5 alimentos com muito sódio que devem ser consumidos com cautela

O pão francês é um dos alimentos que precisa ser consumido com moderação por ter muito sódio em sua composição
O pão francês é um dos alimentos que precisa ser consumido com moderação por ter muito sódio em sua composição

Produto recomendado

Pão de forma integral castanha e quinoa Taeq 400g

Pão de forma integral castanha e quinoa Taeq 400g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Assim como os demais minerais, o sódio conta com uma série de benefícios para a saúde - como aumento da energia, fortalecimento dos músculos e até um maior equilíbrio no ritmo cardíaco. No entanto, ele é o tipo de substância polêmica, que precisa ser consumida com bastante cautela para que não acabe trazendo efeitos negativos para o organismo. O motivo? É que, em excesso, a substância pode ter um efeito reverso e causar de hipertensão a complicações no sistema cardiovascular, ossos e rins.

Então, para te ajudar a aproveitar apenas as vantagens do sódio, preparamos uma lista com alimentos que devem ser consumidos com cautela porque possuem o mineral em excesso na sua composição. Confira!

1. Queijo parmesão possui sódio em 20% de sua composição

De origem italiana e sabor com um leve toque picante, o queijo parmesão é muito usado para acompanhar massas - principalmente na versão ralada. No entanto, esse ingrediente delicioso deve ser consumido com bastante moderação pela quantidade de sódio que possui em sua composição. Para você ter uma ideia, em apenas 30 gramas, estima-se 20% do mineral.

2. Carnes processadas possuem aditivos químicos

As carnes processadas são aquelas que passam por algum processo de modificação para que seu sabor seja alterado e o tempo de vida prolongado - como ocorre, por exemplo, com o presunto, a mortadela e a salsicha (que tem, em média, 1030mg de sódio a cada 100g do alimento).

Por causa da adição de componentes químicos que podem aumentar os riscos de câncer, já é recomendado que essas carnes sejam consumidas moderadamente e que sempre se verifique se elas têm o selo da fiscalização. Mas, além desses detalhes, a grande concentração de sódio também aparece como um agravante para que o consumo seja feito sem exageros!

3. Temperos prontos, especialmente os de tomate, possuem alto teor de sódio

Indispensáveis em algumas refeições, os temperos prontos também são ricos em sódio. Os usados para deixar o arroz com um gostinho a mais, por exemplo, têm em média 1645mg de sódio em apenas 5g, enquanto o de tomate - muito utilizado para acompanhar massas - tem, em média, 2000mg por lata.

Sabendo disso, já dá para imaginar que temperos naturais e saudáveis, livre de conservantes e demais componentes químicos, são sempre a melhor opção. No entanto, isso não significa que os que já vêm prontos precisam ser banidos de vez do cardápio: só é muito importante moderar o consumo semanal para não prejudicar o organismo.

4. Enlatados além de sódio podem ter níquel

Por mais que sejam uma alternativa para quem precisa de rapidez na cozinha, o excesso de enlatados também não é recomendado para quem quer ficar bem longe dos riscos causados pelo sódio. Ainda que existam opções com uma menor quantidade do mineral e com mais proteínas - como é o caso do atum natural light -, é importante fugir dos exageros para que o corpo não sofra com as consequências.

Além disso, vale lembrar que a presença sódio não é o único problema dos enlatados. Eles passam por um processo que reduz consideravelmente seu valor nutricional e ainda correm risco de exposição ao níquel - um composto tóxico que pode causar efeitos nocivos se for absorvido em grande quantidade.

5. Pão francês pode ter mais sódio que o recomendado pela Anvisa

Com 467mg de sódio em 100 gramas, o pão francês também faz parte da lista de alerta. Em 2012, com o objetivo de tentar amenizar o problema nesse alimento tão consumido pela população, a Anvisa até lançou o "Guia de Boas Práticas Nutricionais para o Pão Francês" - que tinha a função de fazer com que as padarias passassem a preparar um pão com uma porcentagem menor do mineral.

Mas, como não é sempre que a recomendação é seguida, fica a dica de reduzir o consumo e alternar o pão francês com opções mais saudáveis - como o integral ou o multigrãos, por exemplo.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais