Alimentos são fontes de vitalidade: Descubra o que é comida bioativa!

Todos sabem que o conceito de bem-estar e qualidade de vida passa irrestritamente pelos seguimentos de uma alimentação saudável. Comer os alimentos certos para cada refeição, respeitando seus valores nutricionais e naturais, traz mais vitalidade ao corpo e força para o dia a dia. Contudo, será que cuidamos corretamente dessas nossas fontes de energia? Muito gente se esquece, mas cuidar dos alimentos (saber armazena-los) é tão importante quanto comê-los!

Ingerir um alimento natural fora de seu prazo é tão prejudicial quanto se alimentar mal. Como tudo que há na Terra, os alimentos também têm seus tempos de vida e seus nutrientes dependem basicamente de suas vitalidades. Ao deixar passar esse tempo, eles representam perigos à saúde. Por isso o Conquiste Sua Vida ouviu a Dra. Jéssica Stein, nutricionista clínica e vegetariana, de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, sobre os cuidados que devemos ter para a respeitarmos a melhor composição dos alimentos.


O que representa a vitalidade do alimento?


"A vitalidade do alimento representa o valor nutricional e como suas propriedades estão conservadas. É importante proporcionar ao organismo uma nutrição adequada que alivie a sobrecarga intoxicante. Alimentos crus e não processados industrialmente nos oferecem abundância de nutrientes, são eles: as frutas, legumes, verduras, ervas, leguminosas (feijões, lentilha, ervilha, grão-de-bico), grãos integrais, sementes oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, gergelim...), cereais integrais, germinados e brotos. Para a preservação dos nutrientes ativos, os alimentos devem ser consumidos frescos, crus, maduros e de preferência orgânicos."

A perda desses nutrientes podem causar danos à saúde? Quais?

"Uma nutrição inadequada por causar hipovitaminoses, problemas ósseos, dermatites, fraqueza de unhas e cabelo, disfunções metabólicas, problemas no paladar e olfato, entre outras. A perda de nutrientes dos alimentos tem início já nos campos de produção e continua na longa jornada até as nossas casas. O preparo dos alimentos tem grande importância para mantermos os nutrientes. Muitos nutrientes perdem-se na água do cozimento ou pelo calor empregado, por isso preferir alimentos crus ou cozidos no vapor com temperatura mais amena são boas alternativas para garantir uma menor perda de nutrientes."

O que devemos fazer para mantermos os alimentos sempre "em dia" com suas propriedades?

"Consumir alimentos da estação garante um aporte nutritivo e saudável maior , porque apresentam abundância em vitaminas e sais minerais e este alimentos apresentam melhor aroma e sabor. Frutas e verduras fora da estação perdem muito as características e, consequentemente, perdem nutrientes valiosos, pois são cultivadas recebendo muitas doses químicas e de agrotóxicos. Portanto é muito importante conhecermos as épocas de colheita de cada alimento e estar assegurado de que o alimento nutrirá o organismo conforme a necessidade da época."

Teoria – No livro "Você sabe se desintoxicar?" (Dr. Soleil - Ed. Paulus), as vitalidades dos alimentos estão classificadas em quatro categorias, de acordo com o seu grau de força alquímica. Veja:

Alimentos Biogênicos: Aqueles que expandem e geram vida. São as sementes germinadas e os brotos produzidos a partir dos cereais (grãos), das frutas oleaginosas (linhaça, girassol, gergelim etc.), das leguminosas (feijões), das ervas e das hortaliças. Idealmente, focando o aspecto da elevada qualidade energética e nutricional, deveriam ser a base da alimentação saudável.

Alimentos Bioativos: Aqueles que ativam a vida. Eles devem ser consumidos maduros, crus e bem frescos. Ricos em macronutrientes e substâncias biologicamente ativas como as enzimas, vitaminas, antioxidantes e sais minerais, devem ser considerados a base da alimentação humana. Por este motivo, é importante que façam parte do consumo diário, em quantidades significativas e adequadas a cada idade, sexo e tipo de atividade.

