4 doenças causadas pela falta de vitamina D e onde encontrar o nutriente

Para garantir que o organismo não fique com falta de vitamina D, é muito importante tomar sol com frequência (ao menos três vezes por semana)
Para garantir que o organismo não fique com falta de vitamina D, é muito importante tomar sol com frequência (ao menos três vezes por semana)

A ausência de alguns nutrientes no organismo pode acarretar em diversos problemas de saúde, sabia? Um exemplo bem conhecido, inclusive, é o da anemia, doença causada pela falta de ferro. O que muita gente não sabe, no entanto, é que a ausência de vitamina D também pode ser responsável por diversos problemas - relacionados à resistência dos ossos e até aos sistemas cardiovascular e respiratório. Para explicar melhor esse assunto, nós preparamos uma matéria falando sobre as principais doenças causada pela falta de vitamina D e como preveni-las. Ou seja, como aumentar o consumo desse nutriente no dia a dia. Confira!

1. Osteomalácia é uma doença que causa fraqueza muscular e óssea em adultos

Causada principalmente pela falta de vitamina D no organismo, osteomalácia é uma doença óssea que pode acometer adultos, causando fraqueza (tanto muscular quanto óssea), dores e espasmos musculares. Vale destacar que a vitamina D é responsável por regular a absorção do cálcio (mineral que fortalece a estrutura dos ossos). Por isso, quando essa vitamina está em falta, problemas relacionados à ossatura tornam-se mais frequentes.

2. Raquitismo se manifesta na infância, causando fraqueza e deformação na ossatura

Assim como a osteomalácia, o raquitismo é uma doença que afeta a estrutura óssea e muscular. Ela se manifesta na infância e pode causar uma série de problemas: retardo no crescimento, fraqueza muscular, dores e, em alguns casos, até mesmo deformação no esqueleto. Isso acontece por conta da desmineralização dos ossos - ou seja, a falta de vitamina D prejudica a absorção do cálcio, o que resulta enfraquecimento da ossatura. Por isso, é muito importante que as crianças tenham uma boa alimentação (rica em cálcio e vitamina D) e peguem sol com frequência.

Obs.: Existem também casos raros em que a criança já nasce com raquitismo. No entanto, na maioria das vezes, esse problema é causado pela falta de vitamina D e cálcio.

3. Crises de asma podem ser causadas pela falta de vitamina D

Muita gente não sabe, mas a falta de consumo de vitamina D também pode afetar doenças do trato respiratório, como a asma. Muitas pesquisas científicas apontam, por exemplo, que a ausência dessa vitamina tende a aumentar os riscos de crises asmáticas em crianças e adultos. De acordo com um estudo publicado na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), genes ligados à asma podem ser regulados pela vitamina D. Por isso, esse nutriente vem sendo considerado importante para quem sofre de problemas respiratórios.

4. Deficiência de vitamina D pode estar associada à diabetes do tipo 2

As funções que a vitamina D cumpre no organismo são muitas (e muito importantes). Além de auxiliar na absorção do cálcio, ela também contribui para o metabolismo da glicose, por exemplo. Por isso, muitos estudos apontam que a falta dessa vitamina pode estar associada à diabetes do tipo 2 (quando o corpo ainda produz insulina, mas de forma insuficiente). Ao consumir uma boa quantidade de vitamina D, o organismo consegue absorver melhor a glicose e, assim, lidar melhor com a doença.

Bônus: consumo de vitamina D ajuda a prevenir artrite reumatoide e problemas de colesterol alto

Você sabia que o consumo de vitamina D pode ajudar a prevenir uma série de problemas de saúde? A artrite reumatoide, para quem não conhece, é uma doença inflamatória que ataca as articulações, causando dores e fraqueza nas juntas. Apesar de não existir uma causa conhecida para essa doença, sabe-se que a ausência de vitamina D pode sim estar associada, pois aumenta o risco de contrair artrite. Além disso, essa vitamina ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) e, por isso, é indicada para prevenir problemas de circulação sanguínea.

Como aumentar o consumo de vitamina D?

Para aumentar o nível de vitamina D no organismo, é fundamental comer peixes (como atum e sardinha), ovos, leite, fígado, óleo de coco, cogumelos e outros alimentos fontes do nutriente. No entanto, vale destacar que a recomendação mais importante é pegar sol diariamente - afinal, são os raios solares que estimulam a absorção da vitamina D no organismo.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais
Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Experimentar pratos de culinárias diferentes é sempre algo interessante, não é mesmo? Afinal, cada tipo de gastronomia segue uma linha e usa temperos...

> Leia mais
Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Obtido através do processo de fermentação - no qual são usadas bactérias benéficas na produção -, o leite fermentado é uma bebida altamente nutritiva que...

> Leia mais
Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Quando o bebê fica com dificuldade de evacuar, é bem comum surgirem sintomas como irritabilidade, dor e inchaço abdominal. Por isso, é muito importante tomar...

> Leia mais
Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Para evitar a contaminação de cisticercose no organismo - doença normalmente atribuída à carne de porco e causada pela ingestão dos ovos de microrganismos...

> Leia mais
Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Pertencente ao grupo das oleaginosas (ou frutos secos), a noz-pecã é considerada um alimento bem nutritivo e pode ser usada em diferentes receitas: tortas,...

> Leia mais
O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

As plantas alimentícias não convencionais (PANCs) nada mais são que vegetais pouco consumidos pela maioria das pessoas. O que muita gente não sabe, na...

> Leia mais
Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Quem nunca assistiu a algum filme engraçado ou emocionante e ficou com um sorriso no rosto depois? As produções audiovisuais (filmes, séries, vídeos etc.)...

> Leia mais