Probióticos: Entenda mais sobre os poderes nutricionais dos lactobacilos vivos

Lactobacilos vivos. Quem nunca ouviu falar nas
Lactobacilos vivos. Quem nunca ouviu falar nas
Lactobacilos vivos. Quem nunca ouviu falar nas
Lactobacilos vivos. Quem nunca ouviu falar nas
Lactobacilos vivos. Quem nunca ouviu falar nas "bactérias do bem"? Esse é o efeito do uso de probióticos em nossa alimentação. Através de produtos lácteos fermentados, como iogurtes ou à base de soja, nosso corpo vira uma verdadeira fortaleza! Saiba mais!
Lactobacilos vivos. Quem nunca ouviu falar nas
Lactobacilos vivos. Quem nunca ouviu falar nas
Lactobacilos vivos. Quem nunca ouviu falar nas
Lactobacilos vivos. Quem nunca ouviu falar nas

Bactérias do bem. Assim podemos definir a ação dos probióticos em nossa vida. Muito relacionados a produtos lácteos fermentados, como os iogurtes, aqueles à base de soja, além de legumes e verduras, os famosos lactobacilos vivos são componentes altamente benéficos à saúde, principalmentedo sistema imune-de defesa do organismo-e para a regulação do funcionamento do trânsito intestinal.

De acordo com a nutricionista Sheila Basso, probióticos são definidos como microorganismos vivos que, quando consumidos, agem no trato gastrointestinal do organismo hospedeiro, melhorando as funções do intestino. "As culturas probióticas são microrganismos que originalmente foram isolados do trato gastrointestinal da espécie humana ou animal e são empregadas na elaboração de produtos lácteos, conhecidos como funcionais, probióticos, ou de terceira geração. Elas são encontradas na forma simples contendo uma espécie microbiana ou na forma múltipla, combinando mais de uma espécie", analisou a especialista.

As bactérias probióticas mais estudadas são os Lactobacillus e o eBifidobacterium. Segundo a nutricionista, a dose recomendada para adultos é de 5 bilhões de unidades formadoras de colônias (UFC)/dia/g ou ml de produtos, durante, pelo menos, cinco dias, para que o probiótico exerça algum benefício à saúde: "Embora a dose preconizada seja esta, os efeitos terapêuticos apresentam doses variáveis de 106 a 109 UFC. Em termos práticos a quantidade recomendada corresponde a ingestão diária de dois a três iogurtes com culturas probióticas", reitera Sheila, exaltando a importância dos produtos lácteos fermentados em nossa alimentação:

"Os produtos lácteos fermentados são altamente nutritivos devido ao fato de que seus principais constituintes se encontram parcialmente digeridos pelo processo fermentativo. A hidrólise parcial da caseína e a desnaturação das proteínas do soro durante o tratamento térmico do leite parece facilitar a ação das enzimas digestivas", enfatiza.

Probióticos para crianças: Quando começar?

Segundo Sheila, a indicação de consumo de probióticos para crianças é exatamente no momento da instalação da microbiota intestinal do lactente, ou seja, no período entre 18 e 24 meses, pois nesta fase a microbiota é mais simples, estável e mais fortemente influenciada pela nutrição. Se introduzidos nesse período, os probióticos podem passar a prevenir doenças. "Os estudiosos ainda não estabeleceram uma recomendação de ingestão na população pediátrica, mas tem sido promissores os estudos nos casos de gastroenterite aguda, doença inflamatória intestinal e doenças alérgicas", finalizou.


Benefícios atribuídos aos probióticos:

● Controle da microbiota intestinal;

● Estabilização da microbiota intestinal após o uso de antibióticos;

● Redução da população de bactérias maléficas ao organismo;

● Melhora da digestão da lactose e redução de sintomas da intolerância à lactose;

● Auxílio no sistema imune;

● Alívio da constipação;

● Tratamento e prevenção da diarreia aguda;

● Aumento da absorção de vitaminas e minerais;

● Redução do risco de osteoporose;

● Redução do risco de câncer colorretal;

● Redução da atividade ulcerativa;

● Prevenção na dermatite atópica;

● Diminuição da distensão abdominal;

● Flatulência na Síndrome do Intestino Irritável

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Quantos litros de água devemos tomar quando estamos doentes?

