Morango, cereja, amora... As frutas vermelhas possuem menos carboidratos?

Pequenas e bem delicadas, mas incrivelmente saborosas e nutritivas, as frutas vermelhas são alimentos poderosos para a nossa saúde. Também conhecidas como "red berries", esse grupo alimentar, que reúne opções como morango, cereja, amora, entre tantas outras, é uma alternativa interessante para dietas "low carb", sabia? Pois é, com poucas quantidades de calorias, essas frutinhas avermelhadas ou roxas são ideais para o cardápio de quem precisa contar carboidratos no dia a dia.

De acordo com a nutricionista Carolina Baliere, as frutas vermelhas, por possuírem baixos Índices Glicêmicos, são indicadas para quem busca um cardápio alimentar que favoreça o emagrecimento natural e equilibrado, diminuindo a quantidade de carboidratos consumidos nas refeições.

"As frutas vermelhas têm funções antioxidantes, anti-inflamatórias, ajudam no controle hormonal, principalmente para sintomas da menopausa. Elas também ajudam na perda de peso e na diminuição de gordura abdominal", explica a profissional. Abaixo, a nutricionista indica quais são as frutas vermelhas que possuem menos carboidratos (aproximadamente 15 g por porção). Veja!

5 frutas vermelhas mais indicadas para alimentação saudável e que possuem menos carboidratos

1 - Morango: Além de possuir baixas quantidades de carboidratos em sua composição, a fruta é rica em vitamina C, nutriente responsável por fortalecer o sistema imunológico do nosso corpo e prevenir gripes e resfriados. A substância também possui propriedades antioxidantes, que combatem as ações dos radicais livres e retardam o envelhecimento precoce das células do organismo, conferindo uma pele bonita e limpa, sem rugas ou marcas de expressões.

2 - Amora: A pequena frutinha da safra de setembro é fonte de poderosos nutrientes para o nosso bem-estar, dentre eles, a vitamina E merece um destaque especial. Graças a ela, a amora se torna eficaz no combate de doenças cardiovasculares e na saúde da pele, pois a substância funciona como um agente antioxidante no organismo. Além disso, essa vitamina traz benefícios para o cérebro, atuando na prevenção do Mal de Alzheimer e da demência.

3 - Blueberry (mirtilo): Embora no Brasil encontrar a fruta em sua forma natural não seja tão comum - é mais comum na Europa e nos EUA - a sua versão congelada garante a mesma ingestão de nutrientes necessárias para a saúde. Os mirtilos são conhecidos por sua poderosa função antioxidante, sendo um dos "berries" mais indicados para o rejuvenescimento da pele. A cor azulada da fruta indica a presença da antocianina ( responsável pela cor) e também da luteína, carotenóide também com propriedades antioxidantes que garantem a função ao mirtilo.

4 - Maçã: Dentre as frutas vermelhas, a mais popular e consumida no dia a dia é a maçã, por ser mais facilmente encontrada ao longo do ano, por conter baixa quantidade de carboidratos e favorecer um emagrecimento saudável. A fruta é rica em vitamina C, deixando o sistema imune saudável e também é fonte de fibras solúveis que previnem a prisão de ventre e ajudam a desintoxicar o organismo.

5 - Cereja: Muito comum no período das comemorações natalinas, a cereja é uma fruta saborosa e muito nutritiva. Também é rica em agentes antioxidantes e vitamina C, ajudando a manter o corpo saudável e livre de enfermidades. A fruta também é fonte de betacaroteno, substância responsável por melhorar a saúde da pele, unhas, cabelos e olhos.

Outras "red berries" - Açaí, goji berry, groselha, cranberry, framboesa, acerola, ameixa, jabuticaba, melancia e uva também fazem parte do grupo das frutas vermelhas que devem estar presentes em um plano alimentar saudável.

Como inserir as frutas vermelhas no dia a dia?

Seja na forma natural, como porção para um lanche, nas saladas de frutas, sucos, chás, geleias caseiras, tortas e vitaminas, essas pequenas frutinhas sempre serão bem-vindas no plano alimentar, já que além de saudáveis e nutritivas, elas contribuem com o bem-estar geral do organismo. "Podemos incluir as frutas nos lanches intermediários, principalmente se for de manhã", indica a profissional.

Recomendações de consumo: Todo mundo pode comer as "berries" ?

Carolina Baliere destaca que não há restrição de consumo para esse grupo das frutas. Além de serem saudáveis, elas são indicadas para quase todos os momentos da vida, havendo apenas uma exceção: "Somente o morango não é indicado antes de dois anos de idade", indica a nutricionista.

Além disso, a profissional ressalta a importância de dar preferência aos alimentos orgânicos, que garantem uma melhor ingestão de nutrientes, sendo também mais saborosos, nutritivos e até bonitos: "Sempre que possível preferir os orgânicos pois são os alimentos que normalmente são inseridos mais remédios para a produção", finaliza.

* Carolina Baliere (CNR 18152) é nutricionista clínica funcional e disponibiliza sua rede social para outras informações: Facebook

Ver mais: Alimentação saudável, Frutas, Carboidratos

Últimas matérias