Gastronomia japonesa: conheça seus principais pratos e saiba por que consumi-los

Temaki é uma folha de nori enrolada em formato de cone e que possui arroz e peixe, possivelmente salmão, na parte de dentro
Temaki é uma folha de nori enrolada em formato de cone e que possui arroz e peixe, possivelmente salmão, na parte de dentro

Produto recomendado

Chá verde orgânico tradicional Taeq 24g

Chá verde orgânico tradicional Taeq 24g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Embora tenha se popularizado no Brasil, muita gente ainda torce o nariz só de pensar em provar comida japonesa simplesmente porque ela possui peixe cru no cardápio. O que essas pessoas esquecem é que essa culinária é um dos motivos que levaram o Japão a ter uma taxa de mortalidade muito baixa, fazendo com que a expectativa de vida no arquipélago seja de mais de 80 anos!

É bom ressaltar que esses dados são referentes à alimentação consumida no próprio Japão. Ao ser exportada para outros países ela é adaptada para o paladar local, o que não necessariamente mantém os seus benefícios. Por exemplo, aqui no Brasil há sushis com cream cheese. Além disso, o shoyo, que possui sódio em excesso, é muito utilizado como complemento. Mas o que falar de pratos como temaki e missoshiru? Se você não sabe do que eles se tratam fica tranquilo, pois nós elaboramos uma lista com significado e benefícios dessa gastronomia asiática:

Sushi é uma combinação de arroz e peixe

Não há dúvidas que esse é o prato da gastronomia japonesa mais conhecido em nosso país. Originalmente ele se trata da combinação de peixe fermentado e arroz avinagrado, mas hoje esse "recheio" pode ser feito com diversos ingredientes, sendo os mais utilizados salmão e atum crus. Sua variação mais comum é o makizushi, na qual o sushi é enrolado em uma alga, conhecida como nori, que é rica em fibras e em proteínas.

Temaki lembra o sushi, mas possui formato de cone

Imagine uma folha de nori enrolada em formato de cone. Dentro dela acrescente o arroz de sushi e um outro ingrediente japonês a escolha, como salmão. Pronto, agora você já sabe o que é um temaki! É importante ressaltar que ele é comido com a mão, como se fosse um sorvete, e não com hashis, que são aqueles palitinhos utilizados em países do Leste Asiático como talheres.

Miso é o ingrediente principal do missoshiru

O miso, ou missô, é um ingrediente preparado a partir de arroz, soja, cevada, sal e koji, um fungo usado tanto na culinária japonesa quanto na chinesa. Esse alimento não é consumido cru, mas sim utilizado no preparo de algumas receitas, em especial o missoshiru, que nada mais é do que a sopa de miso. O prato possui também ingredientes como cebolinha, um tempero feito a base de peixe e tofu, que é muito apreciado por quem aderiu à dieta vegana. Podem ser acrescentados outros ingredientes, e por isso é comum encontrar diferentes variações de missoshiru no Japão. Esse prato ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) e aumentar os do bom (HDL). Também é rico em fibras e em proteínas.

Tempurá se trata de vegetais e frutos do mar empanados

O tempurá nada mais é do que um um empanado, que em geral é feito com vegetais e frutos do mar. Por ser de simples preparo e bem crocante, é comum que ele seja consumido como um snack no Japão. Só há um problema: na sua forma tradicional ele não é empanado no forno, mas sim no óleo, o que não é nada saudável. Se for consumi-lo tente prepará-lo sem ou com uma quantidade bem reduzida de óleo. Mas seja como for, os benefícios os vegetais e desses frutos do mar ainda serão aproveitados.

Wasabi na verdade se trata de raiz-forte

Sabe aquela pasta verde que muitas vezes vem acompanhada da comida japonesa e que muita gente coloca no molho shoyu? Então, ela teoricamente é wasabi, um condimento japonês muito apimentado. Aqui utilizamos "teoricamente" porque nem mesmo o Japão costuma utilizar o wasabi original, apenas raiz-forte misturada com outros corantes. Seja como for, o nome se popularizou é utilizado para se referir à pasta apimentada. É bom lembrar que o ingrediente é um bom antibacteriano, rico em vitamina C e ainda ajuda na perda de peso.

Benefícios da gastronomia japonesa

Se levarmos em consideração que o Japão é um arquipélago não é estranho perceber que o peixe, o arroz e a soja são alimentos muito utilizados na sua gastronomia. Isso significa, por exemplo, que essa é uma dieta rica em ômega 3, substância que está presente principalmente em frutos do mar. Esse ácido graxo essencial é muito importante para a saúde do coração e ainda contribui para a manutenção das funções cognitivas no cérebro.

Mas esse não é o único benefício da comida japonesa. Embora não tenha sido mencionado anteriormente, o chá verde é muito consumido no dia a dia do japonês. Essa bebida possui diversas vantagens, como ajudar a regular o trato intestinal e ser antioxidante, o que não apenas fortalece o sistema imunológico como também evita a oxidação das células, e consequentemente o desenvolvimento de um câncer. Também é possui fator termogênico, que ajuda a emagrecer de forma saudável.

