Ômega 3 deixa crianças mais inteligentes: Descubra 10 alimentos que são ricos!

A saúde do cérebro humano, principalmente nos primeiros anos de vida, se desenvolve melhor quando segue os mandamentos de uma alimentação saudável e nutritiva. O que as crianças comem diariamente afetam as suas habilidades cognitivas, aprendizagem, exploração e desenvolvimento do senso criativo, tornando-as mais ou menos propensas a solucionar problemas ou simples questões do dia a dia. Por isso, para que seu filho tenha aumentada essa capacidade, alguns grupos alimentares são determinantes para essa formação intelectual.

De acordo com a nutricionista Duane Braga, os alimentos ricos em ômega 3, muito encontrado em peixes, por exemplo, auxiliam em todas as funções cognitivas, agindo como um imunomodulador e antioxidante da membrana cerebral, através da grande quantidade de DHA (Acidi docosa hexanoico), ácido graxo encontrado nessa substância. "Crianças em idade escolar, por exemplo, devem sempre manter o ômega 3 no cardápio. Através de uma alimentação que contenha alimentos fonte em DHA, que você encontra em peixes de águas frias, como sardinha, atum, salmão e bacalhau, a criança terá aumentadas suas funções cognitivas, de memória, aprendizado e fala, por exemplo", disse a profissional.

Alimentação para bebês e mamães


Contudo, essa alimentação infantil só deve começar a partir dos dois anos de idade. Segundo Duane, até essa fase, as mães devem nutrir seus filhos apenas com leite materno. Nesse período de amamentação, de acordo com a especialista, os alimentos que a mãe ingere diariamente também são muito importantes para o processo cerebral dos bebês. "Bebês devem se alimentar essencialmente do leite materno até os 6 meses e apenas após os dois anos que pode passar a incorporar outros alimentos. Para lactentes (bebes em amamentação) é crucial que a mãe se alimente com alimentos adequados, como nozes, chia, linhaça, óleo de soja e canola, atingindo uma quantidade de 1 g por dia do ômega 3. Assim esse composto ira passar para o bebe através do leite materno", destacou.

10 alimentos para deixar seu filho mais inteligente


Ovos: Ajudam a manter a concentração. Os ovos orgânicos contêm, além de proteínas, nutrientes como colina, ômega-3, zinco e luteína que satisfazem e ajudam a manter o foco durante algumas horas do dia. É interessante prepará-los com grãos ou no pão.

Iogurte: Mantém a comunicação entre os neurônios. A proteína do leite e do iogurte comum fazem bem ao cérebro, mas a gordura do iogurte grego faz um bem melhor ainda, pois contém uma quantidade maior do nutriente. Ele ajuda a manter a membrana cerebral flexível e facilita a comunicação entre os neurônios, que possuem a função de receber e enviar informações.

Espinafre: Favorece a saúde do cérebro e evita demências futuras. O espinafre atua como antioxidante e possui nutrientes que favorecem o surgimento de novas células cerebrais. Esta função faz com que o cérebro s mantenha saudável e jovem.

Couve-flor roxa: Melhora o humor. A couve-flor roxa possui diversas vitaminas (principalmente a B6) essenciais para o cérebro. Seus nutrientes regulam o humor, favorecem a memória e a atenção.

Peixe: Maior fonte de ômega-3, os peixes, aqueles mais gordos principalmente, oferecem uma boa quantidade de ômega-3, essencial para prevenir a perda de memória e o desenvolvimento cognitivo.

Carne sem gordura: Opte por uma carne mais limpa de gordura durante as refeições para melhorar as funções cerebrais de seu filho. A gordura animal pode prejudicar o bom desempenho do cérebro, tornando-o menos desenvolvido e "preguiçoso"

Nozes e grãos: As nozes, castanhas e grãos, são ricas em proteínas, ácidos graxos essenciais, e vitaminas que melhoram o humor e mantém o sistema nervoso saudável. As crianças conseguem manter a memória indelével quando se sentem felizes.

