, resultando na tendinite. O problema é que, caso não seja tratada, essa inflamação pode se tornar crônica, provocando dores mais acentuadas e inchaços por um longo período. Para te ajudar a tratar e a evitar esse tipo de problema, nós separamos 5 exercícios para fazer no dia a dia que ajudam a fortalecer os tendões e prevenir - ou aliviar - a dor da tendinite. Confira!

1. Faça alongamentos nos braços

Caso você trabalhe sentado de frente para o computador, é muito importante fazer algumas pausas para alongar os braços e os punhos. Na maioria das vezes, o uso intensivo do mouse e do teclado (que propõe movimentos repetitivos) é um grande causador da tendinite. Para prevenir isso, é necessário fazer uma pausa, pelo menos a cada hora, para alongar bem o corpo.

Comece ficando de pé, cruze os dedos das mãos e estique ao máximo os braços para a frente com as palmas viradas para fora. Em seguida, alongue os braços na frente do peito - use a mão esquerda para puxar o braço direito e vice-versa. Depois, levante o braço direito, dobre o cotovelo e coloque a palma da mão nas costas. Com a mão esquerda, segure depois do cotovelo para, assim, esticar bem os tendões. Faça o mesmo com o outro braço e prontinho! Você também pode entrelaçar os dedos, levantar os braços e se espreguiçar para aliviar a tensão - também ajuda bastante!

2. Descanse os punhos e faça movimentos rotatórios

Além de alongar bem os braços, também é importante fazer uns exercícios específicos com os punhos. Para começar, uma boa dica é apoiar o antebraço em uma mesa e, então, deixar a mão para fora, com a palma virada para o chão. Depois, movimente a mão para cima e para baixo. Em seguida, comece a abrir e fechar os dedos e, depois, faça movimentos giratórios com os punhos. Outra dica interessante é apertar uma bolinha de borracha com os dedos para ir fortalecendo a musculatura.

3. Alongue as pernas antes e depois do exercício físico

Quem pratica muito exercício físico, realizando movimentos repetitivos, também pode correr o risco de contrair uma tendinite nos tendões da coxa ou até do glúteo. Para prevenir isso, é muito importante fazer um bom alongamento antes e depois do treino.

Para começar, fique de pé, afaste os pés e, então, tente encostar com os dedos das mãos no chão. Em seguida, ainda com os pés afastados, tente encostar com os dedos apenas no pé direito e, depois, nos do esquerdo. Depois, fique com a coluna reta novamente, dobre uma das pernas para trás e segure com a mão por 1 minuto. Faça o mesmo com a outra perna. Depois, levante o joelho em direção ao peito e abrace a perna com os braços (não se esqueça de fazer nos dois lados). Assim, você consegue alongar bem a coxa.

4. Faça alongamentos giratórios de ombro e pescoço

Você sabia que uma tendinite de braço - quando não bem tratada - pode causar dores no pescoço? Por isso, também é importante que você alongue a cabeça e os ombros, mantendo todos os tendões fortalecidos. Para começar, faça movimentos giratórios com os ombros. Em seguida, baixe a cabeça (aproximando o queixo do peito) e, então, coloque as mãos na nuca para pressionar levemente.

Depois, você deve alongar as laterais do pescoço: coloque a mão direita no topo da cabeça e, então, puxe levemente para a direita - de modo que a cabeça fique levemente inclinada para o lado. Faça o mesmo procedimento para o lado esquerdo. Para finalizar, faça movimentos giratórios com o pescoço e prontinho! Fazendo esses exercícios todos os dias, pode apostar que fica mais fácil prevenir a tendinite e outros problemas relacionados aos músculos e tendões.