Além disso, diversos ingredientes da culinária nipônica são low carb, o que significa que podem ser consumidos por quem decidiu aderir a essa dieta de contagem de calorias. Por fim, como não utiliza uma grande quantidade de sal (o shoyu não é levado em consideração por não ser obrigatório no preparo dos alimentos) os pratos japoneses são muito indicados para quem precisa controlar a pressão arterial.

Mais noticias com...
Receitas:
Arroz
Ver Mais

Últimas Matérias

Você sabe como fazer berinjela? Aprenda 4 maneiras saudáveis de prepará-la

Você sabe como fazer berinjela? Aprenda 4 maneiras saudáveis de prepará-la Você sabe como fazer berinjela? Aprenda 4 maneiras saudáveis de prepará-la

Quem quer seguir uma alimentação saudável não pode abrir mão da berinjela! Rica em vitaminas com poder antioxidante, sais minerais - como ferro - e fibras,...

> Leia mais
Qual a refeição mais importante do dia? Saiba quando comer mais ou menos

Qual a refeição mais importante do dia? Saiba quando comer mais ou menos Qual a refeição mais importante do dia? Saiba quando comer mais ou menos

Café da manhã, almoço, lanche, jantar... Todas as refeições têm seu devido valor, principalmente na rotina de quem deseja seguir uma alimentação regrada e...

> Leia mais
Treinando para uma maratona? Inspire-se em 3 histórias de conquista em corridas

Treinando para uma maratona? Inspire-se em 3 histórias de conquista em corridas Treinando para uma maratona? Inspire-se em 3 histórias de conquista em corridas

Quem decide participar de uma maratona não está apenas se dedicando a uma atividade física, mas também desafiando seus próprios limites. É que, para se...

> Leia mais
Conheça 7 alimentos que ajudam a evitar estrias na gravidez

Conheça 7 alimentos que ajudam a evitar estrias na gravidez Conheça 7 alimentos que ajudam a evitar estrias na gravidez

Lidar com estrias é um incômodo muito grande para a maioria das mulheres - tanto que, assim que esses risquinhos aparecem, muitas começam a recorrer a...

> Leia mais
Bebida de arroz: por que vale a pena dar uma chance a esse substituto do leite?

Bebida de arroz: por que vale a pena dar uma chance a esse substituto do leite? Bebida de arroz: por que vale a pena dar uma chance a esse substituto do leite?

Apesar do leite de origem animal ser o mais conhecido e o mais consumido entre os brasileiros, existem outras alternativas para substituir a bebida - como o...

> Leia mais
Salada quente: aprenda a preparar essa entrada perfeita para os dias frios

Salada quente: aprenda a preparar essa entrada perfeita para os dias frios Salada quente: aprenda a preparar essa entrada perfeita para os dias frios

Quando a temperatura cai, a maioria das pessoas prefere apostar em pratos quentes - e, por isso, as tradicionais saladas frias acabam sendo deixadas de lado....

> Leia mais
Sucos de legumes e verduras são muito nutritivos! Veja como deixá-los deliciosos

Sucos de legumes e verduras são muito nutritivos! Veja como deixá-los deliciosos Sucos de legumes e verduras são muito nutritivos! Veja como deixá-los deliciosos

Os sucos são indispensáveis na dieta de quem quer seguir uma alimentação saudável. E não é para menos: além de serem uma alternativa fit para quem abriu mão...

> Leia mais
Conheça as 5 melhores fontes de vitamina K para uma alimentação equilibrada

Conheça as 5 melhores fontes de vitamina K para uma alimentação equilibrada Conheça as 5 melhores fontes de vitamina K para uma alimentação equilibrada

A vitamina K é um dos nutrientes indispensáveis para manter a saúde em dia. Um dos seus diferenciais é o fato de ser usada como um suplemento para tratar...

> Leia mais
Caroço faz mal? Descubra se as sementes podem ser consumidas sem restrições

Caroço faz mal? Descubra se as sementes podem ser consumidas sem restrições Caroço faz mal? Descubra se as sementes podem ser consumidas sem restrições

Você fica preocupado se engolir acidentalmente algum caroço ou já se pegou perguntando se essa prática faz mal? Bom, quem já ouviu falar na história de que a...

> Leia mais
Os 5 tipos de comida nada nutritivos que é melhor tirar do cardápio das crianças

Os 5 tipos de comida nada nutritivos que é melhor tirar do cardápio das crianças Os 5 tipos de comida nada nutritivos que é melhor tirar do cardápio das crianças

Se já é difícil para um adulto seguir uma alimentação saudável, imagine para as crianças? Afinal, por mais que dê para se deliciar com um prato de salada,...

> Leia mais