Por que azeite extravirgem? Veja 4 benefícios dessa versão para sua alimentação

A versão do azeite extravirgem já provou seu potencial nutricional faz tempo. Entretanto, além de trazer benefícios à saúde em vários aspectos, ele, a cada dia, surpreende mais com novas descobertas. Diversas análises, estudo e pesquisas apontam que incluí-lo na alimentação, sempre em quantidades moderadas, em conjunto com uma dieta equilibrada e adequada às suas necessidades pode melhorar as funções e regular o corpo como um todo.

Conhecido há mais de 5 mil anos e considerado pelo pai da medicina Hipócrates, não só um alimento, mas um poderoso remédio, o azeite é extraído das azeitonas e utilizado na culinária, em cosméticos, medicamentos e, claro, receitas caseiras. Além de um sabor e um aroma extremamente agradáveis, o óleo traz muitas outra vantagens, como explica a nutricionista Raisa Lopes:

"O azeite de oliva extravirgem é um bom exemplo de que nem toda gordura faz mal. Ele é rico em ácidos graxos monoinsaturados, como o ácido oléico ( ômega 9) , que melhoram o perfil das gorduras do sangue: abaixam o colesterol "ruim" e aumentam o "bom". " como explica a nutricionista, especializada em nutrição clínica e esportiva.

Veja 4 benefícios que o azeite extravirgem pode trazer para o corpo e para o organismo:

1) Saúde do Coração: O consumo regular de azeite pode manter sua saúde cardiovascular forte e resistente mesmo com os efeitos do avanço da idade. O azeite é também um excelente aliado na prevenção da hipertensão arterial.

2) Melhora no perfil de colesterol: Um estudo japonês descobriu que o azeite de oliva é capaz de eduzir os níveis de LDL (o colesterol ruim) e aumentar os níveis de HDL (o colesterol bom). Altos níveis de colesterol ruim estão estreitamente associados à formação de placas ateroscleróticas, que bloqueiam o fluxo sanguíneo e podem levar a doenças do coração até infarto e derrame cerebral.

3) Perda de peso: "Muitas pessoas acreditam que o consumo de gorduras atrapalha a perda de peso, porém a ingestão de gorduras saudáveis em quantidades adequadas é uma excelente forma de suprir as necessidades de gorduras e estimular o metabolismo.", indica a Dra. Raisa.

4) Saúde da pele e cabelo: Devido à ação antioxidante do azeite (pilifenóis e vitamina E), ele evita os danos do estresse oxidativo também sobre as células da pele e cabelo, ajudando no combate aos sinais da idade e proporcionando uma pele e cabelos mais jovens e saudáveis. A aplicação do azeite sobre a pele e cabelos também proporciona maciez e hidratação, devido à sua alta concentração de ácido oleico, é capaz de penetrar nas camadas da pele e cabelo melhorando sua textura, reparando danos, etc.

Ver mais: Alimentação saudável, Sem colesterol, Receitas com pouca gordura, Alimentos orgânicos

Últimas matérias