Alimentos Bioestáticos: Aqueles que diminuem a vida. O consumo dos bioestáticos faz parte da evolução tecnológica que trouxe a praticidade e a segurança alimentar, porém o seu consumo garante um funcionamento mínimo do nosso organismo. Eles provocam o envelhecimento das células e não têm substâncias vivas, porque sua energia vital foi destruída.

Alimentos Biocídicos: Aqueles que "destroem" a vida. Infelizmente são os mais utilizados na alimentação deste século. Este tipo de alimento (refinados, processados e conservados artificialmente) foi inventado pelo homem, e envenenam pouco a pouco as células do corpo com substâncias nocivas, abrindo a porta para as doenças cardiovasculares, câncer, reumatismo, diabete e outras doenças degenerativas e mentais.

Ver mais: Alimentação saudável, Alimentos sem glúten, Alimentos ricos em ferro, Alimentos sem lactose, Alimentos ricos em proteínas, Alimentos ricos em fibras

Mais notícias com

Notícias: Feijão

O que é glúten? Descubra 4 formas naturai...

O que é glúten? Descubra 4 formas naturais para substituí-lo na alimentação

Glúten: muita gente já ouviu falar, mas poucas pessoas sabem realmente o que é. Muito estudado pela ciência nutricional dos alimentos e observado por nutrólogos e...

Qual é a diferença entre leguminosas e ol...

Qual é a diferença entre leguminosas e oleaginosas? Descubra!

Oleaginosas e leguminosas... Qual é a diferença? Os adeptos de uma alimentação saudável estão sempre ouvindo sobre o consumo regular das leguminosas e das oleaginosas para...

Proteínas vegetais: Conheça 6 fontes prot...

Proteínas vegetais: Conheça 6 fontes proteicas para a sua alimentação saudável!

Invista nas proteínas! Essenciais para a saúde e boa forma, essas substâncias, apesar de muito relacionadas às carnes, podem ser encontradas nos mais diversos alimentos, seja de...

Apendicite: Descubra como podemos evitá-l...

Apendicite: Descubra como podemos evitá-la com bons hábitos alimentares!

Só quem já operou o apêndice sabe o que é sentir essa dor, não é mesmo? O pequeno órgão, tão esquecido em nosso corpo, quando resolve aparecer vem para mostrar que deveríamos,...

Ferro e anemia: Saiba como a presença des...

Ferro e anemia: Saiba como a presença desse mineral evita quadros anêmicos

Ferro para combater a anemia. Você já deve ter ouvido falar muito sobre essa relação nutricional, não é mesmo? Mas, quais são as verdadeiras razões disso? Por que uma...

Farofa saudável: Aprenda a preparar uma v...

Farofa saudável: Aprenda a preparar uma versão mais leve, saborosa e nutritiva!

Quem resiste a uma boa farofinha nas refeições do dia a dia? Seja no tradicional arroz com feijão, acompanhando carnes em churrascos ou com galetos, há diversas possibilidades e...

Combinações de nutrientes: Quais são as m...

Combinações de nutrientes: Quais são as mais poderosas para a alimentação?

A união faz a força! Em nossa alimentação cotidiana, por exemplo, a combinação dos mais diversos ingredientes potencializam os benefícios dos nutrientes e geram os melhores...

Alimentação variada: Descubra como devemo...

Alimentação variada: Descubra como devemos equilibrar as refeições do dia a dia

Trocar as roupas do armário, mudar os móveis da casa de lugar, criar novos hábitos no dia a dia... Variar é sempre uma atitude saudável quando fazemos pensando em nosso...

Ferro e vitamina C: A união nutricional q...

Ferro e vitamina C: A união nutricional que é poderosa para o nosso organismo!

Para manter uma alimentação saudável e equilibrada é necessário ingerir uma boa dose de nutrientes importantes para o nosso bem-estar. E, em relação a isso, certas combinações...

Vitaminas e minerais: Por que essa união ...

Vitaminas e minerais: Por que essa união de nutrientes é tão importante? Saiba!

Você já parou para pensar que muito se fala em vitaminas e mineirais e o quão importantes e essenciais para o nosso organismo eles são? Mas, você sabe porquê essa combinação é...

Últimas matérias