Geleias orgânicas: energia para o seu café da manhã!

Seja qual for a sua dieta, o café da manhã deve ser considerado o primeiro passo para um dia saudável. E, um dos alimentos mais usados e desejados para compor uma mesa farta nessa hora de desjejum são as deliciosas geleias. Em seus mais diversos sabores e composições, o produto, geralmente passado em pães, torradinhas ou biscoitos, é sinônimo de energia e baixa caloria para nosso organismo funcionar regularmente.

Comer direito, de maneira nutritiva e equilibrada, é a base dos mandamentos da alimentação saudável, devendo começar bem cedinho, logo no início do dia. De acordo com a nutricionista Rossana Torales, o café da manhã deve representar 25% das calorias totais diárias de uma pessoa. Para ela, as geleias são ótimas opções para substituirmos alimentos gordurosos, como a manteiga e a margarina.

"São boas opções. De preferência deve ser orgânica e sem adição de açúcar, para evitar o excesso, pois a geleia já contêm frutose, o açúcar natural das frutas. O produto em sua forma orgânica garante a qualidade do alimento, livrando de agrotóxicos e outros aditivos químicos", disse a profissional, enfatizando a importância de uma alimentação rica em nutrientes para o desjejum:

"É importante, pois voltamos do jejum da noite, onde passamos horas sem comer. Precisamos repor as energias para as funções do nosso metabolismo, além de outros nutrientes, como vitaminas e minerais, para estarmos preparados para o dia", analisou a nutricionista.

5 alimentos perfeitos para o seu café da manhã


Mas quais nutrientes são indispensáveis para essa refeição? Segundo Rossana, um bom café da amanha deve conter nutrientes completos como: laticínios desnatados (leite, queijo, iogurte, etc), pães integrais, cereais ricos em fibras (aveia, farelo de trigo, centeio, cevada, etc), frutas variadas ou em forma de sucos naturais. Produtos como ovo ou peito de peru, podem ser utilizado como uma fonte de proteína, assim como os laticínios, que também são ricos em cálcio. Veja mais sobre esses alimentos em nossa galeria.

- Geleia:
Utilizadas, na maioria das vezes, como complementos em pães e biscoitos, as geleias, em forma orgânica e sem açúcar são boas opções para dietas de emagrecimento, além de proporcionar mais energia ao corpo, por causa das frutas.

- Pães integrais
: Fornecem carboidratos complexos e fibras, que ajudam a regular o intestino e a controlar o colesterol ruim. Especialistas garantem que a ingestão diária dessas fibras podem prevenir doenças como: câncer de mama e de próstata, diabetes, obesidade, além de doenças cardiovasculares.

– Cereais:
Cereais como, granola, aveia em flocos, semente de chia ou linhaça, são boas opções pois mantém a alimentação balanceada e reduz índices de obesidade e problemas metabólicos.

– Frutas:
Um dos primeiros benefícios das frutas é a quantidade de vitaminas que trazem para o nosso corpo muita energia e força ao organismo. Entre esses complexos vitamínicos estão a vitamina C, que ajuda a aumentar as defesas e a favorecer a cicatrização da pele e a vitamina A, que mantém saudáveis os nossos ossos, dentes e visão.

- Mel orgâni
co: O mel é uma ótima fonte de energia e tem muitas propriedades terapêuticas. É rico em açúcar, água, cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio, vitaminas B, C, D e E. Tem propriedades antioxidantes. Sua versão orgânica é ainda mais saudável, pois fica livre de qualquer aditivo químico em sua composição.

- Laticínios:
O consumo de laticínios está relacionado à melhora da saúde óssea, podendo reduzir o risco de osteoporose. Alimentos como o iogurte, por exemplo, também são ricos em potássio, o que ajuda a manter a pressão arterial em níveis saudáveis.

Ver mais: Alimentação saudável, Principais matérias, Alimentos ricos em fibras, Alimentos ricos em cálcio, Café da manhã, Alimentos orgânicos, Frutas, Carboidratos, Complexo B

Últimas matérias