Quantos litros de água devemos tomar quando estamos doentes? Quantos litros de água devemos tomar quando estamos doentes?

"É preciso beber pelo menos dois litros de água por dia". Quantas vezes você já não ouviu essa frase? Por mais que a ingestão de líquidos seja muito...

> Leia mais
Aprenda a preparar uma festa junina saudável sem abrir mão dos pratos típicos

Aprenda a preparar uma festa junina saudável sem abrir mão dos pratos típicos Aprenda a preparar uma festa junina saudável sem abrir mão dos pratos típicos

É difícil não se empolgar pelas festividades de São João. Mas enquanto elas são comemoradas intensamente algumas cidades, em outras é difícil encontrá-las...

> Leia mais
Chega de frio! Veja os melhores pratos para se aquecer no inverno sem engordar

Chega de frio! Veja os melhores pratos para se aquecer no inverno sem engordar Chega de frio! Veja os melhores pratos para se aquecer no inverno sem engordar

O inverno já chegou e, com ele, a vontade de comer mais também. Parece até lenda, mas é verdade: nos dias mais frios, nosso apetite fica muito maior por...

> Leia mais
Gorduras totais, saturadas e trans: quais as diferenças entre elas?

Gorduras totais, saturadas e trans: quais as diferenças entre elas? Gorduras totais, saturadas e trans: quais as diferenças entre elas?

A gordura é vista como uma verdadeira vilã na dieta de quem quer seguir uma alimentação saudável e equilibrada - afinal, o termo é logo associado à...

> Leia mais
Complexo B: para que servem as suas vitaminas e como elas nos ajudam a viver bem

Complexo B: para que servem as suas vitaminas e como elas nos ajudam a viver bem Complexo B: para que servem as suas vitaminas e como elas nos ajudam a viver bem

Cada vitamina tem uma função específica no nosso corpo, permitindo que o organismo funcione de maneira eficiente e evitando o surgimento de possíveis...

> Leia mais
Medicina convencional ou alternativa? Conheça as características de cada uma

Medicina convencional ou alternativa? Conheça as características de cada uma Medicina convencional ou alternativa? Conheça as características de cada uma

A medicina é a área do conhecimento responsável pela saúde humana. Mas você sabia que essa prática pode ser feita de duas maneiras bem diferentes? Uma delas...

> Leia mais
Gestante e vegana? Saiba como ter uma alimentação rica em nutrientes

Gestante e vegana? Saiba como ter uma alimentação rica em nutrientes Gestante e vegana? Saiba como ter uma alimentação rica em nutrientes

Ser vegano é decidir abrir mão de uma dieta com alimentos de origem animal, seja porque não concorda com a maneira que os bichos são tratados ou porque...

> Leia mais
Sementes de abóbora: os motivos para você acrescentá-las na sua dieta

Sementes de abóbora: os motivos para você acrescentá-las na sua dieta Sementes de abóbora: os motivos para você acrescentá-las na sua dieta

Ao comprar um alimento orgânico você joga as suas sementes fora? Embora esse seja um hábito muito comum, não deixa de ser uma forma de desperdício, já que...

> Leia mais
Para que serve o ácido clorogênico e como ele pode ajudar quem tem diabetes

Para que serve o ácido clorogênico e como ele pode ajudar quem tem diabetes Para que serve o ácido clorogênico e como ele pode ajudar quem tem diabetes

Quando falamos em ácidos a primeira imagem que nos vem a cabeça é a substância capaz de corroer vários tipos de materiais. Mas em relação ao corpo humano...

> Leia mais
Não sabe o que servir nos jogos do Brasil? Veja 10 opções de lanches saudáveis

Não sabe o que servir nos jogos do Brasil? Veja 10 opções de lanches saudáveis Não sabe o que servir nos jogos do Brasil? Veja 10 opções de lanches saudáveis

Em dia de jogo do Brasil na Copa é preciso fazer churrasco! Embora essa seja uma frase muito comum no período do evento, ela não leva diversos fatores em...

> Leia mais