10 mandamentos para uma alimentação saudável

<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
Aumente e varie o consumo de frutas: As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.
<strong></strong><strong>Aumente e varie o consumo de frutas:</strong> As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal.

Você já deve ter ouvido alguma vez a frase: "Somos aquilo que comemos", não é? Pois bem, essa máxima, apesar de muito relacionada aos dias atuais, é bem antiga, pertencente a Hipócrates, o "pai da medicina", há mais de 2.500 anos. Diante de toda a sua sabedoria, ele ainda acrescentava: "Que o vosso alimento seja o vosso primeiro medicamento". Secular ou atual, a verdade é que não há como desvincular questões de bem-estar e qualidade de vida, a uma alimentação saudável.

Alimentar-se corretamente significa manter uma pirâmide nutricional regrada, harmoniosa e comprometida aos grupos alimentares e horários de cada refeição, o que a torna tarefa difícil para os dias atuais. Por isso, vamos apresentar algumas medidas básicas, preconizadas pelo Ministério da Saúde, através do Guia Alimentar para a População Brasileira 2014, que seguidas, vão melhorar sua vida, conciliando a alimentação adequada ao ritmo e demandas da correria cotidiana

Conforme apresenta um trecho do Guia, as devidas informações a respeito dos cuidados com a saúde, através da alimentação, é de irrestrito direito da população, constituindo às diretrizes um importante instrumento de apoio e incentivo às práticas alimentares saudáveis: "(...) Considerando os múltiplos determinantes das práticas alimentares e, a complexidade e os desafios que envolvem a conformação dos sistemas alimentares atuais, o guia alimentar reforça o compromisso do Ministério da Saúde de contribuir para o desenvolvimento de estratégias para a promoção e a realização do direito humano à alimentação adequada".

Para isso, é preciso uma reeducação dos hábitos alimentares. Veja a galeria dos 10 mandamentos para uma alimentação saudável:

1 – Aumente e varie o consumo de frutas, legumes e verduras: Todos esses alimentos são ricos em vitaminas, minerais e fibras. As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. Já as fibras regulam o funcionamento intestinal, dão sensação de saciedade, e ajudam o sistema imunológico, prevenindo doenças.

2 – Coma feijão: Pelo menos uma vez ao dia: Varie os tipos de feijões usados e as formas de preparo. Use também outros tipos de leguminosas, como soja, grão-de-bico, lentilha, etc. Coma feijão com arroz na proporção de 1 para 2 . A iguaria é fonte rica em proteínas importantes para a saúde!

3 – Reduza o sal: O sódio é essencial para o bom funcionamento do organismo, mas o excesso pode levar ao aumento da pressão do sangue (hipertensão), e outras doenças. Evite temperos prontos, alimentos enlatados e embutidos. Use ervas frescas como alternativa para salgar os alimentos.

4 – Reduza a gordura: Evite carnes com gordura aparente, salsicha, mortadela, frituras e salgadinhos. Se for consumir, que seja no máximo uma vez por semana. Prefira os alimentos cozidos ou assados, leite, iogurtes desnatados e queijos brancos.

5 – Não pule refeições: Faça pelo menos 4 refeições por dia: Café da manhã, almoço, jantar e lanches. O organismo regulado funciona melhor.

6 – Mantenha um peso saudável: Veja se seu IMC (Índice de Massa Corpórea) está entre 18,5 a 24,9 kg/m2. Esse dado mostrará se seu peso está adequado para a sua altura.

7 – Modere alimentos ricos em açúcar: Doces, bolos, e biscoitos são gostosos, mas nada saudáveis. Para adoçar a vida, prefira, por exemplo, os cereais integrais.

8 – Coma devagar: Faça de sua refeição um momento prazeroso. Não se alimente assistindo TV ou lendo livros e revistas. Reserve um tempo do seu dia para aguçar o paladar.

9 – Hidrate-se: 60% do nosso corpo é composto por água! Portanto, beba em média 2 litros do líquido (6-8 copos) por dia. Consuma com moderação bebidas alcoólicas e refrigerantes. Prefira sucos de fruta fresca ou polpa congelada.

10 – Exercite-se: Reserve, pelo menos, 30 minutos para atividades físicas todos os dias. Uma simples caminhada pelo quarteirão de sua casa ajuda no funcionamento do organismo.

Cuidados: Comece pelos passos que você acredita ser mais fáceis de cumprir; o hábito se adquire com o condicionamento. Quando sentir que um passo já faz parte da rotina, siga para o próximo, gradativamente. A alimentação saudável pode e deve ser gostosa. Faço o uso receitas para aumentar as opções do seu novo cardápio!

Obs: Importante frisar que esse serviço não tem como objetivo substituir uma consulta médica. As informações aqui divulgadas têm apenas a função de fornecer uma orientação geral, o que pode não se aplicar a casos específicos. Consulte sempre um nutricionista ou médico sobre quais alimentos são indicados em seu caso.

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais