O que comer em cada fase da gravidez?

Nove meses! É o tempo previsto para uma gestação saudável em que a mãe dedica toda a sua vida aos cuidados do bebê. Dentre as principais necessidades de uma gestante, a alimentação é parte importantíssima para a saúde da mulher e o bom desenvolvimento da criança. Para isso, você sabe o que deve comer em cada fase da gravidez? Descubra quais são os nutrientes necessários para o bem-estar e em quais alimentos encontrá-los!

Mais que gerar uma vida, ser mãe é zelar por ela e todo esse cuidado começa desde os primeiros meses de gravidez. Se alimentar bem, ingerir a quantidade de nutrientes adequada para ambos, ter acompanhamento médico e praticar atividade física regularmente estão entre os cuidados da gestante. Segundo a nutricionista Luciana Novaes, é através da mãe que a criança receberá as substâncias benéficas para o desenvolvimento:

"Durante a gestação, a alimentação é muito importante para o bem-estar da mãe e fundamental para o bebê que está se formando. Temos nesse momento o que chamamos de janela de oportunidade. É o momento de fornecer o que o bebê precisa para se desenvolver, nascer e crescer, da melhor forma possível. Mães que não ingerem o suficiente durante a gravidez, podem ter complicações antes e durante o parto, e ainda ter crianças apresentando deficiências desde o primeiro dia de vida", explica a profissional.

"Além disso, é a alimentação materna que fornecerá a primeira memória para o paladar e desenvolvimento da criança. O excesso de doces e frituras, por exemplo, pode levar a criança a já nascer com maior predisposição para obesidade ou doenças como o diabetes. Por isso, é muito importante que a alimentação da gestante seja o mais saudável possível. Isso poderá ser a garantia de uma gestação tranquila e um bebê saudável com mais defesas", completa a nutricionista.

As fases da gravidez e suas necessidades

Luciana Novaes destaca que o número de nutrientes importantes são incontáveis, porém, alguns merecem um destaque especial. Confira a lista preparada pela profissional:

1º ao 3º mês

- Ácido fólico: É a primeira vitamina de quem pretende engravidar. Com duas semanas de gestação, período que muitas vezes a mulher nem sabe que está grávida, começa o desenvolvimento do tubo neural que dará origem ao cérebro e medula espinhal do bebê. O ácido fólico é a vitamina que ajuda a formação certinha do tubo, evitando problemas como a hidrocefalia e a espinha bífida.

Onde encontrar - Vegetais folhosos, feijões, lentilha, carnes, arroz e pão integral, entre outros.

- Iodo: É fundamental na síntese dos hormônios da tireóide, o T3 e o T4. Esses hormônios desempenham importante papel no crescimento e desenvolvimento dos órgãos e do desenvolvimento cerebral do bebê durante e após a gravidez. Vantagens de uma ingestão adequada de iodo na gravidez: evitar má formação cerebral, preservar a capacidade de aprendizado da criança, diminuir a probabilidade de abortos e infertilidade, diminuir algumas complicações na gestação.

Onde encontrar - Laticínios (queijo, iogurte, leite), vagem, agrião. "Frutos do mar são riquíssimos em iodo, mas gestantes devem ter cuidado com a contaminação ou processos alérgicos que esses alimentos podem causar", alerta a nutricionista.

- Probióticos: São de suma importância na gestação porque nesse período há uma grande mudança hormonal e uma das consequências é o intestino ficar mais lento. A retenção de líquidos também deixa as fezes mais endurecidas. Para auxiliar a função intestinal, é necessário que haja uma alimentação rica em fibras, muita ingestão de água, e, para melhorar o funcionamento do órgão, a utilização de probióticos. Além disso, eles ajudarão no controle do excesso de peso, diminuindo o risco de diabetes gestacional e infecção urinária.

Onde encontrar - Iogurte.

- Vitamina A: É essencial para preservar a visão da mãe e cuidar da formação adequada da visão do bebê, além de ser fundamental para a formação dos tecidos da criança.

Onde encontrar - Pode ser obtida através do consumo de vegetais amarelos e alaranjados (cenoura, milho, abóbora, pimentão), gema de ovo ou miúdos.

4º ao 6º mês

- Ácido docosahexaenoico (ou DHA): Da mesma família do ômega3, essa substância é uma gordura poli-insaturada presente na membrana cerebral e, durante a gestação, a mãe consegue passar grandes quantidades para o bebê. Esse nutriente auxilia no melhor crescimento e desenvolvimento de bebês durante a gestação, melhora na qualidade de visão da criança e desenvolvimento cerebral a longo prazo, diminuindo chance de distúrbios neurológicos.

Onde encontrar - Peixes como atum, sardinha, salmão e bacalhau, nas sementes de chia e linhaça e nos óleos de soja e canola.

- Magnésio: É um relaxante natural para o nosso corpo. Diminui riscos de pré-eclâmpsia, paralisia cerebral em partos prematuros, diabetes gestacional e hipertensão gestacional.

Onde encontrar - Espinafre, arroz integral, abacate, iogurte natural, chocolate amargo, couve, salmão, castanhas e amêndoas.

7º e 9º mês

- Vitamina D: Importante também no segundo trimestre de gestação para prevenir o diabetes gestacional, a substância diminui riscos na hora do parto e de baixo peso do bebê.

Onde encontrar - Salmão, sardinha, atum, óleo de fígado de bacalhau, gema de ovo, leite, manteiga, iogurte, cogumelo shitake, gérmen de trigo, além da exposição solar em horários adequados para ativação da vitamina no nosso corpo.

- DHA: Nessa fase da gestação, a substância atua na prevenção da depressão pós-parto e diminui o estresse gestacional muito comum nos últimos meses.

- Proteínas: Nesse período o crescimento do bebê é intenso. Por isso, é preciso alimentação adequada e ingestão de proteínas para favorecer o completo crescimento, e também o controle do consumo de carboidratos refinados e gorduras. A tendência ao maior ganho de peso acontece exatamente neste trimestre.

Onde encontrar - Nas carnes vermelhas e brancas, aves, peixes, frutos do mar, iogurte, queijo, leite e ovos.

*Luciana Novaes (CRN4 - 14100757) é nutricionista clínica com especialização em gestantes, vegetarianos e nutrição estética. A profissional disponibiliza seu site para outras informações e questões alimentares: www.luciananovaes.com

Ver mais: Alimentação saudável, Alimentos ricos em fibras, Alimentos ricos em proteínas

Mais notícias com

Notícias: Salmão

Dia das mães: Veja 8 receitas práticas pa...

Dia das mães: Veja 8 receitas práticas para tornar o seu almoço mais especial!

Chegou o tradicional segundo domingo do mês de maio: É Dia das Mães! Uma data tão especial para homenagearmos e demonstrarmos todo o nossa gratidão à mulher que nos deu a vida,...

Peixe cru é saudável? Saiba como preparar...

Peixe cru é saudável? Saiba como preparar pescados da forma mais segura

Você gosta de peixe cru? Seja salmão, tilápia e outros tipos de pescados, o consumo da carne crua é sempre motivo de dúvidas, mitos e verdades. No entanto, quando falamos nesse...

Aperitivos saudáveis: Aprenda 5 recheios ...

Aperitivos saudáveis: Aprenda 5 recheios para as suas torradinhas canapés!

Reunião em família, encontro com os amigos, festas e outras comemorações são sempre momentos especiais. Mas, essas celebrações só estão realmente completas quando têm comidas...

Mel em pratos salgados? 8 receitas para c...

Mel em pratos salgados? 8 receitas para combinar o alimento em saladas e carnes

Que tal um fio de mel na salada de folhas para temperar ou, até mesmo, uma colher do doce na carne assada? Dentre os tantos benefícios do mel, seu maior destaque é a...

20 minutos

Bruscheta de salmão defumado com abacate

Bruscheta de salmão defumado com abacate

20 minutinhos. É tudo o que você precisa para degustar uma das heranças mais deliciosas da culinária italiana: Bruschetta de salmão defumado com abacate, uma receita simples,...

Comer maçã evita a cárie? Conheça outros ...

Comer maçã evita a cárie? Conheça outros 10 alimentos que protegem os dentes!

Saúde bucal e alimentação saudável andam lado a lado quando o assunto é dentes fortes! Seja para deixar o sorriso mais limpo, branco, evitar maiores problemas e doenças, ou, até...

Culinária japonesa: Descubra 5 benefícios...

Culinária japonesa: Descubra 5 benefícios dessa gastronomia voltada à saúde!

Salmão, gergelim, algas, gengibre, shoyo e o tradicional chá verde... Não há quem resista às iguarias deliciosas da gastronomia japonesa! Essa milenar culinária oriental não só...

Memória gustativa: O que é? Descubra como...

Memória gustativa: O que é? Descubra como os alimentos agem em nosso cérebro

Poucas coisas na vida aguçam tanto os nossos melhores sentimentos quanto uma boa comida! Seja daquele cheirinho que vem saindo da panela ou ao degustar um prato harmonioso,...

Alimentação saudável contra trombose: Vej...

Alimentação saudável contra trombose: Veja o que comer para combater a doença!

Cuidar da saúde começa, fundamentalmente, com as formas de prevenção. Ou seja, quanto mais anteciparmos nossos bons hábitos de vida melhor será o combate de qualquer problema...

Gastronomia fit: 7 benefícios imediatos d...

Gastronomia fit: 7 benefícios imediatos dessa alimentação voltada para a saúde

Já ouviu falar em gastronomia fit? É cada vez mais comum escutarmos esse termo entre as pessoas, afinal, a procura por uma alimentação mais equilibrada vem ganhando um grande...

Últimas matérias