Horta orgânica: Separamos 5 dicas para que você comece a sua em casa

Preparar a terra, escolher as sementes... É hora de plantar a sua própria horta! Se tornou cada vez mais comum encontrarmos pessoas que cultivam seus temperos e condimentos dentro de casa. A prática além de ser extremamente saudável, é uma maneira de ter sempre produtos fresquinhos e naturais bem perto de você! Confira algumas dicas e cuidados para cultivar a sua própria horta orgânica, de maneira simples e econômica.

Cebolinha, salsa, manjericão... Já pensou em ter seus próprios alimentos dentro de casa? Uma alimentação saudável inclui produtos livres de agrotóxicos e aditivos químicos. Chamados de produtos orgânicos, podemos encontrá-los disponíveis em supermercados e hortifrutis, mas por um preço um pouco maior do que estamos acostumados. Sendo assim, cultivar os seus temperos é econômico e com certeza mais saudável, como explica a nutróloga Flaviane Farias:

"Estamos vivendo a época da contaminação ambiental. A água está contaminada, o solo está contaminado, necessitando o uso dos agrotóxicos e pesticidas para proteger a plantação. Com isso, muitos elementos químicos são lançados nos legumes, verduras e frutas, todos os dias. Hoje, temos uma visão: quanto menor o uso de pesticida, melhor é para a saúde do homem, logo, quanto mais orgânico, melhor. Se a gente pode ter os alimentos em casa, já que a finalidade da horta é você ter os temperos e não plantar árvores frutíferas, você terá produtos livres de agrotóxicos, com mais sabor, fresquinhos e com a disposição que você precisa." explica a profissional.

5 dicas para cultivar a sua própria horta orgânica

1 - Escolha o que plantar: Se você tem um bom espaço em casa para cultivar, você pode incluir diversos alimentos em sua horta. No caso de apartamentos, o ideal é escolher os que você mais utiliza nas preparações. A Dra. Flaviane indica comprar as sementes e cultivá-las em uma espécie de berçário para as plantas:

"Se você cultivar as sementes de regiões serranas ou regiões com o clima muito úmido e frio, quando você traz a muda para casa, provavelmente ela não irá se adaptar a esse novo ambiente. Então, se você compra a semente, cultiva e prepara no seu "berçário", quando gerar a muda, você transfere para outro lugar, fazendo com que ela se adapte melhor ao clima da sua casa", analisa a médica nutróloga.

2 - Onde cultivar? Segundo médica nutróloga, o melhor lugar para colocar a sua horta orgânica é na cozinha: "Assim ela fica fora da luz do sol e do calor intenso, já que as plantinhas não aguentam. Além disso, você pode regá-la todos os dias, cuidar e já estarão pertinho de você na hora de fazer as preparações", ressalta Flaviane.

3 - Disposição das mudas: Além de ser uma prática saudável e econômica, a horta orgânica se tornou moda e decoração. Por isso, suas mudas podem ser plantadas em xícaras, potes de vidros, caixas de madeiras e pequenos vasos que também tornarão o ambiente da sua casa mais bonito e natural.

4 - Colheita: O tempo de colheita varia de acordo com o alimento, além de depender da qualidade do solo, da época do ano e dos cuidados com o cultivo. Quando as sementes são compradas, algumas delas vem com o tempo de colheita na embalagem, mas a planta não precisa chegar no máximo do seu desenvolvimento para que a colheita seja realizada. O ideal é estar atento ao cultivo, regando e cuidando do seu alimento para que ele cresça de maneira saudável.

5 - Controle das pragas: Assim como em grandes plantações, as pragas também podem aparecer na sua horta orgânica caseira. Caso apareça alguma praga na sua horta, utilize o sabão neutro para lavá-las, caso seja em pouca quantidade. No caso de uma infestação fora do seu controle, utilize inseticidas naturais, feitos com óleos naturais e alimentos. Nada de produtos industrializados, pois estes podem causar infecções e tirar a qualidade de horta orgânica.

Ver mais: Alimentação saudável

Últimas matérias