Carboidratos x glicose: Como regular o açúcar no sangue com a alimentação?

O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.
O consumo de alimentos ricos em carboidratos está diretamente relacionado à medida, velocidade e intensidade do açúcar que circula em nosso sangue, apontadas pelo Índice Glicêmico (IG). Saber controlar a alimentação fará com que o organismo absorva e trabalhe apenas com a parte benéfica que essas substâncias produzem para a energia do corpo.

Quando falamos no consumo diário de carboidratos, principalmente à noite, um dos temas mais abordados em relação às fontes dessas substâncias é como regular nosso apetite com o índice glicêmico de açúcar no sangue, sem perder ou, propriamente, tirarmos esses alimentos das nossas dietas mais eficazes. A boa notícia é: isso é possível, e melhor, bem acessível e, até, prazeroso de se fazer!

Atualmente, o corte de carboidratos virou uma das principais medidas adotadas por quem faz dietas de emagrecimento e, principalmente, diabéticos. Mas, além de importantes fontes de energia para o corpo, essas substâncias também são essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Os carboidratos mais simples, encontrados em cereais, massas, arroz, batatas, frutas, laticínios e legumes, entram na corrente sanguínea mais depressa e são considerados de alto índice glicêmico (IG), que é o indicador da velocidade dessa ação. Já o açúcar dos carboidratos complexos, com menos calorias e ricos em fibras, atingem a corrente sanguínea mais lentamente e, por este motivo, são considerados de "baixo IG". "Alimentos com baixo IG podem diminuir as chances de picos de açúcar no sangue, e dessa forma ajudam a manter os níveis normais de glicose no geral", explica a nutricionista Fábia Massarani.

Invista em combinações diferentes!


Dentre os nutrientes, uma alimentação rica em fibras é fundamental para quem quer controlar os níveis de açúcar no sangue, segundo Fábia. "As fibras na verdade ajudam no controle natural dos níveis de açúcar no sangue. Agem como uma forma de obstáculo para que o açúcar não seja disponibilizado diretamente no sangue, evitando a elevação de seus níveis. Por isso, focar no consumo de folhas, vegetais, frutas e alimentos integrais é tão importante", explica.

Investir em alimentos que bloqueiam a glicose é uma ótima ideia para balancear as refeições. As oleaginosas, como as nozes e amêndoas, podem ser combinadas a frutas para que o IG destas seja menor. Além disso, outras fontes de carboidratos também podem ser utilizadas como alternativas aos carboidratos de arroz e pães.

"A batata doce, além de conter antioxidantes e fibras que ajudam a regular a digestão e melhorar a saúde geral, também assume a função de liberação do açúcar mais gradualmente, sendo uma excelente forma de equilibrar o IG de uma refeição", sugere Fábia.

Bons hábitos também colaboram para regular o açúcar

Para manter o corpo nutrido na medida e os níveis de açúcar normais, é importante não pular refeições, pois a atitude não só atrapalha a dieta como também desregula os níveis de diversos componentes na corrente sanguínea. Fábia Massarani explica que fazer refeições regulares, espaçadas e planejadas além de lanches em intervalos do café da manhã, almoço e jantar são ótimos hábitos para manter níveis normais de glicose no sangue.
Mais noticias com...
Receitas:
Arroz
Ver Mais

Últimas Matérias

Adeus, desperdício! Veja infusões que aproveitam ingredientes prestes a vencer

Adeus, desperdício! Veja infusões que aproveitam ingredientes prestes a vencer Adeus, desperdício! Veja infusões que aproveitam ingredientes prestes a vencer

Quem gosta de chá está acostumado a comprar os pacotinhos no mercado - afinal, é só colocar o saquinho na água quente e pronto! Mas por acaso você já cogitou...

> Leia mais
Benefícios do salmão: 5 motivos para consumir esse peixe com mais frequência

Benefícios do salmão: 5 motivos para consumir esse peixe com mais frequência Benefícios do salmão: 5 motivos para consumir esse peixe com mais frequência

A dieta do mediterrâneo permitiu que pessoas que vivem na região do Mar Mediterrâneo tivessem uma vida longeva mesmo em uma época em que a medicina não era...

> Leia mais
Superalimentos: o que são e quais você deve consumir com frequência

Superalimentos: o que são e quais você deve consumir com frequência Superalimentos: o que são e quais você deve consumir com frequência

Como cada vez mais pessoas aderem a um estilo de vida saudável é comum nos depararmos com o termo "superalimento". Mas afinal, o que é isso? Ao contrário do...

> Leia mais
O que é ginástica laboral e como seus exercícios podem evitar dores no trabalho

O que é ginástica laboral e como seus exercícios podem evitar dores no trabalho O que é ginástica laboral e como seus exercícios podem evitar dores no trabalho

Você já ouviu falar em ginástica laboral? Ela nada mais é do que uma série de exercícios que devem ser feitos no horário de trabalho para evitar que os...

> Leia mais
Tamarindo é bom para que? Conheça os benefícios dessa fruta

Tamarindo é bom para que? Conheça os benefícios dessa fruta Tamarindo é bom para que? Conheça os benefícios dessa fruta

Embora não seja tão difundido no Brasil, não há como negar que o tamarindo traz muitos benefícios para o nosso corpo. Afinal, se trata de uma fruta - embora...

> Leia mais
Camarão na moranga: entenda por que essa combinação é tão nutritiva

Camarão na moranga: entenda por que essa combinação é tão nutritiva Camarão na moranga: entenda por que essa combinação é tão nutritiva

Quando falamos em combinações nutritivas em geral pensamos logo no arroz com feijão, mas o camarão na moranga também merece um lugar de destaque. Afinal, os...

> Leia mais
Você sabe identificar alimentos contaminados? Aprenda a evitar a intoxicação

Você sabe identificar alimentos contaminados? Aprenda a evitar a intoxicação Você sabe identificar alimentos contaminados? Aprenda a evitar a intoxicação

Intoxicação alimentar é um problema sério. Entre seus sintomas mais comuns estão dores e náuseas constantes, que podem levar alguns dias para passar. A...

> Leia mais
Saiba como usar as frutas em pratos salgados e deixe as receitas com mais sabor

Saiba como usar as frutas em pratos salgados e deixe as receitas com mais sabor Saiba como usar as frutas em pratos salgados e deixe as receitas com mais sabor

Frutas realmente são alimentos doces? Por mais que tenham um sabor adocicado, essa ideia de elas não podem ser usadas como ingrediente em pratos salgados...

> Leia mais
Festa de aniversário saudável: 5 receitas nutritivas para servir na comemoração

Festa de aniversário saudável: 5 receitas nutritivas para servir na comemoração Festa de aniversário saudável: 5 receitas nutritivas para servir na comemoração

Todo mundo sabe que aniversário é uma data para se comemorar, mas se antigamente esse evento era repleto de comidas gordurosas, hoje é mais comum encontrar...

> Leia mais
Dia dos Pais: surpreenda o seu com refeições dignas de restaurante

Dia dos Pais: surpreenda o seu com refeições dignas de restaurante Dia dos Pais: surpreenda o seu com refeições dignas de restaurante

Com o Dia dos Pais chegando sempre fica aquela dúvida sobre o que fazer para tornar a data mais especial. Se o seu pai é daqueles que gosta de manter um...

> Leia mais