Farinha de coco é saudável? 5 benefícios para usar esse alimento no dia a dia

Farinha de coco é saudável? Não é só saudável, como também é nutritiva, saborosa e altamente recomendada para a nossa alimentação. Seja para incorporar receitas tradicionais de bolos, massas e tortas, ou compor sucos e vitaminas, o ingrediente passou a ser uma opção perfeita para dietas ou restrições alimentares. Conheça mais sobre esse alimento e descubra os benefícios que o consumo regular pode trazer para o nosso corpo.

Feita com a polpa do coco, essa farinha é extremamente funcional, por isso, está cada vez mais presente no dia a dia. Livre de glúten e com baixo índice glicêmico, o produto é um uma fonte poderosa de nutrientes essenciais para o nosso organismo, como explica a nutricionista Patrícia Bertoni Brotherhood:

"A farinha de coco é rica em fibras alimentares, até mais que linhaça, por exemplo, e por isso tem potencial de melhorar a função intestinal e garantir a saciedade, o que auxilia no processo de emagrecimento", explica a profissional que destaca outros benefícios da farinha de coco para nosso bem-estar. Confira!

5 benefícios para usar a farinha de coco no dia a dia

1 - Pode fazer parte da dieta dos celíacos: Para os intolerantes ou alérgicos ao glúten, a farinha de coco se torna uma boa opção por ser livre da substância. Para esse grupo de pessoas, o consumo do glúten causa inflamações no intestino delgado e dificulta a absorção de nutrientes, por isso é importante estar atento às embalagens e verificar a presença da substância.

2 - Fornece energia para o corpo: Assim como qualquer produto à base de coco, inclusive a água, a farinha de coco também é um "boom" de energia para o nosso organismo. Isso acontece porque grande parte da gordura saturada da fruta é metabolizada pelo fígado, se transformando rapidamente em energia para o corpo.

3- Auxilia no controle da glicemia: A farinha de coco pode ajudar no tratamento dos portadores de diabetes e a controlar os níveis de açúcar no sangue dos pré-diabéticos devido a presença das fibras em sua composição. O consumo regular desse ingrediente evita os picos de insulina no sangue, prevenindo o mal-estar causado pela doença crônica.

4 - Mantém o coração forte e saudável: Quando controlamos os níveis de colesterol no nosso corpo, prevenimos o desenvolvimento das doenças cardiovasculares causados também pelo alto índice do colesterol LDL, o colesterol "ruim". A farinha de coco, além de ser livre de colesterol, atua reduzindo o "ruim" e aumentando o colesterol bom, o HDL, melhorando a saúde do órgão cardíaco e tornando-o mais saudável.

5 - É mais benéfica que as farinhas integrais: A farinha de coco, além de superar em nutrientes a farinha de trigo branca, também é mais nutritiva que as integrais, já que possui mais fibras alimentares, minerais como ferro e selênio, vitaminas do complexo B e C, que ajudam nas funções e construções das células do organismo e fortalece o sistema imunológico.

Cuidados e formas de consumo: Como incluir a farinha de coco no plano alimentar?

Segundo a Dra. Patrícia, a farinha de coco pode ser adicionada em receitas de bolos, pães e panquecas, por exemplo, podendo alternar a receita com a farinha integral ou a farinha de aveia: "Quase todas as receitas aceitam esse tipo de farinha. Porém, em preparações doces, seu uso é mais palatável devido ao adocicado do coco", completa a nutricionista.

Embora seja um alimento saudável e altamente nutritivo, o valor calórico da farinha de coco é similar ao de outras farinhas, por isso, seu consumo deve ser controlado, principalmente para as pessoas que desejam perder peso: "Como qualquer alimento, a farinha deve ter seu consumo definido por profissional de saúde para adequado uso e benefícios ao indivíduo", finaliza a profissional.

*Patrícia Bertoni Brotherhood (CRN 101586) é nutricionista especializada em gestão de qualidade e segurança de alimentos e atua na prescrição de fitoterápicos e suplementação. Formada pela UNIRIO, a profissional disponibiliza suas redes sociais para contato e informações: Instagram

Ver mais: Alimentação saudável, Sem colesterol, Alimentos ricos em fibras, Bolo, Frutas, Vitaminas

Últimas matérias