Aveia: Um estudo comprovou que as crianças que se alimentavam com aveia mantiveram melhor desempenho e memória quando comparadas com crianças que se alimentavam de cerais açucarados e alimentos doces no café da manhã. Elas se mantinham mais focadas e com uma memória melhor. Para potencializar ainda mais seus efeitos sirva a aveia com mel e canela. A canela é uma especiaria que protege as células cerebrais.

Maçãs: As maçãs são bem adocicadas e podem satisfazer o gosto das crianças. Elas também auxiliam na recuperação da energia e protege o sistema cognitivo.

Cúrcuma: A cúrcuma ou açafrão, como é conhecida no Brasil, é uma especiaria que combina bem com quase todo tipo de alimento. Esta raiz favorece o aumento do cérebro e a sua função de armazenar conhecimento. Use-a em carnes, sucos e sopas.

Ver mais: Principais matérias, Alimentação saudável, Alimentos orgânicos, Ômega 3, Café da manhã, Carne, Aves, Peixe

Mais notícias com

Notícias: Leite

Vitaminas A, B, C, D, E, K... Saiba tudo ...

Vitaminas A, B, C, D, E, K... Saiba tudo sobre os benefícios desses nutrientes

Mais ânimo, disposição e energia, quem não quer se sentir assim? Para isso, as vitaminas são substâncias essenciais para a nossa vida. Encontradas nos mais diversos alimentos,...

Creme de leite em lata ou em caixinha? Qu...

Creme de leite em lata ou em caixinha? Qual é o mais saudável? Descubra

Para deixar receitas mais bem elaboradas ou simplesmente compor uma deliciosa salada de frutas, o creme de leite é um ingrediente muito presente em nossa alimentação. Porém, ao...

Dia Mundial de Combate à Osteoporose: Sai...

Dia Mundial de Combate à Osteoporose: Saiba como podemos prevenir essa doença

Manter os ossos fortes e saudáveis sem sentir o peso natural da idade é o sonho de quem busca envelhecer de forma plena e longe das dores no corpo. Por isso, a prevenção à...

Mamão no café da manhã: Por que essa frut...

Mamão no café da manhã: Por que essa fruta é tão benéfica para se comer de dia?

Quem gosta e não abre mão de tomar um café da manhã reforçado no dia a dia sabe que o mamão é um daqueles ingredientes fundamentais para deixar essa refeição completa. A fruta,...

Alimentos orgânicos podem combater o cânc...

Alimentos orgânicos podem combater o câncer? Entenda mais sobre essa relação

A cura pela alimentação também passa pelos processos de cultivo dos ingredientes 100% naturais. Por isso, cada vez mais, os alimentos orgânicos são associados à boa saúde e ao...

Intolerância ou alergia à lactose? Descub...

Intolerância ou alergia à lactose? Descubra qual é a diferença entre elas

O leite é uma das nossas maiores fontes de cálcio. Isso nós já sabemos, não é? Porém, muitas pessoas podem sofrer com alguma alergia ou intolerância à lactose - açúcar natural...

Como envelhecer com saúde? 5 passos para ...

Como envelhecer com saúde? 5 passos para conquistar a sua vida na terceira idade

A vida passa rápido, o tempo voa e tudo muda, dia após dia. Chegar à terceira idade é a certeza disso e uma prova de que, para aproveitarmos cada momento, é preciso respeitar os...

Leites semidesnatados: 5 razões para você...

Leites semidesnatados: 5 razões para você consumir as versões com menos gorduras

Equilíbrio e moderação, essas são as duas palavras de ordem quando o assunto é a nossa saúde. Por isso, se tratando de alimentação, existem tipos e versões de produtos que podem...

Comer à noite: pode ou não pode? 7 mitos ...

Comer à noite: pode ou não pode? 7 mitos ou verdades da última refeição do dia

Comer à noite, afinal, faz bem ou mal para a nossa saúde? Principalmente para as pessoas que decidem entrar de cabeça em dietas alimentares querendo perder uns quilinhos, o...

Leite desnatado ou semidesnatado? Qual es...

Leite desnatado ou semidesnatado? Qual escolher? Entenda as diferenças

Com ou sem nata, qual é o seu leite preferido? Se para uns, a gordura é essencial para dar sabor e consistência à bebida, para outros, quanto menos calórico for o produto,...

Últimas matérias