Memória gustativa: O que é? Descubra como os alimentos agem em nosso cérebro

Poucas coisas na vida aguçam tanto os nossos melhores sentimentos quanto uma boa comida! Seja daquele cheirinho que vem saindo da panela ou ao degustar um prato harmonioso, colorido, e com os ingredientes que mais amamos, a nostalgia culinária nos traz lembranças tão prazerosas que os sabores das receitas invadem nossos paladares antes mesmo de provarmos, não é? Pois bem, essa gostosa sensação tem nome e sobrenome: "Memória Gustativa". Descubra como a alimentação age em nossos cérebros e nos levam a esses momentos de puro conforto e bem-estar.

Em linhas gerais, a memória gustativa é um sentimento saudosista de tudo que nos traz boas lembranças. Nos EUA, por exemplo, quando remetemos esses momentos à alimentação, chamamos de comfort food (comida afetiva, que nos abraça). Por isso, automaticamente, quando estamos diante de algum prato que nos leva às sensações prazerosas, seja da infância ou de outras épocas da vida, todos esse sabores ficam armazenados no cérebro, podendo vir à tona em qualquer momento que instigue essa recordação. A nutricionista Carolina Baliere, explica:

"A memória gustativa tem um poder involuntário que nos faz ter uma consciência de um sabor que remete ao passado. Por exemplo, você passa por um lugar, uma padaria, vê um frango e sente o seu aroma. Aquele momento remete alguma época que você frequentava a casa da sua avó e ela preparava um delicioso frango para você. O cheiro e a imagem ficaram na sua memória e te traz uma sensação de prazer e bem-estar", analisa a profissional, reiterando:

"Nosso cérebro memoriza todos nossos sentidos sensitivos e, quando falamos de alimentos, podemos pensar também em recompensas, ou seja, quando estamos alegres queremos comer e quando estamos tristes também. A comida mexe com o nosso emocional e isso faz com que fique com maior facilidade na nossa memória, pois são atitudes que levam à nossa sobrevivência, facilitando o armazenamento em nosso cérebro", completa a nutricionista.

A alimentação e o nosso cérebro: Penso, logo como!

No ato de ingerir algum alimento, quando comemos, as papilas gustativas presentes na língua enviam uma mensagem para o cérebro, indentificando os sabores e promovendo a memória gustativa. Segundo estudos americanos publicados na revista Nature, o nosso cérebro possui neurônios para cada um dos cinco gostos que podemos sentir: salgado, amargo, ácido, doce e o chamado umami (gosto associado aos glutamatos, presente, por exemplo, em carnes e legumes).

Alimentos que estimulam as funções cognitivas

Os alimentos fontes de sais minerais, ômega 3 e vitaminas, além de aguçarem a nossa memóra ainda ajudam nas funções cognitivas do cérebro (capacidade de concentração e raciocínio) que facilitam a comunicação dos neurônios. Dentre esses ingredientes, podemos destacar as frutas vermelhas (red berries), tais como morango, framboesa, amora e mirtilo, além de outros exemplos, como abacate, quinoa, linhaça, salmão e os chás (de preferência brancos e verdes).


*Carolina Baliere (CNR 18152), é especializada em nutrição funcional.

Ver mais: Alimentação saudável, Bebidas, Aves, Carne

Mais notícias com

Notícias: Salmão

Vai morar sozinho? 7 alimentos práticos p...

Vai morar sozinho? 7 alimentos práticos para quem precisa se virar na cozinha

"Vai morar sozinho? Mas, você nem sabe cozinhar!". Se antigamente a necessidade de pilotar bem o fogão era uma questão fundamental para sair da casa dos pais, hoje em dia essa...

Acompanhamento para peixes: 6 opções saud...

Acompanhamento para peixes: 6 opções saudáveis e nutritivas para suas receitas

Quem gosta de comer peixe sabe que ele combina com quase tudo na cozinha. Tanto em pratos mais tradicionais, mais simples ou sofisticados, um bom peixinho é sempre uma ótima...

Vitaminas A, B, C, D, E, K... Saiba tudo ...

Vitaminas A, B, C, D, E, K... Saiba tudo sobre os benefícios desses nutrientes

Mais ânimo, disposição e energia, quem não quer se sentir assim? Para isso, as vitaminas são substâncias essenciais para a nossa vida. Encontradas nos mais diversos alimentos,...

Câncer e alimentação: Quais são os alimen...

Câncer e alimentação: Quais são os alimentos que podem combater essa doença?

A luta contra o câncer deve começar pela boca. Sim, os hábitos alimentares do dia a dia estão diretamente relacionados à prevenção e o combate dessa doença. Dietas equilibradas,...

Setembro vermelho: O mês destinado à saúd...

Setembro vermelho: O mês destinado à saúde do coração. Entenda essa campanha

Antes do outubro rosa e do novembro azul - campanhas associadas, respectivamente, aos combates do câncer de mama e do câncer de próstata - nós temos em setembro o mês destinado...

Receitas saudáveis para a primavera: 8 pr...

Receitas saudáveis para a primavera: 8 pratos coloridos para saborear na estação

Ah, chegou a primavera... Período conhecido por lindos dias de sol e uma natureza viva pelas ruas, a estação também apresenta oportunidades incríveis para se comer bem. Os...

Dieta de engorda: Descubra 7 dicas para g...

Dieta de engorda: Descubra 7 dicas para ganhar peso de forma saudável e natural

Quem precisa "fechar a boca" para perder uns quilinhos, morre de inveja daqueles que comem, comem, comem e nunca engordam. Mas, acredite, não deveria ser assim. Se para grande...

Como preparar o salmão? Defumado, grelhad...

Como preparar o salmão? Defumado, grelhado, assado... Veja as melhores opções

Assado, grelhado, defumado, cru... Como você prefere consumir o salmão? Um dos peixes mais nutritivos e indicados para nossa alimentação, o salmão é fonte de importantes...

Tratamentos naturais para acne: Como os n...

Tratamentos naturais para acne: Como os nutrientes dos alimentos podem ajudar?

Pele oleosa, espinhas, manchas e sinais causados pelo sol... Muitas pessoas pensam que a acne é apenas uma fase normal da adolescência - os tais "hormônios acelerados na...

Alimentação na terceira idade: 4 cuidados...

Alimentação na terceira idade: 4 cuidados necessários para essa fase da vida

Para alguns, apenas terceira idade, para outros, é a "melhor idade". Passar dos 60 anos é a certeza de que o tempo corre rápido demais, mas, principalmente, que também é hora de...

Últimas matérias