Carboidratos x glicose: Como regular o açúcar no sangue com a alimentação?

O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.

Quando falamos no consumo diário de carboidratos, principalmente à noite, um dos temas mais abordados em relação às fontes dessas substâncias é como regular nosso apetite com o índice glicêmico de açúcar no sangue, sem perder ou, propriamente, tirarmos esses alimentos das nossas dietas mais eficazes. A boa notícia é: isso é possível, e melhor, bem acessível e, até, prazeroso de se fazer!

Atualmente, o corte de carboidratos virou uma das principais medidas adotadas por quem faz dietas de emagrecimento e, principalmente, diabéticos. Mas, além de importantes fontes de energia para o corpo, essas substâncias também são essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Os carboidratos mais simples, encontrados em cereais, massas, arroz, batatas, frutas, laticínios e legumes, entram na corrente sanguínea mais depressa e são considerados de alto índice glicêmico (IG), que é o indicador da velocidade dessa ação. Já o açúcar dos carboidratos complexos, com menos calorias e ricos em fibras, atingem a corrente sanguínea mais lentamente e, por este motivo, são considerados de "baixo IG". "Alimentos com baixo IG podem diminuir as chances de picos de açúcar no sangue, e dessa forma ajudam a manter os níveis normais de glicose no geral", explica a nutricionista Fábia Massarani.

Invista em combinações diferentes!


Dentre os nutrientes, uma alimentação rica em fibras é fundamental para quem quer controlar os níveis de açúcar no sangue, segundo Fábia. "As fibras na verdade ajudam no controle natural dos níveis de açúcar no sangue. Agem como uma forma de obstáculo para que o açúcar não seja disponibilizado diretamente no sangue, evitando a elevação de seus níveis. Por isso, focar no consumo de folhas, vegetais, frutas e alimentos integrais é tão importante", explica.

Investir em alimentos que bloqueiam a glicose é uma ótima ideia para balancear as refeições. As oleaginosas, como as nozes e amêndoas, podem ser combinadas a frutas para que o IG destas seja menor. Além disso, outras fontes de carboidratos também podem ser utilizadas como alternativas aos carboidratos de arroz e pães.

"A batata doce, além de conter antioxidantes e fibras que ajudam a regular a digestão e melhorar a saúde geral, também assume a função de liberação do açúcar mais gradualmente, sendo uma excelente forma de equilibrar o IG de uma refeição", sugere Fábia.

Bons hábitos também colaboram para regular o açúcar

Para manter o corpo nutrido na medida e os níveis de açúcar normais, é importante não pular refeições, pois a atitude não só atrapalha a dieta como também desregula os níveis de diversos componentes na corrente sanguínea. Fábia Massarani explica que fazer refeições regulares, espaçadas e planejadas além de lanches em intervalos do café da manhã, almoço e jantar são ótimos hábitos para manter níveis normais de glicose no sangue.
Mais noticias com...
Receitas:
Arroz
Ver Mais

Últimas Matérias

Leite de vaca, de cabra e de búfala não são iguais! Veja as vantagens de cada um

Leite de vaca, de cabra e de búfala não são iguais! Veja as vantagens de cada um Leite de vaca, de cabra e de búfala não são iguais! Veja as vantagens de cada um

Quando falamos em leite instintivamente pensamos naquele que é produzido pela vaca. Mas, verdade seja dita, ele é apenas o de origem animal mais consumido no...

> Leia mais
Alfarroba: substituto do cacau pode ser usado como alternativa ao chocolate

Alfarroba: substituto do cacau pode ser usado como alternativa ao chocolate Alfarroba: substituto do cacau pode ser usado como alternativa ao chocolate

A alfarroba é o fruto da alfarrobeira, árvore originária do Oriente Médio e do Norte da África em uma região próxima ao Mar Mediterrâneo. Inclusive, na...

> Leia mais
Gastronomia japonesa: conheça seus principais pratos e saiba por que consumi-los

Gastronomia japonesa: conheça seus principais pratos e saiba por que consumi-los Gastronomia japonesa: conheça seus principais pratos e saiba por que consumi-los

Embora tenha se popularizado no Brasil, muita gente ainda torce o nariz só de pensar em provar comida japonesa simplesmente porque ela possui peixe cru no...

> Leia mais
Os cuidados que devem ser tomados ao aderir à dieta vegana

Os cuidados que devem ser tomados ao aderir à dieta vegana Os cuidados que devem ser tomados ao aderir à dieta vegana

O veganismo não se trata apenas de pessoas que decidiram não consumir mais produtos de origem animal, mas sim de indivíduos que possuem uma ideologia de...

> Leia mais
Condimentos que emagrecem: veja 5 muito indicados para quem quer perder peso

Condimentos que emagrecem: veja 5 muito indicados para quem quer perder peso Condimentos que emagrecem: veja 5 muito indicados para quem quer perder peso

Quem precisa perder peso sabe que para isso é necessário deixar comidas gordurosas e lado e passar a incluir alimentos mais naturais na dieta. O que muitos...

> Leia mais
Conheça as diferenças e benefícios do mamão papaia e do formosa

Conheça as diferenças e benefícios do mamão papaia e do formosa Conheça as diferenças e benefícios do mamão papaia e do formosa

Quando falamos em mamão nos referimos a uma fruta poderosa que traz diversos benefícios para a saúde. Inclusive, é um produto que em muitos países custa um...

> Leia mais
Como aproveitar o bagaço no preparo dos alimentos e evitar o desperdício

Como aproveitar o bagaço no preparo dos alimentos e evitar o desperdício Como aproveitar o bagaço no preparo dos alimentos e evitar o desperdício

Com o aumento no número de veganos no mundo o debate sobre a importância de ser sustentável se tornou cada vez mais atual. Afinal, quem opta por esse tipo de...

> Leia mais
Você já ouvir falar no Slow Food? Entenda o que é o movimento da 'comida lenta'

Você já ouvir falar no Slow Food? Entenda o que é o movimento da 'comida lenta' Você já ouvir falar no Slow Food? Entenda o que é o movimento da 'comida lenta'

Você já ouviu falar no Slow Food? Esse movimento, que pode ser traduzido por "comida lenta", foi fundado pelo jornalista italiano Carlo Petrini e vem...

> Leia mais
Veja 7 receitas que podem ser consumidas por alérgicos ou intolerantes a lactose

Veja 7 receitas que podem ser consumidas por alérgicos ou intolerantes a lactose Veja 7 receitas que podem ser consumidas por alérgicos ou intolerantes a lactose

Você sabe a diferença entre alergia e intolerância a lactose? De uma forma simplificada, quando alérgicos consomem a substância seu corpo apresenta alguma...

> Leia mais
Conheça 10 tipos de chá que são ótimos digestivos e que você deve ter em casa

Conheça 10 tipos de chá que são ótimos digestivos e que você deve ter em casa Conheça 10 tipos de chá que são ótimos digestivos e que você deve ter em casa

Muito associado a dias mais frios, o chá não apenas é perfeito para esquentar o corpo como também traz diversos benefícios para a saúde. Embora cada tipo...

> Leia mais