Alimentos fitoquímicos: o que são? Entenda a relação das cores com os nutrientes

Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo
Os fitoquímicos são agentes antioxidantes responsáveis por darem cores aos alimentos e diversos benefícios para o organismo

Um prato colorido é muito mais do que uma refeição bonita e sofisticada. Escolher os ingredientes pelas cores também é um grande sinal de saúde, sabia? Por isso, existem os fitoquímicos, alimentos naturais que distinguem os seus principais nutrientes pela coloração. Verdes, amarelos, vermelhos, roxos ou alaranjados, todos eles possuem benefícios que melhoram a qualidade da nossa alimentação, garantem bem-estar e qualidade de vida.

Divididos por suas cores predominantes, os alimentos fitoquímicos são agentes antioxidantes, substâncias que dão esses pigmentos de cor e trazem diversos benefícios para o organismo, principalmente, aos sistemas de defesa do corpo. Segundo a nutricionista Sheila Basso, os fitoquímicos são essenciais para manter uma vida saudável e livre de doenças:

"Os fitoquímicos podem atuar na prevenção de doenças através de diferentes mecanismos, ou seja, através de um determinado tipo de atividade ou de várias delas, sendo que as que mais se destacam são: a atividade antioxidante, alterações no metabolismo do colesterol, modulação dos hormônios, redução da pressão arterial e atividade antibacteriana e antiviral", explica a profissional.

Conheça os fitoquímicos e saiba em quais alimentos nós podemos encontrá-los

- Alicina: Está nos alimentos brancos. Cebola, alho poró, alho, cebolinha são bons exemplos dos alimentos que contêm esse fitoquímico responsável pela parte esbranquiçada. A alicina atua no controle do colesterol, possui propriedades anti-inflamatórias, diminuindo assim as infecções no organismo.

- Antocianina: Está nos alimentos azuis ou roxos. É possível encontrar essa substância em ingredientes como a berinjela, as berries, repolho e beterraba. Esse fitoquímico age na redução dos níveis de colesterol no sangue, ajuda na prevenção do câncer e também melhora a saúde do coração.

Betacaroteno: Está nos alimentos amarelos ou alaranjados. Encontrado na cenoura, laranja, melão, abóbora, mamão, damasco e outros vegetais. Esse fitoquímico é responsável por fortalecer o sistema imunológico e diminuir os riscos das doenças cardiovasculares. Também é rico em vitamina A, sendo essencial para melhorar a saúde dos olhos, prevenindo a degeneração macular.

Clorofila: Está nos alimentos verdes
. A clorofila é encontrada principalmente nos vegetais. É uma boa fonte de vitaminas A e C, fortalecendo os mecanismos de defesa, beneficiando a saúde da pele e ocular. Alimentos ricos em clorofila são: Couve, ervilha, salsa, alface, etc.

Licopeno: Está nos alimentos vermelhos. Conhecido por diminuir os riscos das doenças cardiovasculares, esse fitoquímico também possui ação antioxidante e retarda o envelhecimento das células. Pode ser encontrado em ingredientes como o tomate, a melancia e a goiaba, por exemplo.

Luteína:
Também está nos alimentos verdes. Encontrado na couve e no espinafre, esse fitoquímico possui propriedades antioxidantes, ajuda a prevenir o envelhecimento precoce das células e a fortalecer o sistema imune. Também possui ação detox.

Zeaxantina: Está nos alimentos verdes escuros. Assim como a luteína e a clorofila, esse fitoquímico também é encontrado em frutas, verduras e legumes, como o brócolis, a couve e o kiwi. A substância melhora o sistema circulatório, controla a pressão arterial e ajuda a eliminar as toxinas do corpo.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A profissional disponibiliza sua página no Facebook para contato: Benvenutri
Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Leite de vaca, de cabra e de búfala não são iguais! Veja as vantagens de cada um

Leite de vaca, de cabra e de búfala não são iguais! Veja as vantagens de cada um Leite de vaca, de cabra e de búfala não são iguais! Veja as vantagens de cada um

Quando falamos em leite instintivamente pensamos naquele que é produzido pela vaca. Mas, verdade seja dita, ele é apenas o de origem animal mais consumido no...

