Vitamina K contra a osteoporose: Descubra como ele ajuda a nossa saúde óssea

Quando falamos em vitaminas, logo nos vêm à mente as dos complexos, A, B, C, D e E. Entrentanto, uma pouco falada também é vital para a nossa alimentação do dia a dia. A vitamina K! Encontrada em alimentos de origem vegetal, ela é sinônimo de força para a nossa saúde óssea, inclusive, sendo fundamental para evitar a temida osteoporose. Saiba mais sobre esse elemento!

De acordo com a Associação Brasileira de Nutrologia (ABN), assim como o cálcio e a vitamina D, que são sempre relacionadas à osteoporose, a vitamina K também tem um papel importante na prevenção dessa doença. Tanto que, em um recente estudo conduzido por Diane Feskanich, professora de medicina da universidade de Harvard, nos Estados Unidos, apontou que mulheres entre 38 e 63 anos que ingeriram vitamina K em certa quantidade apresentaram menos riscos de fratura nos quadris. muito comuns em casos de osteoporose.

Quais são os alimentos fontes de vitamina K?

- Espinafre: Estudos nutricionais apontam que uma xícara de espinafre cozido fornece mais de 1000 % da sua necessidade diária de Vitamina K. Ela ajuda na prevenção da ativação excessiva de osteoclastos (células que quebram ossos), assim como promover a síntese de osteocalcina, a proteína que é essencial para manter a força e a densidade dos ossos.

- Acelga: Além da boa quantidade de vitamina K, esse vegetal também concentra magnésio e uma excelente fonte de cálcio, que ajudam a fortalecer os ossos e dentes. Uma xícara de acelga fornece cerca de 101 mg de cálcio.

- Salsinha: Junto com a vitamina K, a salsa é rica em muitas outras vitaminas (C, B 12, K e A). Esta erva mantém o seu sistema imunológico resistente, fortifica os seus ossos e contribui para a saúde do sistema nervoso.

- Aipo: Um grande talo de aipo contém 18,8 mcg de vitamina K. Por isso o seu consumo está relacionado prevenção de fraturas ósseas.

- Brócolis: Apenas uma xícara de brócolis picado fornece 92mcg de vitamina K, bem mais de 100% de sua necessidade diária. O consumo de uma quantidade adequada de vitamina K por dia, melhora a saúde dos ossos, assim como a absorção de cálcio e a redução da excreção urinária de cálcio.

- Kiwi: Além da vitamina K, essa fruta também possui uma grande quantidade de potássio em sua composição. Esse elemento evita o enfraquecimento dos ossos.

- Abacate: É uma fonte de minerais, como fósforo, que junto ao cálcio e à vitamina K, ajudam na mineralização dos ossos, promovendo a formação dos dentes, por exemplo.

- Uva-passa: O seu consumo está associado à diminuição da perda óssea depois da menopausa. Além disso, a sua alta concentração do mineral boro também favorece o fortalecimento dos ossos e dos ligamentos.

O que é osteoporose?

Considerada silenciosa, por raramente apresentar sintomas, a osteoporose se caracteriza por ser uma dença metabólica causada pelo desequilíbrio da absorção óssea em relação à sua reabsorção. Ou seja, em linhas gerais, o problema é resultado da diminuição de massa óssea, resultando em ossos ocos, finos e de extrema fragilidade. Ela se desenvolve com mais incidência em mulheres – principalmente em fase de menopausa e climatério -, caucasianos, pessoas magras e pequenas, fumantes, indivíduos que possuem doenças graves ou que utilizam corticoides por longo tempo, além daquelas que já tiveram fraturas na idade adulta ou tem casos na família.

Ver mais: Alimentação saudável

Últimas matérias