10 mandamentos para uma alimentação saudável

<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal." >
Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
<strong></strong><a href=Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.">
Você já deve ter ouvido alguma vez a frase: "Somos aquilo que comemos", não é? Pois bem, essa máxima, apesar de muito relacionada aos dias atuais, é bem antiga, pertencente a Hipocrátes, o "pai da medicina", há mais de 2.500 anos. Diante de toda a sua sabedoria, ele ainda acrescentava: "Que o vosso alimento seja o vosso primeiro medicamento". Secular ou atual, a verdade é que não há como desvincular questões de bem-estar e qualidade de vida, a uma alimentação saudável.


Alimentar-se corretamente significa manter uma pirâmide nutricional regrada, harmoniosa e comprometida aos grupos alimentares e horários de cada refeição, o que a torna tarefa difícil para os dias atuais. Por isso, vamos apresentar algumas medidas básicas, preconizadas pelo Ministério da Saúde, através do Guia Alimentar para a População Brasileira 2014 , que seguidas, vão melhorar sua vida, conciliando a alimentação adequada ao ritmo e demandas da correria cotidiana

Conforme apresenta um trecho do Guia, as devidas informações a respeito dos cuidados com a saúde, através da alimentação, é de irrestrito direito da população, constituindo às diretrizes um importante instrumento de apoio e incentivo às práticas alimentares saudáveis: "(...) Considerando os múltiplos determinantes das práticas alimentares e, a complexidade e os desafios que envolvem a conformação dos sistemas alimentares atuais, o guia alimentar reforça o compromisso do Ministério da Saúde de contribuir para o desenvolvimento de estratégias para a promoção e a realização do direito humano à alimentação adequada".

Para isso, é preciso uma reeducação dos hábitos alimentares. Veja a galeria dos 10 mandamentos para uma alimentação saudável:

1 – Aumente e varie o consumo de frutas, legumes e verduras: Todos esses alimentos são ricos em vitaminas, minerais e fibras. As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal, dão sensação de saciedade, e ajudam o sistema imunológico, prevenindo doenças.

2 – Coma feijão: Pelo menos uma vez ao dia: Varie os tipos de feijões usados e as formas de preparo. Use também outros tipos de leguminosas, como soja, grão-de-bico, lentilha, etc. Coma feijão com arroz na proporção de 1 para 2 . A iguaria é fonte rica em proteínas importantes para a saúde!

3 – Reduza o sal: O sódio é essencial para o bom funcionamento do organismo, mas o excesso pode levar ao aumento da pressão do sangue (hipertensão), e outras doenças. Evite temperos prontos, alimentos enlatados e embutidos. Use ervas frescas como alternativa para salgar os alimentos.

4 – Reduza a gordura: Evite carnes com gordura aparente, salsicha, mortadela, frituras e salgadinhos. Se for consumir, que seja no máximo uma vez por semana. Prefira os alimentos cozidos ou assados, leite, iogurtes desnatados e queijos brancos.

5 – Não pule refeições: Faça pelo menos 4 refeições por dia: Café da manhã, almoço, jantar e lanches. O organismo regulado funciona melhor.

6 – Mantenha um peso saudável: Veja se seu IMC (Índice de Massa Corpórea) está entre 18,5 a 24,9 kg/m2. Esse dado mostrará se seu peso está adequado para a sua altura.

7 – Modere alimentos ricos em açúcar: Doces, bolos, e biscoitos são gostosos, mas nada saudáveis. Para adoçar a vida, prefira, por exemplo, os cereais integrais.

8 – Coma devagar: Faça de sua refeição um momento prazeroso. Não se alimente assistindo TV ou lendo livros e revistas. Reserve um tempo do seu dia para aguçar o paladar.

9 – Hidrate-se: 60% do nosso corpo é composto por água! Portanto, beba em média 2 litros do líquido (6-8 copos) por dia. Consuma com moderação bebidas alcoólicas e refrigerantes. Prefira sucos de fruta fresca ou polpa congelada.

10 – Exercite-se: Reserve, pelo menos, 30 minutos para atividades físicas todos os dias. Uma simples caminhada pelo quarteirão de sua casa ajuda no funcionamento do organismo.

Cuidados: Comece pelos passos que você acredita ser mais fáceis de cumprir; o hábito se adquire com o condicionamento. Quando sentir que um passo já faz parte da rotina, siga para o próximo, gradativamente. A alimentação saudável pode e deve ser gostosa. Faço o uso receitas para aumentar as opções do seu novo cardápio!

*OBS: Importante frisar que esse serviço não tem como objetivo substituir uma consulta médica. As informações aqui divulgadas têm apenas a função de fornecer uma orientação geral, o que pode não se aplicar a casos específicos. Consulte sempre um nutricionista ou médico sobre quais alimentos são indicados em seu caso.

Mais noticias com...
Receitas:
Cebola
Ver Mais

Últimas Matérias

6 hábitos simples para criar uma criança saudável

6 hábitos simples para criar uma criança saudável 6 hábitos simples para criar uma criança saudável

Uma das maiores preocupações de quem tem filhos é a saúde deles. Educar uma criança exige muita responsabilidade e cuidado para que ela cresça saudável e...

> Leia mais
Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva

Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva

Uma doença praticamente desconhecida pelas pessoas e que tem como sintoma a compulsão alimentar: essa é a síndrome de Prader Willi, um distúrbio raro que...

> Leia mais
Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo

Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo

Um bom café da manhã é composto por frutas, sucos, iogurtes e, é claro, pães macios e saudáveis. Mas, em vez de comprar pães prontos, você já pensou em fazer...

> Leia mais
Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la

Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la

Para seguir uma dieta vegana de forma saudável (e nutritiva) é importante variar bastante nos alimentos - vegetais, leguminosas, frutas, oleaginosas e por aí...

> Leia mais
Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse

Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse

Você conhece o mulungu? Também conhecida como corticeira, canivete ou bico-de-papagaio, essa erva tem sido objeto de vários estudos e recentemente foi...

> Leia mais
Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb

Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb

Você já ouviu falar na dieta Whole 30? Muito adotada por quem pratica crossfit, ela propõe uma restrição alimentar bem radical, com o corte de carboidratos e...

> Leia mais
As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema

As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema

Além das alergias ao glúten e à lactose - que a maioria das pessoas já conhece - existem outros processos alérgicos alimentares que muita gente nem sabe que...

> Leia mais
O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde

O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde

São muitas opções possíveis de cobertura para as torradas, sabia? Geleias, pastas, diferentes tipos de queijos e até frutas combinam superbem com o lanche. O...

> Leia mais
Carne-seca vegana: como preparar essa receita com diferentes ingredientes

Carne-seca vegana: como preparar essa receita com diferentes ingredientes Carne-seca vegana: como preparar essa receita com diferentes ingredientes

Vegano só come folha? Que nada! Hoje em dia o que não faltam são alternativas para quem optou por não comer mais produtos de origem animal. Cada vez mais...

> Leia mais
Intolerância à lactose tem cura? Descubra se é possível voltar a consumir leite

Intolerância à lactose tem cura? Descubra se é possível voltar a consumir leite Intolerância à lactose tem cura? Descubra se é possível voltar a consumir leite

Quem sofre com intolerância à lactose sabe que a restrição aos alimentos derivados do leite precisa ser bem rígida. Afinal, o consumo da substância pode...

> Leia mais