> Leia mais
Alfarroba: substituto do cacau pode ser usado como alternativa ao chocolate

Alfarroba: substituto do cacau pode ser usado como alternativa ao chocolate Alfarroba: substituto do cacau pode ser usado como alternativa ao chocolate

A alfarroba é o fruto da alfarrobeira, árvore originária do Oriente Médio e do Norte da África em uma região próxima ao Mar Mediterrâneo. Inclusive, na...

> Leia mais
Gastronomia japonesa: conheça seus principais pratos e saiba por que consumi-los

Gastronomia japonesa: conheça seus principais pratos e saiba por que consumi-los Gastronomia japonesa: conheça seus principais pratos e saiba por que consumi-los

Embora tenha se popularizado no Brasil, muita gente ainda torce o nariz só de pensar em provar comida japonesa simplesmente porque ela possui peixe cru no...

> Leia mais
Os cuidados que devem ser tomados ao aderir à dieta vegana

Os cuidados que devem ser tomados ao aderir à dieta vegana Os cuidados que devem ser tomados ao aderir à dieta vegana

O veganismo não se trata apenas de pessoas que decidiram não consumir mais produtos de origem animal, mas sim de indivíduos que possuem uma ideologia de...

> Leia mais
Condimentos que emagrecem: veja 5 muito indicados para quem quer perder peso

Condimentos que emagrecem: veja 5 muito indicados para quem quer perder peso Condimentos que emagrecem: veja 5 muito indicados para quem quer perder peso

Quem precisa perder peso sabe que para isso é necessário deixar comidas gordurosas e lado e passar a incluir alimentos mais naturais na dieta. O que muitos...

> Leia mais
Conheça as diferenças e benefícios do mamão papaia e do formosa

Conheça as diferenças e benefícios do mamão papaia e do formosa Conheça as diferenças e benefícios do mamão papaia e do formosa

Quando falamos em mamão nos referimos a uma fruta poderosa que traz diversos benefícios para a saúde. Inclusive, é um produto que em muitos países custa um...

> Leia mais
Como aproveitar o bagaço no preparo dos alimentos e evitar o desperdício

Como aproveitar o bagaço no preparo dos alimentos e evitar o desperdício Como aproveitar o bagaço no preparo dos alimentos e evitar o desperdício

Com o aumento no número de veganos no mundo o debate sobre a importância de ser sustentável se tornou cada vez mais atual. Afinal, quem opta por esse tipo de...

> Leia mais
Você já ouvir falar no Slow Food? Entenda o que é o movimento da 'comida lenta'

Você já ouvir falar no Slow Food? Entenda o que é o movimento da 'comida lenta' Você já ouvir falar no Slow Food? Entenda o que é o movimento da 'comida lenta'

Você já ouviu falar no Slow Food? Esse movimento, que pode ser traduzido por "comida lenta", foi fundado pelo jornalista italiano Carlo Petrini e vem...

> Leia mais
Veja 7 receitas que podem ser consumidas por alérgicos ou intolerantes a lactose

Veja 7 receitas que podem ser consumidas por alérgicos ou intolerantes a lactose Veja 7 receitas que podem ser consumidas por alérgicos ou intolerantes a lactose

Você sabe a diferença entre alergia e intolerância a lactose? De uma forma simplificada, quando alérgicos consomem a substância seu corpo apresenta alguma...

> Leia mais
Conheça 10 tipos de chá que são ótimos digestivos e que você deve ter em casa

Conheça 10 tipos de chá que são ótimos digestivos e que você deve ter em casa Conheça 10 tipos de chá que são ótimos digestivos e que você deve ter em casa

Muito associado a dias mais frios, o chá não apenas é perfeito para esquentar o corpo como também traz diversos benefícios para a saúde. Embora cada tipo...

> Leia mais