5. Exercícios fisioterapêuticos e de musculação são ideais para tratar o problema

Para amenizar a dor e diminuir o foco da inflamação, também é fundamental fazer fisioterapia com um profissional da área. O tratamento fisioterapêutico ajuda a fortalecer os músculos e desinflamar o tendão a longo prazo, propondo uma recuperação mais rápida do problema. Além disso, exercícios de musculação - que devem ser feitos de acordo com a recomendação médica - também são importantes nesse processo de tratar a tendinite. No entanto, tome cuidado para não cometer erros nos exercícios e, assim, acabar intensificando o problema, ok? É bom destacar também que ter os músculos fortalecidos ajuda a evitar a dor da tendinite, então seguindo todas as recomendações dificilmente você irá sofrer com o incômodo!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como aumentar o HDL, o famoso 'bom colesterol'

Como aumentar o HDL, o famoso 'bom colesterol' Como aumentar o HDL, o famoso 'bom colesterol'

A ideia de que o colesterol é gatilho para complicações cardiovasculares é muito recorrente, mas isto é apenas parcialmente verídico. Esta substância é...

> Leia mais
Os tipos de kiwi e as vantagens de cada um

Os tipos de kiwi e as vantagens de cada um Os tipos de kiwi e as vantagens de cada um

O kiwi é uma fruta muito rica em vitaminas e bastante saborosa, sendo capaz de trazer os mais diversos benefícios para a saúde de quem a consome...

> Leia mais
Como fazer alongamento iliopsoas e quais seus benefícios para o corpo

Como fazer alongamento iliopsoas e quais seus benefícios para o corpo Como fazer alongamento iliopsoas e quais seus benefícios para o corpo

Alongar músculos específicos do corpo, muitas vezes, é importante para tratar dores pontuais e evitar lesões ou distensões a longo prazo. O iliopsoas, para...

> Leia mais
6 opções de café da manhã nordestino que são deliciosas e nutritivas

6 opções de café da manhã nordestino que são deliciosas e nutritivas 6 opções de café da manhã nordestino que são deliciosas e nutritivas

A culinária nordestina é uma das mais ricas e apreciadas do Brasil, e com razão: os quitutes da região Nordeste possuem um sabor único, com direito a muito...

> Leia mais
O que não pode comer no resguardo de cesárea? Nutricionista tira a dúvida

O que não pode comer no resguardo de cesárea? Nutricionista tira a dúvida O que não pode comer no resguardo de cesárea? Nutricionista tira a dúvida

Tomar cuidados com a alimentação durante e após a gravidez é importante tanto para a saúde da mãe quanto do bebê. O puerpério, para quem não sabe, é um...

> Leia mais
Suco de beterraba com laranja, cenoura e mais! As receitas de bebidas com a raiz

Suco de beterraba com laranja, cenoura e mais! As receitas de bebidas com a raiz Suco de beterraba com laranja, cenoura e mais! As receitas de bebidas com a raiz

Usar raízes, tubérculos e diferentes hortaliças no preparo de sucos e smoothies pode trazer uma série de benefícios para o organismo. A beterraba, em...

> Leia mais
O que é mexilhão? Conheça os benefícios do seu consumo

O que é mexilhão? Conheça os benefícios do seu consumo O que é mexilhão? Conheça os benefícios do seu consumo

Frutos do mar são ótima fonte de vitaminas, minerais e proteínas de baixo teor calórico, figurando entre as opções mais saudáveis de qualquer cardápio....

> Leia mais
As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras

As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras

Você sabia que existem diferentes tipos de laranja que variam, principalmente, em termos de sabor e textura? A laranja-bahia, por exemplo, é uma alternativa...

> Leia mais
Como evitar o aquecimento global através da alimentação

Como evitar o aquecimento global através da alimentação Como evitar o aquecimento global através da alimentação

Você sabia que é possível combater o aquecimento global através de pequenas atitudes no dia a dia? Mudar hábitos alimentares, de consumo e estilo de vida é...

> Leia mais
O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis

O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis

O excesso de acúmulo de gordura no corpo pode ser prejudicial para o organismo como um todo, acarretando em doenças do coração, por exemplo. A gordura...

> Leia mais