5 exercícios para tendinite que vão ajudar a aliviar ou mesmo prevenir a dor

Para prevenir tendinite, você deve fazer exercícios de alongamento: enrelace os dedos, estique os braços para o alto e se espreguice bem
Para prevenir tendinite, você deve fazer exercícios de alongamento: enrelace os dedos, estique os braços para o alto e se espreguice bem

Quando fazemos movimentos ou esforços repetitivos (com os braços, pernas ou punhos, por exemplo) os tendões podem sofrer algum tipo de inflamação, resultando na tendinite. O problema é que, caso não seja tratada, essa inflamação pode se tornar crônica, provocando dores mais acentuadas e inchaços por um longo período. Para te ajudar a tratar e a evitar esse tipo de problema, nós separamos 5 exercícios para fazer no dia a dia que ajudam a fortalecer os tendões e prevenir - ou aliviar - a dor da tendinite. Confira!

1. Faça alongamentos nos braços

Caso você trabalhe sentado de frente para o computador, é muito importante fazer algumas pausas para alongar os braços e os punhos. Na maioria das vezes, o uso intensivo do mouse e do teclado (que propõe movimentos repetitivos) é um grande causador da tendinite. Para prevenir isso, é necessário fazer uma pausa, pelo menos a cada hora, para alongar bem o corpo.

Comece ficando de pé, cruze os dedos das mãos e estique ao máximo os braços para a frente com as palmas viradas para fora. Em seguida, alongue os braços na frente do peito - use a mão esquerda para puxar o braço direito e vice-versa. Depois, levante o braço direito, dobre o cotovelo e coloque a palma da mão nas costas. Com a mão esquerda, segure depois do cotovelo para, assim, esticar bem os tendões. Faça o mesmo com o outro braço e prontinho! Você também pode entrelaçar os dedos, levantar os braços e se espreguiçar para aliviar a tensão - também ajuda bastante!

2. Descanse os punhos e faça movimentos rotatórios

Além de alongar bem os braços, também é importante fazer uns exercícios específicos com os punhos. Para começar, uma boa dica é apoiar o antebraço em uma mesa e, então, deixar a mão para fora, com a palma virada para o chão. Depois, movimente a mão para cima e para baixo. Em seguida, comece a abrir e fechar os dedos e, depois, faça movimentos giratórios com os punhos. Outra dica interessante é apertar uma bolinha de borracha com os dedos para ir fortalecendo a musculatura.

3. Alongue as pernas antes e depois do exercício físico

Quem pratica muito exercício físico, realizando movimentos repetitivos, também pode correr o risco de contrair uma tendinite nos tendões da coxa ou até do glúteo. Para prevenir isso, é muito importante fazer um bom alongamento antes e depois do treino.

Para começar, fique de pé, afaste os pés e, então, tente encostar com os dedos das mãos no chão. Em seguida, ainda com os pés afastados, tente encostar com os dedos apenas no pé direito e, depois, nos do esquerdo. Depois, fique com a coluna reta novamente, dobre uma das pernas para trás e segure com a mão por 1 minuto. Faça o mesmo com a outra perna. Depois, levante o joelho em direção ao peito e abrace a perna com os braços (não se esqueça de fazer nos dois lados). Assim, você consegue alongar bem a coxa.

4. Faça alongamentos giratórios de ombro e pescoço

Você sabia que uma tendinite de braço - quando não bem tratada - pode causar dores no pescoço? Por isso, também é importante que você alongue a cabeça e os ombros, mantendo todos os tendões fortalecidos. Para começar, faça movimentos giratórios com os ombros. Em seguida, baixe a cabeça (aproximando o queixo do peito) e, então, coloque as mãos na nuca para pressionar levemente.

Depois, você deve alongar as laterais do pescoço: coloque a mão direita no topo da cabeça e, então, puxe levemente para a direita - de modo que a cabeça fique levemente inclinada para o lado. Faça o mesmo procedimento para o lado esquerdo. Para finalizar, faça movimentos giratórios com o pescoço e prontinho! Fazendo esses exercícios todos os dias, pode apostar que fica mais fácil prevenir a tendinite e outros problemas relacionados aos músculos e tendões.

5. Exercícios fisioterapêuticos e de musculação são ideais para tratar o problema

Para amenizar a dor e diminuir o foco da inflamação, também é fundamental fazer fisioterapia com um profissional da área. O tratamento fisioterapêutico ajuda a fortalecer os músculos e desinflamar o tendão a longo prazo, propondo uma recuperação mais rápida do problema. Além disso, exercícios de musculação - que devem ser feitos de acordo com a recomendação médica - também são importantes nesse processo de tratar a tendinite. No entanto, tome cuidado para não cometer erros nos exercícios e, assim, acabar intensificando o problema, ok? É bom destacar também que ter os músculos fortalecidos ajuda a evitar a dor da tendinite, então seguindo todas as recomendações dificilmente você irá sofrer com o incômodo!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais