O mundo das castanhas: conheça os benefícios de nozes, amêndoas e afins

Também conhecidas como frutas oleaginosas, as castanhas são ótimas aliadas no combate à insônia e no controle do peso. Isso porque são bastante ricas em nutrientes como selênio e vitamina E, ambos com ação antioxidante. Por possuírem uma grande variedade de formas e sabores, as castanhas são consideradas petiscos práticos e saborosos, fáceis de levar na bolsa para incorporá-las na rotina da vida contemporânea.

Alguns estudos desenvolvidos por cientistas americanos listaram oito tipos de castanha, de acordo com os benefícios que elas podem trazer à saúde, se forem consumidas adequadamente. Descubra o seu poder e conquiste a sua saúde.

Baixar o colesterol: nozes

Um estudo envolvendo 365 pessoas constatou que aqueles que consomem 30g diárias de castanhas conseguem reduzir até 0,3 pontos no colesterol total em um mês.

Cansaço: castanha de caju

Contêm duas vezes mais concentração de ferro que um bife, ajudando a carregar oxigênio pelas células do sangue, melhorando o cansaço e a concentração.

Combater gripes e resfriados: pecans

Cinco pecans contêm cerca de 1/6 da dose diária recomendada de zinco, que é essencial para o funcionamento das células de defesa do sangue, que brigam contra vírus e bactérias.

Perda de peso: amendoins

As gorduras, fibras e proteínas ajudam na sensação prolongada de saciedade , levando a consumir menos guloseimas. Pesquisadores da Universidade de Harvard descobriram que dietas moderadas em gordura que incluem amendoim e manteiga de amendoim são mais eficientes na perda de peso que aquelas que não têm essa castanha.

Baixar a pressão arterial: pistaches

Duas porções que cabem na palma da mão contêm mais potássio que uma banana e quando constitui parte de uma dieta saudável, ajuda a controlar a hipertensão.

Prevenir câncer: castanha-do-pará

Fonte de selênio, ajuda a proteger as células, reduzindo o risco de desenvolver certos tipos de câncer como de bexiga e próstata. Duas castanhas-do-pará por dia fornecem mais selênio que a necessidade diária.

Lidar com diabetes: amêndoas

Rica em fibras e sem carboidratos, as amêndoas reduzem o índice glicêmico da refeição da qual fazem parte e ainda têm magnésio para regular o açúcar no sangue.

Saúde em geral: avelãs

Rica em gorduras monossaturadas, que são amigas do coração, é uma fonte natural de vitamina E, que protege as células. Ainda contém fibra, cálcio, magnésio, zinco, ácido fólico e biotina, tornando-se um alimento saudável.

*Estudos publicados no jornal britânico Daily Mail

Ver mais: Bem-estar, Alimentos ricos em fibras, Alimentação saudável, Principais matérias

Últimas matérias