Farinha de uva: Para que serve? Descubra os benefícios desse alimento!

Você já ouviu falar na farinha de uva? Dentre as novidades e inovações para uma alimentação saudável, destacamos a farinha de uva, uma preparação natural feita a partir da fruta e que conserva todos os nutrientes desse pequeno alimento, tão utilizado na culinária mundial. Conheça mais sobre a farinha de uva, o seu processo, benefícios e como acrescenta-la no seu dia a dia!

A uva já é conhecida pelos seus incríveis benefícios para a saúde, dentre eles sua vasta quantidade de vitaminas e minerais que agem em prol de um organismo saudável e nutrido. Com a farinha da fruta, não seria diferente, segundo a nutricionista Carolina Xavier, ela é extremamente versátil, fonte de proteínas e fibras, sem a adição de glúten, além de conter substâncias como as antocianidinas, antocianinas e resveratrol, que tem ação eficaz contra as doenças cardiovasculares:

"A farinha de uva é rica em polifenóis que são importantes no combate ao estresse oxidativo e inflamação. Auxilia na prevenção do câncer e envelhecimento das células por ser antioxidante e combater os radicais livres. Ela é produzida a partir das cascas e sementes das uvas utilizadas para produção de suco concentrado. Segundo um estudo científico foi confirmado o seu benefício também para pacientes em tratamento de hemodiálise", explica a profissional.

4 benefícios da farinha de uva

1 - Contribui para uma pele saudável: Por ser rica em antioxidantes, o consumo regular da farinha de uva pode ajudar a manter sua pele saudável e bonita. No combate aos radicais livres, a estrutura celular da pele tem uma melhora significativa, impedindo as doenças de pele que podem surgir com o excesso da exposição ao sol, por exemplo.

2 - Diminui os níveis de colesterol: A quantidade de flavonoides encontrado na farinha de uva, ajuda a controlar os níveis do colesterol, diminuindo o LDL, chamado de colesterol "ruim" e aumentando o "bom", o HDL, fazendo com que tenha também uma atuação benéfica em prol da saúde cardiovascular.

3 - Fornece energia: Para os praticantes de atividades físicas regulares, a farinha de uva, por ser rica em carboidratos, ajuda a aumentar os níveis de energia do nosso organismo, aumentando a disposição para encarar as práticas e até outras atividades cotidianas. A farinha pode ser utilizada num pré ou pós treino.

4 - Previne o diabetes: Com baixa quantidade de frutose em sua composição, a farinha de uva pode ser uma boa opção para quem deseja controlar as taxas de glicose no sangue. Por possuir uma absorção lenta e gradativa, a farinha de uva evita um pico de insulina, ajudando a controlar o diabetes.

Como acrescentar a farinha de uva em uma alimentação saudável?

Versátil, saborosa e muito nutritiva, a farinha de uva pode fazer parte das mais diversas composições, substituindo a farinha branca em bolos, tortas e pães, ou ser consumida em mingaus e sopas. A nutricionista Carolina Xavier disponibilizou uma receita de cookie de uva para utilizar a farinha! Confira:

-1 xícara de chá de farinha de trigo integral

- 1 xícara de chá de farinha de uva

- 2 ovos

- 1/2 xícara de açúcar mascavo

- 4 colheres de sopa de óleo de coco

- 1 colher de fermento em pó

Modo de preparo

"Misture o óleo , o açúcar , o ovo e o fermento em uma tigela. Em seguida acrescente a farinha de uva e farinha de trigo integral. Pré aqueça o forno a 180 º C e deixe 20 minutos até dourar. Obs: O cookie fica molhadinho", indica a profissional.

* Essas e outras questões alimentares a nutricionista Carolina Xavier responde em seu blog e e no canal no youtube: Transborde Saúde

Ver mais: Alimentação saudável, Alimentos ricos em fibras, Alimentos sem glúten

Últimas matérias