Faça escolhas saudáveis: Como podemos melhorar a qualidade da nossa alimentação?

A vida é feita de escolhas e, delas, somos a consequência dos nossos atos. Por isso, se optarmos por manter um padrão de rotina saúdavel, voltado ao bem-estar geral e à qualidade de vida, com certeza, a maneira com que encaramos os acontecimentos do dia a dia será muito mais positivo e benéfico. Veja aqui algumas dessas escolhas saudáveis que devemos tomar para ajudar nosso corpo e a mente a responder qualquer problema de forma forte, natural e sadia!

Segundo a nutricionista Sheila Basso, a alimentação saudável é uma prática que ocorre de acordo com as necessidades de cada fase da vida e com as necessidades especiais para cada etapa do organismo. "Uma refeição saudável é composta por um prato à base de alimentos in natura, aqueles obtidos diretamente de plantas ou de animais sem que tenham sofrido qualquer alteração após deixarem a natureza, e que estejam minimamente processados. Estes formam a base para uma alimentação nutricionalmente balanceada, saborosa, culturalmente apropriada e promotora de um sistema alimentar socialmente e ambientalmente sustentável", destaca a profissional.


Água, a primeira escolha para uma alimentação saudável


Ainda, de acordo com a Dra. Sheila, os princípios de uma alimentação adequada e saudável pressupõem o consumo diário de uma variedade de alimentos de forma que a alimentação consiga fornecer, principalmente, água, além de carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, fibras e minerais, para o bom funcionamento do organismo.

"A alimentação adequada e saudável inclui o consumo de diferentes alimentos e de água, que desempenha papel fundamental na regulação de muitas funções vitais do organismo. A necessidade ideal de água não é a mesma para todas as pessoas. Ela está relacionada ao clima, a massa corporal, ao consumo alimentar, a atividade física e aos hábitos adquiridos desde a infância", reitera a profissional.


8 dicas de mudanças de hábitos alimentares para melhorar a qualidade de vida


- Em vez de: Ficar contando calorias...

- Prefira:
Observar a composição nutricional dos alimentos como um todo.

- Em vez de: Alimentar-se de fast foods e comidas industrializadas...

- Prefira:
Planejar a compra de supermercado para sempre ter alimentos saudáveis em casa.

- Em vez de: Ficar horas sem comer nada...

- Prefira:
Não espere ficar com fome para se alimentar. Realize refeições a cada 3 ou 4 horas.

- Em vez de: Deixar de comer o café da manhã...

- Prefira:
Dar prioridade a essa refeição, já que o corpo acorda em jejum e precisa repor as energias perdidas no sono.

- Em vez de: Matar a sede com refrigerantes, sucos industrializados ou outras bebidas açucaradas...

- Prefira:
Ingerir bastante água e tomar bebidas naturais, como sucos da fruta.

- Em vez de: Ir com fome fazer compras no supermercado...

- Prefira:
Fazer uma lista de compras antes de ir ao supermercado ou, até mesmo, ir só depois de estar devidamente alimentado. Isso fará com que você adquira apenas o necessário.

- Em vez de: Comer na frente da televisão, computador, videogame, e outros aparelhos que
distraiam a atenção...

- Prefira:
Se alimentar em um ambiente tranquilo, livre de barulho, à mesa, de preferência com a sua família.

- Em vez de: Consumir comidas com corantes, conservantes, aromatizantes e espessantes...

- Prefira:
Criar o hábito de ingerir alimentos in natura, se possível, integralmente.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Ver mais: Alimentação saudável, Bebidas, Receitas light em calorias, Receitas com pouca gordura, Alimentos orgânicos, Café da manhã, Lanches, Carboidratos

Últimas matérias